Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/2077
Title: Tarifários e sustentabilidade de sistemas de saneamento básico
Authors: Paranhos, David Alves
Advisor: Bentes, Isabel Maria Marta
Matos, Ana Cristina Ribeiro
Keywords: Tarifários
Sustentabilidade
Abastecimento de água
Drenagem de águas residuais
Gestão de resíduos sólidos urbanos
Issue Date: 2012
Abstract: Actualmente, em Portugal, são utilizados diferentes modelos tarifários verificando-se uma grande disparidade nos preços praticados pelas diferentes entidades gestoras aos utilizadores finais dos sistemas públicos de abastecimento de água, de drenagem/tratamento de água residuais e de gestão de resíduos sólidos urbanos. Por outro lado, a sustentabilidade financeira das entidades gestoras destes serviços constituiu um desafio neste sector. Daí, decorre este trabalho, onde é feita uma caracterização global dos serviços de abastecimento de água, drenagem/tratamento de águas residuais e gestão de resíduos sólidos urbanos quer para as concessões municipais existentes em Portugal quer para os municípios da região de Trás-os-Montes e Alto Douro. São analisados, ainda, os tipos e preços dos tarifários e avaliada a sustentabilidade económica das entidades gestoras, comparando as concessões municipais com as entidades gestoras da região de Trás-os-Montes e Alto Douro. Conclui-se, deste trabalho, que existe uma grande diferença nos tarifários praticados pelas entidades gestoras de sistemas de saneamento básico, “em baixa”, tanto no que respeita aos valores cobrados como à sua estrutura. Relativamente a sustentabilidade económica das entidades gestoras, conclui-se que as concessões municipais apresentam maior sustentabilidade que as entidades gestoras da região de Trás-os-Montes e Alto Douro e que muitas dessas entidades estão longe de serem sustentáveis economicamente uma vez que, ou não cobram qualquer tarifa pelo serviço ou os preços praticados não cobrem as despesas com o serviço.
Currently, in Portugal, are using different tariff models verifying a large disparity in the prices charged by different managing entities to end users of public systems of water supply, drainage/waste water treatment and management of municipal solid waste. Moreover, the financial sustainability of the managing entities of these services is a challenge in this sector. As you will later comprehend, this work tries to give a global characterization of the services for water supply, drainage / waste water treatment and management of urban solid waste and for the existing municipal concessions in Portugal or to the municipalities in the region of Trás-os-Montes and Alto Douro. Are analyzed, furthermore, the types and prices of tariff and assessed the sustainability of economic managers entities, comparing the municipal contracts with the managers of the region of Trás-os-Montes and Alto Douro. It follows from this work, which exist a big difference in the tariffs used by managers to basic sanitation systems, "low", both with regard to amounts charged as its structure. For the sustainability of managing economic entities, it is concluded that the municipal concessions are more sustainable than managing entities in the region of Trás-os-Montes and Alto Douro and that many of these entities are far from being economically sustainable once, or no charge for the service or the prices do not cover the cost of the service.
Description: Dissertação de Mestrado em Engenharia Civil
URI: http://hdl.handle.net/10348/2077
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:OLD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
msc_daparanhos.pdf
  Restricted Access
2,09 MBAdobe PDFView/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.