Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/10219
Title: Economia solidária no estado do Amapá, Brasil e estratégias de fomento: estudos de caso
Authors: Santos, Kátia
Gonçalves, Herminia Julia de Castro Ferna...
Carvalho, Maria Teresa Couceiro da Costa ...
Keywords: desenvolvimento
economia solidária
estado do Amapá
políticas públicas
Issue Date: Jul-2017
Abstract: As estratégias de desenvolvimento adotadas pelos estados devem ser planejadas de forma a evidenciar a valorização do indivíduo, com o objetivo central de melhorar a sua qualidade de vida, buscando, conjuntamente, a adoção de medidas com foco no crescimento econômico estatal. Na década de 1980, com o fortalecimento das discussões e preocupação com o meio ambiente, passa-se a provocar, principalmente no âmbito acadêmico, o alerta para a necessidade de revisar os rumos das políticas de desenvolvimento, diante das relevantes argumentações que discorriam sobre a finitude dos recursos naturais e os severos danos ambientais ocasionados pela utilização desenfreada dos recursos. Entra em cena a discussão sobre o desenvolvimento sustentável, que busca conciliar a valorização das necessidades humanas, com a utilização sustentada dos recursos, bem como com as estratégias de desenvolvimento econômico pelos estados. A economia solidária é norteada pelas diretrizes do desenvolvimento sustentável, apresentando como princípios a autogestão (como mecanismo valorizador da liberdade), a igualdade entre os sócios e a exaltação da solidariedade. Este artigo buscou analisar o desenvolvimento de atividades geradoras de rendimento a partir de estratégias da economia solidária, explicitando impactos individuais e sócio territoriais no Estado do Amapá, localizado no extremo Norte do Brasil, de forma a se evidenciar as principais políticas estatais de fomento adotadas. Utilizou-se pesquisa qualitativa, com a seleção de quatro empreendimentos para estudos de caso, no intuito de mensurar os principais avanços e desafios que se impõem ao segmento, e ainda os impactos das políticas de fomento à economia solidária junto aos empreendimentos estudados. Realizaram-se entrevistas com empreendedores e líderes dos empreendimentos delimitados. Este estudo identificou a necessidade de reestruturação nos formatos de gestão das políticas de fomento por parte dos órgãos governamentais, os quais deveriam funcionar de forma harmônica e articulada, mas ao contrário, atuam de forma isolada e sem comunicação efetiva entre si, prejudicando a qualidade e resultado dos serviços ofertados. Com relação aos impactos da economia solidária para os empreendimentos, verificou-se que as atividades investigadas alcançam retorno financeiro, os quais poderiam ser substancialmente intensificados, caso houvesse melhor estruturação nas políticas de fomento.
Peer Reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10348/10219
ISBN: 978-989-8780-05-8
Document Type: Conference Object
Appears in Collections:CETRAD - Comunicação em Conferência

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ECONOMIA SOLIDÁRIA NO ESTADO DO AMAPÁ.pdf2,19 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.