Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/10339
Title: A Identidade Cultural Europeia
Authors: Santos, Rui Manuel Soares Monteiro Carneiro dos
Advisor: Ribeiro, Orquidea Maria Moreira
Keywords: identidade
Europa
Issue Date: 16-Jan-2020
Abstract: Ao longo das últimas décadas, sobretudo nas duas últimas, tem-se assistido ao interesse por parte dos europeus, pelo conceito de identidade. Uma significativa parte desse interesse prende-se com os desafios colocados por um mundo cada vez mais global, assim como pelo fluxo de indivíduos oriundos do exterior da Europa que chega até ela em números nunca antes conhecidos. Movidos pelos mais diversos motivos, os imigrantes que buscam a Europa representam um desafio para quem vive nela. A integração das comunidades imigrantes numa sociedade de acolhimento representa, sempre, uma série de desafios para a sociedade europeia. Diferentes formas de estar, pensar, comunicar, chegam à Europa e abalam a estrutura cultural do continente. A globalização trouxe novos hábitos, novas formas culturais que são visíveis em todo o território europeu. O paradigma pelo qual a Europa se regia é colocado em causa com a vinda de diferentes culturas. O temor pelo desequilíbrio do padrão que era a norma é notório. Enquanto tal acontece, a Europa vive um momento único na sua História com a existência da União Europeia que junta em si praticamente todos os países da Europa. Novos desafios necessitam de novas abordagens e é ao olhar-se para o passado que se pode compreender o presente e delinear estratégias para o futuro. A realização deste trabalho teve como objetivos verificar se a identidade cultural europeia existe, em que moldes e em que consiste, assim como o que pensam as elites e a povo europeu sobre a sua existência e, caso exista, sobre o que significa ser europeu.
Over the last decades, but especially in the last two, we have seen the interest of Europeans, for the concept of identity. A significant part of this interest concerns the challenges posed by an increasingly global world, as well as the flow of individuals from outside Europe that reaches it in numbers never before known. Moved by the most diverse motives, immigrants who seek Europe represent a challenge for those who live in it. The integration of immigrant communities into a host society always presents a series of challenges for European society. Different ways of being, thinking, communicating, arrive in Europe and shake the cultural structure of the continent. Globalization has imported new habits, new cultural forms that are visible throughout the European territory. The paradigm by which Europe rules is called into question by the coming of different cultures. The fear of the standard imbalance that was the norm is notorious. As such, Europe is experiencing a unique moment in its history with the existence of the European Union which brings together virtually all the countries of Europe. New challenges require new approaches and it is by looking back at the past that one can understand the present and outline strategies for the future. The goal of this work was to verify if European cultural identity exists, in what form and in what it consists, as well as what the elites and Europeans think about its existence and, if it exists, about what it means to be an European.
Description: Tese de Doutoramento em Ciências da Cultura apresentada à Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
URI: http://hdl.handle.net/10348/10339
Document Type: Doctoral Thesis
Appears in Collections:DLAC - Teses de Doutoramento
TD - Teses de Doutoramento



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.