Institucionalização, animação sociocultural e inclusão educativa: estudo de caso da Escola de Artes e Ofícios – Prof. Nuno Rodrigues, Chaves

Data
2015-10-20
Título da revista
ISSN da revista
Título do Volume
Editora
Projetos de investigação
Unidades organizacionais
Fascículo
Resumo
A institucionalização de crianças e jovens é uma realidade, e o meio envolvente destes menores coloca-os em situações de exclusão social, sobretudo ao nível educacional, já que grande parte da infância e juventude é passada nas instituições escolares. Esta investigação foi desenvolvida na Escola de Artes e Ofícios – Prof. Nuno Rodrigues e nas escolas pertencentes ao Agrupamento de Escolas Dr. Júlio Martins, frequentadas pelos menores institucionalizados, ambas na cidade de Chaves. A metodologia utilizada foi o estudo de caso, uma vez que é um processo eficaz na aproximação do estudo à realidade, permitindo identificá-la, conhecê-la e compreendê-la, num curto espaço de tempo e com escassez de recursos. Tendo em conta a situação de exclusão social e os relacionamentos interpessoais das crianças e jovens, procurou-se perceber de que forma é que a animação sociocultural pode contribuir para minimizar a exposição negativa destes jovens, colaborando para a sua formação pessoal, educacional e cognitiva. Este estudo foi realizado tendo em conta as necessidades e expetativas das crianças e jovens, aos quais se recorreu para manifestarem a sua opinião, permitindo uma maior fidedignidade do estudo apresentado. Os dados mostram que a exclusão acontece em algumas situações - tanto parte do exterior como de posturas adotadas pelos crianças e jovens, que acabam por conduzir a este fenómeno. Apurou-se que a ASC pode desenvolver um trabalho importante junto desta comunidade, contribuindo para a sua integração.
The institutionalization of children and teenagers is a constant reality, and their environment can put them in situations of social exclusion, particularly in terms of education, since much of childhood and youth is spent in schools. This research was developed in the School of Arts and Crafts - Prof. Nuno Rodrigues and schools belonging to the Group of Schools Dr. Júlio Martins, frequented by minors institutionalized both in Chaves. The methodology used was the case study, since it is an effective approach in the study of reality, allowing to identify it, recognize it and understand it in a short time with limited resources. Based to the situation of social exclusion and interpersonal relationships of children and young people sought to understand how it is that the sociocultural can help to minimize the negative exposure of these young people, contributing to their personal, educational and cognitive. This study was always performed taking into account the requirements and needs of children and young people, to whom it appealed to express your opinion and allow, therefore, for greater reliability of the study presented. The results show that the exclusion is expressed in some situations, and that both as part of the exterior due to postures adopted by minors, which ultimately lead to this phenomenon. It was found that the ASC can develop important work with this community, contributing to their integration.
Descrição
Dissertação de Mestrado em Ciências da Educação, Especialização em Animação Sociocultural
Palavras-chave
Cultura organizacional (escolar) , Inclusão (educativa) , Exclusão social , Animação sociocultural , Mediação pedagógica , Instituições de acolhimento
Citação