Análise comparativa da ligadura cirúrgica e da oclusão transarterial do ducto arterioso persistente em cães: estudo retrospectivo em 21 animais

Data
2017-06-06
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
O objectivo deste estudo é comparar dois tipos de tratamento para a oclusão do ducto arterioso persistente (DAP) com shunt esquerda-direita em 21 cães – a oclusão transarterial (OTA) com o Amplatzer® Canine Ductal Occluder (ACDO) (grupo A) e a ligadura cirúrgica (grupo B). A taxa de sucesso inicial (ausência de fluxo residual), as complicações associadas, a mortalidade, e o prognóstico foram os principais alvos de comparação. Adicionalmente, foi feita referência às observações ecocardiográficas, de forma a esclarecer o sucesso do tratamento com base nas alterações estruturais e funcionais do coração. Este estudo retrospectivo inclui a revisão dos registos médicos de 21 animais relativamente ao peso, idade, sexo, sinais clínicos, exames ecocardiográficos, complicações, sucesso da oclusão e mortalidade. Após o tratamento, a auscultação do sopro cardíaco esteve ausente em 50% dos animais do grupo A e ausente em cerca de 17% dos animais do grupo B. Com recurso a ecocardiografia, confirmou-se o encerramento completo (ausência de fluxo residual) em cerca de 82% dos animais do grupo A e em cerca de 86% dos animais do grupo B. Verificou-se uma redução generalizada das dimensões do ventrículo esquerdo em sístole e diástole indexadas ao peso, em ambos os grupos. Os valores normais do rácio átrio esquerdo/aorta aumentaram para 77% no grupo A e manteve-se nos 50% no grupo B, após o tratamento. Relativamente à função sistólica, no grupo A houve uma redução da fração de encurtamento e da fração de ejeção após tratamento, para valores de 26,6% e 48,9%, respectivamente. No grupo B, as mesmas frações reduziram para 22,7% e 42,99%, respectivamente. Em nenhum dos grupos houve casos de mortalidade. No entanto, houve um caso de complicação intraoperatória num animal do grupo B, devido a hemorragia durante a disseção do ducto. O tratamento do DAP foi possível em todos animais, sendo que no grupo A o peso médio foi 12 kg, e no grupo B 5 kg. A oclusão transarterial com ACDO revelou-se uma técnica eficaz, segura, fácil e com reduzido desconforto pós-operatório face à alternativa cirúrgica. A técnica cirúrgica oferece segurança, eficácia e taxas de sucesso semelhantes à oclusão transarterial com ACDO, embora a hemorragia intra-operatória represente uma complicação grave. Dada a importância do reduzido desconforto pós-operatório e bem-estar dos animais, a OTA com ACDO poderá representar a primeira escolha de tratamento, caso o custo ou as dimensões do animal/ducto não sejam factores limitantes.
The main purpose of this study was to compare two types of treatment in 21 dogs with left-to-right patent ductus arteriosus (PDA) – transarterial occlusion with Amplatzer® Canine Ductal Occluder (ACDO) (group A) and surgical ligation (group B). Initial success rate (absence of residual flow), associated complications and prognosis were the major comparison targets. Additionally, echocardiographic findings were described based on structural and functional heart changes in order to clarify the success of treatment. Medical records of 21 dogs were retrospectively reviewed and included: body weight, age, gender, clinical signs, echocardiographic findings, complications, occlusion success and mortality. Treatment was possible in every dog and the median body weights in group A and B were 12kg and 5kg, respectively. Cardiac murmur was absent in 50% of dogs in group A and in 17% of dogs in group B, after treatment. PDA total occlusion (absence of residual flow) was confirmed in about 82% of dogs in group A and 86% of dogs in group B using echocardiography. A generalized decrease in left ventricular inner diameter in systole and diastole indexed to body weight was found in both groups. Ratio left atrium/aorta normal median values increased to 77% in group A and it was kept (50%) in group B, after treatment. Regarding systolic function, in group A, there was a decrease in both the shortening fraction and the ejection fraction after treatment, to 26.6% and 48.9%, respectively. In group B, the same fractions decreased to 22.7% and 42.99%, respectively. There were no mortality cases in both groups. However, an intraoperative complication occurred in one dog of group B, due to hemorrhage during ductal dissection. Transarterial occlusion with ACDO showed to be an effective, safe and easy technique with reduced post-operatory discomfort, compared to the surgical option. Although surgical technique offers safety, efficiency and success rates similar to transarterial occlusion with ACDO, intraoperative hemorrhage is a severe complication. Due to significant decrease in post-operative discomfort and animal welfare, transarterial occlusion with ACDO may be the treatment of choice, when cost and animal/duct dimension do not limit its use.
Descrição
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
Palavras-chave
Cães , Cardiopatias , Procedimentos cirúrgicos cardiovasculares , Ducto arterioso persistente , Ligadura cirúrgica , Oclusão transarterial , Amplatzer® Canine Ductal Occluder
Citação