Doença ovárica quística e a sua relação com problemas pós-parto em bovinos de leite

Data
2019-11-08
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
A doença ovárica quística é um problema que causa grandes perdas económicas em bovinos de leite, bem como desordens reprodutivas de várias índoles. É caracterizada por uma afeção dos ovários provocada tanto por fatores externos como por fatores relacionados com as exigências reprodutivas e traduz-se na formação de quistos nos ovários que podem ser foliculares ou luteínicos, conforme a sua fase de formação. Este é um problema com uma incidência variável entre os 5% a 30%, variando entre as diferentes zonas do globo, consoante o tipo e quantidade de produção e da exposição a fatores de risco. Neste estudo foram avaliadas 4 explorações pertencentes ao estado da Califórnia, nos Estados Unidos da América, nomeadamente na cidade de Gustine. Estas apresentaram, até ao ano de 2016, um crescendo de problemas pós-parto, de entre os quais, retenção placentária, metrite e doença ovárica quística. Perante este abalo reprodutivo, foi feito um rastreio destes problemas em todas as vacas recém-paridas destas quatro explorações, no ano de 2017, com o objetivo de quantificar o problema e avaliar causas e consequências, bem como relacionar estes problemas entre si, isto é, avaliar qual a relação entre a incidência de metrite e retenção placentária com o surgimento de doença ovárica quística. A finalidade da análise destes parâmetros foi quantificar a incidência destes problemas e avaliar a possível relação entre eles para poder estudar as suas causas e consequências.
Cystic ovarian disease is a problem that causes great losses in dairy cattle as well as reproductive problems of many types. It is characterized by an affection of the ovaries caused both by external factors and by indicators related to reproduction and communication in the formation of ovarian cysts that may be follicular or luteal, depending on the formation phase. This is a problem with a variable incidence between 5 and 30%, varying between different areas of the globe, type and amount of production and exposure of risk factors. In this study, four farms belonging to the state of California in the United States of America, namely in the city of Gustine, were evaluated. Until the year of 2016 there was a growth of postpartum problems, among which, placental, metritis and ovarian cystic disease. Faced with this reproductive problem, in the year of 2017, all the fresh cows in the four farms were screened for the purpose of quantifying the problems and assessing the causes and consequences, such as to relate these problems to one another, that is, to evaluate the difference between metritis and placenta with the appearance of a cystic ovarian disease. The purpose of this statistical analysis is to quantify the incidence of those problems and evaluate the relationship between them, such as being able to study their causes and consequences.
Descrição
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
Palavras-chave
doença ovárica quística , metrite
Citação