Particularidades da gestão de obras em pequenas empresas: atividades do diretor de obra

Data
2017-08-28
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
A Industria da Construção Civil em Portugal na última década tem atravessado grandes dificuldades. Tal facto é transversal a diversas atividades no nosso País, sendo a Construção Civil uma das mais afetadas. Não é desconhecida esta realidade, pois é visível e sobejamente transmitida nos noticiários e restantes tipos de meios de comunicação social, o elevado número de insolvências que afetam esta industria. A construção foi um dos setores mais afetados pela crise, e apesar de haver alguns sinais de retoma todo o cuidado é pouco, já que estão em risco, só este ano (2016), 35 mil empregos e 8.500 empresas. O alerta é deixado pela Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN) e pelo Sindicato da Construção de Portugal (SCP). Quando estas crises aparecem e ciclicamente acontecem, só os melhores sobrevivem. As empreitadas que existem disponíveis no mercado não são suficientes para todos a que se dedicam á atividade. As empresas desesperadas (por terem um volume de encomendas abaixo das expectativas) apresentam orçamentos para as empreitadas completamente desajustados da realidade e do valor das mesmas, na expectativa de conseguirem algumas adjudicações. Infelizmente por vezes apenas conseguem dar mais um passo em direção ao abismo. É importante neste enquadramento a visão de um elemento, que tenha os conhecimentos adequados, para mediar, alertar e gerir todo este processo, de modo a garantir a estabilidade e o sucesso na execução das empreitadas. Nas empresas de Construção Civil de grande dimensão os Organigramas estão devidamente definidos, os diversos sectores bem estruturados, e as funções dos diversos tipos de colaboradores devidamente definidas. Este planeamento resulta em profissionais com atividades e tarefas muito específicas, mas com capacidade de desempenharem as suas tarefas com elevada qualidade. No caso das empresas de Construção Civil de pequena dimensão (alvo de estudo desta Dissertação), os recursos disponíveis não são os mesmos das grandes empresas, e como vamos explanar, normalmente um colaborador desempenha vários tipos de funções, principalmente o Diretor de Obra. No sentido de ajudar a compreender a realidade de um Diretor de Obra, nas suas atividades de Gestão de Obras e fazer deste trabalho um “Guia de Procedimentos”, para quem inicie a sua atividade profissional neste contexto, pretende-se este “trabalho” possa ajudar na difícil missão que é ser Diretor de Obra nas empresas de Construção civil de pequena dimensão.
The Construction Industry in Portugal has experienced great difficulties in the last decade. This is transversal to several activities in our country, with the construction industry being one of the most affected. This reality is not unknown, because the high number of insolvencies that affect this industry is visible and abundantly broadcasted in the news and other types of media. The Construction Industry was one of the most affected sectors by the crisis, and although there are some signs of recovery, all precautions are not enough, since this year alone (2016), 35,000 jobs and 8,500 companies are at risk. The alert is left by the Association of Industrial Construction and Public Works (AICCOPN) and the Union of Construction of Portugal (SCP). When these crises appear and they cyclically happen, only the best survive. The contracts that are available on the market are not sufficient for all those engaged in the activity. The desperate companies (because they have a volume of orders below expectations) present budgets for the projects completely inadequate to the reality and worth of these projects, in the expectation of obtaining some adjudications. Unfortunately they are only taking one more step towards the abyss. It is important in this framework the insight of an element, which has the appropriate knowledge, to mediate, alert and manage this whole process, in order to ensure stability and success in the execution of the contracts. In large construction companies, the organizational charts are well defined, the various sectors are well structured, and the functions of the different types of employees are duly defined. This planning results in professionals with very specific activities and tasks, but with the capacity to perform their tasks with high quality. In the case of smaller construction companies (the target of this dissertation study), the available resources are not the same as those of large companies, and as we will explain, usually an employee performs several types of functions, especially the construction site manager. In order to help understand the reality of a construction site manager, in his activities of construction management and to transform this paper into a "Procedures Guide", for those who start their professional activity in this context, this "paper" is intended to to help in the difficult mission that is to be a construction site manager in small construction companies.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Engenharia Civil
Palavras-chave
Indústria da construção civil , Qualidade , Organigrama , Diretor de obra , Guia de procedimentos
Citação