Satisfação das puérperas relativamente ao trabalho de parto e parto

Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
Introdução: A Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica exige que o Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica apresente uma intervenção especializada, autónoma, independente e/ou interdependente, bem como o domínio de competências técnico-científicas, críticoreflexivas, relacionais, comunicacionais, sociofamiliares e ético-deontológicas. Desta forma, o estágio de natureza profissional, desenvolvido num Bloco de Partos e Serviço de Urgência de Obstetrícia/ Ginecologia de um hospital no norte do país, permitiu desenvolver as competências acima descritas, que visam a prática de cuidados de enfermagem altamente qualificados, de modo a atingir a melhoria contínua da qualidade dos cuidados de enfermagem prestados à mulher/família. O enfermeiro especialista é, por sua vez, um ser ativo no campo da investigação. Daí a proposta de realização de um trabalho de investigação, subordinado ao tema “Satisfação das puérperas relativamente ao trabalho de parto e parto”. Objetivos: Com este trabalho pretendeu-se descrever o desenvolvimento das competências comuns e específicas do Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Saúde Materna e Obstétrica realizadas no estágio de natureza profissional e conhecer através de um estudo de investigação, a satisfação das puérperas relativamente ao trabalho de parto e parto, descrevendo quais os fatores sociodemográficos, obstétricos e assistenciais que influenciam essa satisfação, bem como as dimensões que mais contribuem para a satisfação das mesmas. Metodologia: Este trabalho foi realizado segundo uma abordagem quantitativa, de carácter descritivo. Para avaliar a satisfação das puérperas no trabalho de parto e parto e a influência dos fatores sociodemográficos, obstétricos e assistênciais, foi aplicado um questionário com duas partes: o questionário sociodemográfico e obstétrico e o “Questionário de Experiência e Satisfação com o Parto”. A amostra é constituída pelas puérperas, que cumprem os critérios de inclusão e exclusão estipulados para o presente estudo. Resultados: Com este estudo verificou-se que as puérperas, na sua maioria, estão satisfeitas relativamente ao trabalho de parto e parto, a dimensão que mais contribuiu para esta satisfação das puérperas foi “Condições e Cuidados Prestados” e aquela em que a satisfação se revelou menor foi “Relaxamento e a Experiência Negativa”. Dos fatores estudados verificou-se que a paridade e o contacto pele a pele têm uma influencia estatisticamente significativa na satisfação das puérperas com o seu trabalho de parto e parto. Com os resultados obtidos pretende-se sensibilizar os profissionais de saúde para a importância de se adaptar estratégias, a fim de aumentar a satisfação na maternidade proporcionando uma experiência de parto positiva. Conclusões: O Enfermeiro Saúde Materma e Obstetricia deve fomentar uma relação de confiança com a parturiente/casal, indo ao encontro das suas necessidades/expectativas no momento do TP e parto, proporicionando uma experiência de parto mais positiva. A satisfação com os cuidados prestados durante o parto é um fenómeno complexo que consiste em múltiplas dimensões da satisfação. O Enfermeiro Saúde Materma e Obstetricia deve promover o empoderamento da mulher/casal permitindo que esta se sinta valorizada, envolvida na tomada de decisões através de uma escolha informada. Estas são ferramentas valiosas, facilitando a prestação de cuidados holísticos e a assistência individualizada no TP e parto.
Introduction: Maternal and Obstetric Health Nursing requires that the Specialist Nurse in Maternal and Obstetric Health Nursing presents a specialized, autonomous, independent and/or interdependent intervention, as well as mastery of technical-scientific, critical-reflective, relational, communicational, sociofamilial and ethical-deontological. In this way, the internship of a professional nature, developed in a Delivery Block and Emergency Obstetrics/Gynecology Service of a hospital in the north of the country, it allowed developing the skills described above, which aim at the practice of highly qualified nursing care, in order to achieve continuous improvement in the quality of nursing care provided to the woman/family. The specialist nurse is, in turn, an active being in the field of investigation. Hence the proposal to carry out a research work, under the theme “Satisfaction of puerperal women regarding labor and delivery”. Objectives: The aim of this work was to describe the development of common and specific skills of the Specialist Nurse in Maternal Health and Obstetric Nursing carried out in the internship of a professional nature and to know, through an investigation study, the satisfaction of puerperal women regarding labor and delivery, describing which sociodemographic, obstetric and care factors influence this satisfaction, as well as the dimensions that most contribute to their satisfaction. Methodology: This work was carried out using a quantitative, descriptive approach. To assess the satisfaction of postpartum women in labor and delivery and the influence of sociodemographic, obstetric and assistance factors, a questionnaire with two parts was applied: the sociodemographic and obstetric questionnaire and the "Experience and Satisfaction Questionnaire with Childbirth" The sample consists of postpartum women, who meet the inclusion and exclusion criteria stipulated for the present study. Results: With this study, it was found that most of the puerperal women are satisfied with labor and delivery, the dimension that contributed the most to this satisfaction of the puerperal women was "Conditions and Care Provided" and the one in which satisfaction was lower. was “Relaxation and the Negative Experience”. Of the factors studied, it was found that parity and skin-to-skin contact have a statistically significant influence on the satisfaction of postpartum women with their labor and delivery. With the results obtained, it is intended to sensitize health professionals to the importance of adapting strategies in order to increase maternity satisfaction by providing a positive birth experience. Conclusions: The Nurse Maternal Health and Obstetrics should foster a relationship of trust with the parturient/couple, meeting their needs/expectations at the time of labor and delivery, providing a more positive delivery experience. Satisfaction with care provided during childbirth is a complex phenomenon consisting of multiple dimensions of satisfaction. The Nurse Maternal Health and Obstetrics must promote the empowerment of the woman/couple, allowing her to feel valued, involved in decision- making through an informed choice. These are valuable tools, facilitating the delivery of holistic care and individualized care in labor and childbirth.
Descrição
Trabalho expressamente elaborado como Relatório de Natureza Profissional para efeito de obtenção do grau de Mestre em Enfermagem de Saúde Materna e Obstetrícia, apresentado na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Palavras-chave
Competência profissional , Enfermeiro de saúde materna e obstétrica
Citação