Segurança rodoviária: Aplicação de medidas correctivas em zonas de acumulação de acidentes de estradas de elevado fluxo de tráfego

Data
2008
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
Este estudo apresenta uma metodologia de abordagem com o objectivo de melhorar a segurança de vias rodoviárias sujeitas a tráfegos elevados, tendo incidido com maior pormenor nas intersecções de nível. O objectivo é reduzir a frequência e gravidade da sinistralidade em estradas com elevado fluxo de tráfego e com trechos e características bastante heterogéneas, quer em termos de tipologia de intersecções quer em termos de ambiente rodoviário. A metodologia foi, in casu aplicada à via rodoviária IC2(EN1), do Distrito de Leiria, entre os Kms 134+900 e 136+000, visto ser a estrada sob a jurisdição da EP – Estradas de Portugal, SA que apresenta maior fluxo de tráfego e onde ocorrem acidentes com maior índice de gravidade, constituindo, portanto um problema que terá de ser evitado/atenuado a curto prazo. A correlação, tipificação dos locais de intervenção e, identificação e caracterização das zonas de acumulação de acidentes, é fundamental para evitar a migração de pontos negros, como também para aplicação noutras estradas nacionais com tipificação semelhante, embora em menor escala, funcionando como medidas preventivas, evitando assim a formação de futuras zonas de acumulação de acidentes. Face ao exposto, focalizámos o presente estudo num trecho do IC2(EN1), considerado zona interurbana, no qual existe um cruzamento semaforizado. A solução proposta evidencia a necessidade da eliminação de viragens à esquerda, adoptando uma geometria para a intersecção de nível que privilegie a fluidez do tráfego que circula no IC2(EN1), e que permita proceder às manobras de inversão de sentido de marcha, em condições de segurança.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Engenharia Civil
Palavras-chave
Segurança rodoviária , Prevenção de acidentes , Controlo de tráfico de estradas , Engenharia computacional de tráfego
Citação