Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/11281
Título: Fatores de proteção e dificuldades em cuidadores informais de idosos dependentes
Autor: Pereira , Solange Miranda
Orientador: Antunes, Maria Cristina Quintas
Palavras-chave: cuidadores
idosos dependentes
Data: 20-Abr-2022
Resumo: Introdução: O crescimento significativo de idosos dependentes devido ao envelhecimento da população é hoje um fenómeno observado a nível mundial que apresenta um crescimento contínuo. Assim, tendo em conta a escassez de profissionais, ou seja, cuidadores formais, e as dificuldades socioeconómicas da população, de modo geral os cuidados são prestados por um cuidador informal, geralmente um membro da família. Muitas vezes este assume um papel para o qual não está tecnicamente preparado, causando-lhe sobrecarga física, emocional e económica, deparando-se assim com diversas adversidades e necessidades. Objetivo: A necessidade de evidências acerca da sobrecarga associada ao cuidado informal levou ao desenvolvimento do presente estudo com o objetivo de perceber e analisar criticamente as principais necessidades e dificuldades dos cuidadores informais associadas à tarefa que executa, através de uma revisão integrativa da literatura. Metodologia: Foram pesquisadas as bases de dados: B-on, SciELO e LILACS, usando descritores como “cuidadores”, “idosos dependentes”, “estresse psicológico” e “suporte social”. Estes descritores foram selecionados de acordo com a consulta aos Descritores em Ciências da Saúde (DeCS). Utilizou-se o software RAYYAN® para importar os dados. Tendo em conta os critérios de inclusão e exclusão estipulados, foram selecionados oito documentos. Resultados: Através da análise realizada e de acordo com os artigos selecionados para a revisão, verificou-se que as necessidades mais evidenciadas pelos cuidadores informais são: necessidade de tempo; a necessidade de rede de suporte formal e informal; a necessidade de recursos; a necessidade de informação, entre outras. Face a um conjunto de carências, originamse dificuldades nomeadamente sobrecargas física, emocional, financeira e social que colocam em causa o cuidado prestado. Conclusão: É possível concluir que a identificação das necessidades dos cuidadores informais é crucial para o planeamento de intervenções eficazes por parte das equipas de saúde, o que pode traduzir-se na diminuição ou melhor gestão das dificuldades manifestadas, resultando numa maior qualidade de vida, tanto do cuidador, como da pessoa que é cuidada.
Introduction: The significant growth of dependent elderly people due to the aging population is nowadays a phenomenon observed worldwide that presents a continuous growth. Thus, given the shortage of professionals, i.e., formal caregivers, and the socioeconomic difficulties of the population, care is generally provided by an informal caregiver, usually a family member. Often this caregiver assumes a role for which he/she is not technically prepared, causing physical, emotional, and economic overload, thus facing various adversities and needs. Objective: The need for evidence on the burden associated with informal caregiving led to the development of this study with the purpose of understanding and critically analyzing the main needs and difficulties of informal caregivers associated with the task they perform, through an integrative literature review. Methodology: The following databases were searched: B-on, SciELO and LILACS, using descriptors such as "caregivers", "dependent elderly", "psychological stress" and "social support". These descriptors were selected according to the Health Sciences Descriptors (DeCS) consultation. RAYYAN® software was used to import the data. Taking into account the stipulated inclusion and exclusion criteria, eight documents were selected. Results: Through the analysis performed and according to the articles selected for the review, it was found that the most evidenced needs by informal caregivers are the need for time; the need for formal and informal support network; the need for resources; the need for information, among others. Faced with a set of needs, difficulties arise, namely physical, emotional, financial and social overloads that jeopardize the care provided. Conclusion: It is possible to conclude that the identification of the informal caregivers' needs is crucial for the planning of effective interventions by the health teams, which may translate into the reduction or better management of the difficulties manifested, resulting in a higher quality of life of both the caregiver and the person being cared for.
Descrição: Dissertação apresentada à Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, como parte dos requisitos para a obtenção do grau conducente a Mestre em Psicologia, especialização em Psicologia Clínica
URI: http://hdl.handle.net/10348/11281
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:DEP - Dissertações de Mestrado
TD - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Diss Solange Pereira.pdf23,55 MBAdobe PDFVer/Abrir
Dec Solange Pereira.pdf
  Restricted Access
267,38 kBAdobe PDFVer/Abrir Solicitar cópia
Val Solange Pereira.pdf
  Restricted Access
1,32 MBAdobe PDFVer/Abrir Solicitar cópia


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.