Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/11337
Título: Pedro e Inês: Simbologia de uma reflexão literária
Autor: Afonso, Marisa de Jesus Neiva
Orientador: Torre, Elisa Maria Oliveira Gomes da
Bravo, Alexia Dotras
Palavras-chave: mito
símbolos
Data: 21-Abr-2022
Resumo: O presente trabalho incide nos aspetos simbólicos que marcaram o amor proibido entre Pedro, o Infante português herdeiro ao trono e a bela galega Inês de Castro, e que dele fizeram incontornavelmente um marco histórico em Portugal, que se expandiu universalmente. A tragédia da Castro inocente e do amor destruído prematuramente simboliza a mais sincera e verdadeira força do Amor e comove profundamente aqueles que ao longo dos séculos acreditam no Amor e em toda a sua força e esplendor, mesmo que a Morte o interrompa. Assim, Inês, em uníssono com o seu apaixonado Pedro, tomados ambos pelo Amor, são as personagens que melhor revelam a intemporalidade e a invencibilidade do sentimento, transformando-se, também eles, em personagens imortais. Num primeiro momento, abordaremos o mito e o seu conceito, a introdução do mesmo em Portugal, bem como mitos de amor que se tornaram marcos da Literatura. O segundo momento deste estudo e também a nossa proposta vai no sentido de ilustrar a imortalidade e a intemporalidade do amor de Pedro e Inês, o que inclui uma relação Amor-Morte e o poder do Amor sobre a Morte, através das imagens simbólicas que enriquecem as personagens e lhes permitem uma evolução temporal. E esta proposta passa por dar alguma relevância a aspetos de carácter simbólico que notámos em algumas obras previamente selecionadas pelo seu carisma e aspeto cronológico, das perspetivas de vários autores, para além da obra de António Ferreira que alicerça, a par de outras, toda a literariedade da história de Pedro e Inês. A nossa proposta centra-se definitivamente em realçar a simbologia incontornável que enriquece e enraíza literária e intemporalmente as personagens de Pedro e Inês de Castro, suscitando a curiosidade na leitura do conteúdo, sem esgotar o tema. Símbolos como a pomba ou falcão, ou os sonhos, transporte de inúmeros mistérios e indícios premonitórios, ou a bruxa, e até mesmo números, carregam em si uma energia simbólica riquíssima e plena de contornos que conseguem levaro leitor a uma transcendência intemporal que tem o poder de transformar a história,e de a enriquecer. Associados a esses arquétipos, também os números estão sempre presentes e também eles portadores de segredos e de presságios, com o intuito de divinizar as personagens, ou de as aproximar dos deuses, uma vez que muitos partilham uma estreita relação com imagens bíblicas.
The present work focuses on the symbolic aspects that marked the forbidden love between Pedro, the portuguese heir to the throne and the beautiful galician Inês de Castro, allowing this to be an unmistakably historical landmark in Portugal, which has been universally expanded. The tragedy of the innocent Castro and the prematurely destroyed love symbolizes the most sincere and true power of Love itself and deeply touches those who over the centuries have believed in it and in all its power and splendor. Therefore, Inês and her beloved Pedro are the characters that best reveal the timelessness and the invincibility of the feeling that turns their story into an immortal one, regardless of the time it belongs to. But there are others characteristics that allowed this to happen and them too are the most responsible for the timelessness of this story. In a first moment, we will approach the myth and its concept, as well as its introduction in Portugal, accompanied by the myths of love that also became marks in Literature. The second moment of this study which also is our proposal relies on the attempt to illustrate the immortality and timelessness of the love of Pedro and Inês de Castro, which includes a Love-Death connection and empowers Love over Death through symbolic images that enrich the characters and allow them a time remaining evolution. And this proposal lies too on the reference of some of the most important symbolic aspects of some romances and theatre works, in addition to the work of Antonio Ferreira and all this literary history of Pedro and Inês. Therefore, our proposal will also highlight the unavoidable symbolism that literary enriches and timelessly roots the characters of Pedro and Inês de Castro. Symbols such as the dove or the hawk, or the dreams or even the witch and the numbers transport numerous mysteries and premonitory signs that can lead the reader to a timeless transcendence that has the power to transform history and enhance it. Linked to these archetypes, we also have the numbers, always present and them being also the carriers of secrets and omens, in order to defy the characters or to approach them to the gods, as many of them share a close relationship with the Bible or with sacred boundaries.
Descrição: Este trabalho foi expressamente elaborado como dissertação original para efeito de obtenção do grau de Doutor em Estudos Literários pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.
URI: http://hdl.handle.net/10348/11337
Tipo de Documento: Tese de Doutoramento
Aparece nas colecções:DLAC - Teses de Doutoramento
TD - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese 101388683.pdf
  Until 2025-04-21
43,21 MBAdobe PDFVer/Abrir Solicitar cópia
Dec -Val 101388683.pdf
  Restricted Access
3,94 MBAdobe PDFVer/Abrir Solicitar cópia


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.