Correlação entre os níveis plasmáticos de Lp(a), ApoA-I e ApoB e a Doença Coronária

Data
2009
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
As Doenças Cardiovasculares representam a principal causa de mortalidade em todo o mundo. A maioria dos casos é causada pela aterosclerose e por vários factores de risco associados a estas patologias. A estratificação do risco cardiovascular do doente é essencial para a prevenção de ocorrência de complicações cardiovasculares a curto e a longo prazo e para a orientação da escolha terapêutica mais adequada de forma a melhorar o prognóstico. Para esta estratificação é necessária, para além de outros testes, a análise dos biomarcadores cardíacos convencionais. Recentemente, a quantificação de apolipoproteínas, especificamente a Lipoproteína “a”, Apolipoproteína A-I e a Apolipoproteína B têm sido sugeridas por vários estudos como sendo marcadores cardíacos sensíveis que estabelecem o risco cardiovascular individual. O objectivo deste trabalho é relacionar os níveis plasmáticos destas proteínas com a doença coronária, os seus factores de risco e a sua severidade. Neste estudo foram analisados 49 doentes com doenças cardíacas, com a finalidade de obter correlações entre o diagnóstico de cada paciente e os seus valores sanguíneos de apolipoproteínas e lipoproteína. A determinação quantitativa destes parâmetros utilizou como método a nefelometria cinética, através do aparelho IMMAGE® Beckman Coulter. Após processamento dos resultados e da sua interpretação estatística chegaram-se a algumas conclusões: que a presença de SCA versus outras patologias cardíacas mostrou-se associada às concentrações plasmáticas de ApoB, à razão ApoB/ApoA-I e à medicação prévia de estatinas; a Lp(a) apresentou relação com o importante factor de risco das doenças cardíacas, a hipertensão; a ApoA-I demonstrou estar relacionada com o tabagismo e a ApoB e o índice ApoB/ApoA-I manifestaram ambos significância com a variável diabetes. Uma vez que este assunto é ainda controverso, devem ser realizadas novas pesquisas com a finalidade de verificar se estas determinações devem ser aplicadas na prática laboratorial, auxiliando os restantes marcadores cardíacos convencionais.
Cardiovascular disease is the leading cause of mortality throughout the world. Most cases are caused by atherosclerosis and various risk factors associated with these diseases. The cardiovascular risk stratification of patients is essential for preventing the occurrence of cardiovascular complications in the short and long term and to guide the most appropriate therapeutic option to improve the prognosis. For this stratification is required, in addition to other tests, the analysis of conventional cardiac biomarkers. Recently, the quantification of apolipoproteins, specifically the Apolipoprotein AI and Apolipoprotein B and Lipoprotein "a" have been suggested by several studies to be sensitive cardiac markers to establish the individual cardiovascular risk. The aim of this study was to relate the levels of these proteins with coronary heart disease, its risk factors and its severity. This study analyzed 49 patients with heart disease, in order to obtain correlations between the diagnosis of each patient and their blood levels of apolipoproteins and lipoproteins. The quantification of these parameters used as a nephelometric method, using the equipment IMMAGE® Beckman Coulter. After processing the results and their statistical interpretation was reached some conclusions: that the presence of ACS versus other heart diseases are associated with plasma concentrations of ApoB, the ratio ApoB / ApoA-I and the previous medication of statins; Lp (a) were related to the major risk factor for heart disease, the hypertension; ApoA-I has shown to be related to smoking and ApoB and ApoB / ApoA-I showed both significant with the variable diabetes. This issue is still controversial, should be carried out new researches in order to verify these determinations to be applied in laboratory practice, helping other conventional cardiac markers.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Análises Laboratoriais
Palavras-chave
Citação