Conteúdos programáticos de física e de química no ensino secundário e implicações no insucesso escolar

Data
2016-08-19
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O presente trabalho tem por tema a “Relação entre os Conteúdos Programáticos da Disciplina Físico - Química do Ensino Secundário e o seu Sucesso/Insucesso” no ensino em Portugal. O estudo descrito nesta dissertação está dividido em dois períodos, compreendendo o primeiro os anos entre 1936 e 1974 e o segundo os anos entre 1999 e 2013. No que diz respeito aos anos entre 1975 e 1999, estes não são referidos uma vez que não foi possível obter, a tempo da escrita deste documento, os elementos necessários para a sua análise. No primeiro período (1936 - 1974) a “visão” do ensino era elitista, com práticas educativas autoritárias, fechadas à cultura científica e tecnológicas. Pelo contrário, no segundo período (1999 - 2013), o ensino é um ensino para todos. Neste período, há a massificação do ensino, aumentando o nível de escolaridade obrigatório. As práticas educativas aplicadas são mais flexivas e está-se mais focado para a cultura científica e tecnológica. No que respeita aos Programas, este foram sofrendo alterações significativas ao longo dos anos, alterações essas que passaram principalmente pela retirada de certos conteúdos e pela introdução de novos, tendo sempre em mente o objetivo da sua simplificação, por forma a se obterem melhores resultados nos exames. Apesar das constantes alterações aos programas, o objetivo de se alcançarem melhores resultados não foi alcançado de todo. O insucesso continuou e continua a ser uma problemática recorrente no ensino da disciplina de Física - Química. A investigação realizada para esta dissertação mostra que não se pode associar, de todo, causa-efeito entre a extensão dos Programas e os resultados dos alunos no exame na disciplina Física - Química. No entanto, o estudo apresenta uma conclusão que deve ser estudada e analisada com maior profundidade: não são os programas a causa fundamental dos maus resultados na disciplina de Física - Química. Existem outros fatores que são a causa mais provável para o insucesso: a falta de empenho dos alunos no seu estudo, a falta de bases de matemática, alunos com capacidade de raciocínio pouco desenvolvida.
This study is about “The Relationship between programmatic contents of the Physic-chemistry subject of the secondary education and its success/failure” within the Portuguese educational system. The study described in this dissertation is divided into two periods, the first period between 1936 and 1974, the second between 1999 and 2013. There isn’t any reference regarding the years between 1975 and 1999, since it was impossible to obtain the necessary elements for this analysis. On the first period (1936 – 1974) the “vision” of the education was elitist, with authoritarian educational approaches not receptive to scientific and technological culture. On the contrary, the second period (1999 – 2013) education was for all. During this period, there is a massification of education, increasing the level of compulsory school attendance. Educational practices are more flexible and more focused on scientific and technological culture. As to the educational programs, these suffered some meaningful changes throughout the years. Those changes means mostly the replacement of certain contents by new ones, having always in mind the goal of its simplification, in order to have better results in the exams. Despite all the constant educational changes, the goal of getting better results was not achieved. The failure remained and it is still a recurrent problem in teaching physics-chemistry. The investigation undertaken for this dissertation shows that it cannot be associated a cause-effect relationship between the extension of the Educational Programs and the results of the students’ exams of physics-chemistry. However, the study shows a conclusion that must be further studied and analyzed: The Educational programs are not the main cause for the bad results in physics-chemistry. There are other probable causes for these failures: lack of commitment by the students, bad mathematics basics and stundets with underdeveloped reasoning skills.
Descrição
Dissertação de Mestrado no Ensino de Física e de Química no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário
Palavras-chave
Física , Química , Ensino secundário , Sucesso escolar , Insucesso escolar , Conteúdos programáticos
Citação