Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/10950
Title: Perceções desiguais sobre o trabalho das mulheres jornalistas de desporto em Portugal: rotinas, problemas e práticas
Authors: Loureiro, Marlene da Conceição Vasques
Faria, Susana
Ribeiro, Fábio
Keywords: Jornalismo
Mulheres
Desporto
Desigualdades
Profissão
journalism
women
sports
inequalities
work
Issue Date: Dec-2021
Publisher: Sopcom - GT Jornalismo e Sociedade
Citation: Loureiro, M., Faria, S. & Ribeiro, F. (2021). Perceções desiguais sobre o trabalho das mulheres jornalistas de desporto em Portugal: rotinas, problemas e práticas. Estudos de Jornalismo, 14, 24-37. http://www.revistaej.sopcom.pt/ficheiros/20211229-ej14_2021.pdf
Abstract: Este artigo reflete sobre o papel das mulheres jornalistas e suas funções no jornalismo desportivo em Portugal, a partir da análise de dois pontos de vista: a forma como se integram nas redações e as perceções sociais que estão relacionadas com a sua atividade, sobretudo a partir do trabalho realizado no exterior e pelos comentários feitos por leitores, ouvintes ou telespectadores. Deste modo, realizou-se um estudo, de pendor qualitativo, através da realização de entrevistas estruturadas a uma amostra de mulheres jornalistas na área de desporto, bem como de investigadoras na área de interseção entre os estudos de género e os média. A análise dos diversos depoimentos indica que as jornalistas assumem as dificuldades de trabalhar numa área ainda muito marcada pela presença masculina, tanto na ocupação de cargos de chefia, como nos conteúdos desportivos abordados. As jornalistas sublinham a recorrência de comentários preconceituosos, misóginos e ofensivos, que procuram diminuir o potencial que as mulheres possam oferecer a esta área de trabalho.
This article discusses the role of women journalists and their functions in sports journalism in Portugal, from two points of view: the way they are integrated in the newsrooms and the social perceptions that are related to their activity, especially from the outside work and the comments made by readers, listeners or viewers. As such, a qualitative study was carried out through structured interviews to a sample of women journalists covering sports, as well as with researchers whom have been working in the intersection between gender and media studies. In one hand, the analysis clearly indicates that the journalists face several troubles in the newsrooms, especially in this area where men still dominate several leading positions, both in management and in the content covered. In the other, the journalists highlighted several situation of prejudice, misogynistic and offensive comments, which seek to diminish the potential that women can offer to this area of work.
Peer Reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/10348/10950
ISSN: 2182-7044
metadata.dc.relation.publisherversion: http://www.revistaej.sopcom.pt/ficheiros/20211229-ej14_2021.pdf
Document Type: Article
Appears in Collections:DLAC - Artigo de Conferência em Revista Científica Indexada

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021-artigo-estudos-jornalismo.pdf382,49 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.