Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/10241
Title: Avaliação de bem-estar em Bovinos ante-mortem
Authors: Pimentel, José Luís Cunha
Advisor: Silva, Severiano José Cruz da Rocha E
Almeida, José Carlos Marques de
Keywords: bovinos
abate
Issue Date: 22-Jan-2020
Abstract: Uma forte pressão sobre os operadores da cadeia de produção põe em causa a avaliação do bem-estar dos animais. No caso dos bovinos, a avaliação e execução de todas as práticas que promovem o bem-estar-animal ante-mortem permitem minimizar as perdas económicas e ao mesmo tempo ajudar a criar uma imagem mais clara e positiva para a sociedade de todos os procedimentos envolvidos no transporte e abate dos animais. Foi neste enquadramento e motivado pelo tema que levei a cabo um estágio em ambiente de produção e de um matadouro comercial na região norte de Portugal, cujo objetivo foi o de estudar aspetos que permitam avaliar o bem-estar dos bovinos ante-mortem. O trabalho foi dividido em 3 fases. A primeira fase consistiu no reconhecimento e descrição da empresa, procedimentos de rotina e maneio dos bovinos antes do abate. A segunda fase constou no levantamento de dados. Foram recolhidos, de uma amostra de 284 animais, desde o momento de chegada ao matadouro até a refrigeração nas câmaras frigoríficas, os seguintes indicadores: raça, idade, sexo, peso de carcaça, tempo de viagem, tempo na abegoaria, mistura de lotes, eficiência do atordoamento, classificação da carcaça, pH (pós abate), temperatura (pós abate), pH (24h pós abate) e temperatura (24 horas após abate). A escolha da amostra foi aleatória, sendo constituída por vitelos(as), novilhos(as) e animais adultos. Na terceira parte foram tratados, analisados e discutidos os dados e resultados obtidos. Como principais conclusões, pude constatar que a minimização do stress antes do abate pode ser assegurada desde que sejam adotadas medidas capazes de respeitar o comportamento animal. Para isso é necessário ter em conta o tipo de estabulação, o tempo na abegoaria, a mão de obra e ao dimensionamento das instalações.
There is currently intense pressure on operators in the meat production chain to make a constant assessment of animal welfare. In the case of cattle, the assessment of all practices promoting ante mortem animal welfare minimize economic losses while helping to create a clearer and more positive image for the society of the procedures involved in the transport and slaughter of animals. It was in this context and motivated by the theme that I carried out an internship in a cattle production unit and a commercial slaughterhouse in the northern region of Portugal. The objective was to study aspects to evaluate the welfare of ante mortem cattle. The work was divided into 3 phases. The first phase consisted of the recognition and description of the company, routine procedures and management of cattle before slaughter. The second phase consisted of data collection. From a sample of 284 animals, data was collected from the time of arrival at the slaughterhouse to carcass refrigeration. The following indicators were taken: breed, age, sex, carcass weight, travel time, time in slaughter, batch mixing, carcass classification, pH (after slaughter), temperature (after slaughter), pH (24h after slaughter), and temperature (24 hours after slaughter). The selection of the sample was random, consisting of calves, steers (as) and adult animals. In the third part, the data and results obtained were analyzed and discussed. As the main conclusions, it is found that the minimization of stress before slaughter can be ensured as long as measures capable of respecting animal behavior are adopted. For this, it is necessary to relate scientific knowledge with the means of animal operation, namely in facilities, management practices and means of action.
Description: Relatório Final de Estágio Mestrado em Engenharia Zootécnica
URI: http://hdl.handle.net/10348/10241
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:DZOO - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
José Luís Cunha Pimentel.pdf
  Restricted Access
2,54 MBAdobe PDFView/Open Request a copy
Declaração José Luís Cunha Pimentel.pdf
  Restricted Access
99,09 kBAdobe PDFView/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.