Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/1448
Title: Caracterização do Vento de Levante: na Costa Sul do Algarve
Authors: Bulha, Luís Álvaro Soares da Veiga Pereira de
Advisor: Amorim, Eurico Vasco Ferreira
Santos, João Andrade dos
Issue Date: 2010
Abstract: Com este trabalho pretende-se avaliar as condições do vento de Levante na Costa Sul do Algarve estudando as características do mesmo e a sua proveniência. Para o efeito recorreu-se aos dados (Setembro 2002 a Março de 2009) fornecidos pelo Instituto de Meteorologia, I.P, sobre as estações meteorológicas de Faro e Sagres tendo-se utilizado as seguintes variáveis meteorológicas: vento e temperaturas (ar e água). Na abordagem ao estudo efectuado e ao trabalho executado, através da elaboração de gráficos e tabelas, para o período em causa, permitiu-se chegar a duas grandes conclusões: Primeiro, o vento de Levante é predominantemente de “Leste”, com algumas frequências de Sueste e poucas de Sul; segundo, em relação às estações estudadas, ausência de Levante nos meses de Janeiro, em Faro e Julho, em Sagres. O vento de Leste é o chamado vento de terra que se soprar com alguma intensidade faz com que o mar se acalme pois, sopra contra a ondulação e o assoreamento da costa faz-se notar, já que a areia se desloca contra o vento. A persistência deste tempo em dias consecutivos origina mar calmo originando uma situação em que a falta de peixe é notória. O vento de Sueste é quente, algumas vezes pode originar trovoadas e em termos marítimos é um tempo revolto, embravecendo o mar na Costa Sul do Algarve e, embora haja abundância de peixe, impossibilita, muitas vezes, a faina da pesca. O vento de Levante, pela sua acção mecânica, é, também, muito temido para a agricultura e principalmente por vir muito impregnada de partículas salinas, causando frequentes prejuízos nas culturas de primícias e nas árvores de fruto, sobretudo nas amendoeiras. Em Março pode, também, causar muitos prejuízos nas laranjeiras. Estes ventos, Este e Sueste, têm a tendência de aquecer a temperatura da água do mar que no Verão é óptima para quem frequenta as praias algarvias. É importante, pois, conhecer as características deste vento para o desenvolvimento agrícola, turístico e da indústria pesqueira, bem como para o estudo da orla costeira da região.
This study aims at assessing the “Levante” wind conditions along the southern coast of the Algarve by analysing its features and origin. As such, the following va-riables (September 2002 to March 2009) provided by the “Instituto de Meteorologia”, I. P., and recorded at the weather stations of Faro and Sagres, were used: wind and air/sea surface temperatures. Throughout the current study a number of graphs and tables were produced for the selected period, yielding two main outcomes: First, the “Levante” is mainly an easterly wind, with some south-easterly and few southerly occurrences; sec-ond, based on the selected weather stations, there is an absence of “Levante” in January (July) in Faro (Sagres). The “Levante” is called a land wind, blowing against the waves; when strong enough it does in fact smooth the sea surface, also enhancing coastal erosion, as sand is transported in the opposite direction of the wind. The persistence of such weather conditions during several consecutive days leads to a smooth sea with a significant lack of fish. The south-easterly wind is warm and can trigger thunderstorms and windstorms over the sea, also roughing the sea along the southern coast of the Algarve. Despite the fish abundance, rough sea conditions usually hinder fishery. The “Levante” wind, through its mechanical action, is also very feared by farmers, mainly due to the large number of salt particles carried by it, often leading to losses in early cultivars and fruit trees, particularly in the case of almond trees. In March, it can also cause important losses in the orange trees. The easterly and south-easterly winds also tend to increase sea temperatures, which in the summer is a clear advantage for tourists. It is thus important to understand the characteristics of this wind for the development of the agriculture, tourism and fishery industries, as well as for the study of the regional coastal areas.
Description: Dissertação de Mestrado em Clima e Alterações Climáticas
URI: http://hdl.handle.net/10348/1448
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:OLD - DENG - Dissertação de Mestrado
OLD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MsC_lasvpbulha.pdf
  Restricted Access
3,36 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.