Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/2105
Title: Potencialidade de Leguminosas Forrageiras Anuais como Fonte de Azoto em Agricultura Biológica
Authors: Perdigão, Maria Adelaide Homem
Advisor: Moreira, Nuno
Coutinho, João
Keywords: Leguminosa forrageira
Azoto
Adubo verde
Agricultura biológica
Issue Date: 2010
Abstract: As restrições à utilização de fertilizantes azotados minerais no modo de produção biológico (Agricultura Biológica) conferem um papel de relevo ao cultivo de leguminosas para sideração como fonte de azoto para as culturas principais da rotação. A reduzida investigação em Portugal sobre o tema e a reduzida investigação, à escala mundial, sobre a utilização de novas espécies de leguminosas forrageiras em condições mediterrânicas como fonte de azoto, conduziu-nos ao presente estudo, que teve como objectivos avaliar a produção de matéria seca, quantificar o azoto acumulado e determinar o potencial de fornecimento de azoto por diferentes plantas como culturas intercalares com duas datas de sementeira diferentes. O trabalho experimental localizou-se numa parcela da Escola Superior Agrária de Viseu, Portugal. Foram estudados nove tratamentos: 6 leguminosas forrageiras Trifolium michelianum (trevo balansa), Trifolium incarnatum (trevo encarnado); Trifolium glanduliferum (trevo glandulífero), Trifolium vesiculosum (trevo vesiculoso), Lupinus luteus (tremocilha) e Ornithopus sativus (serradela); uma não leguminosa Lolium multiflorum (azevém); 1 consociação (azevém com trevo balansa) e ainda como testemunha a vegetação espontânea, semeadas em fins de Setembro e fins de Outubro de 2007, representando sementeiras precoce e tardia, respectivamente. Amostraram-se e analisaram-se os teores de azoto mineral do solo (N-NH4 + e NNO3-) em todos os talhões e às profundidades de 0-20 cm e 20-40 cm, antes da instalação e no final das culturas. Em quase todos os tratamentos foram obtidos melhores resultados para a segunda data de sementeira, no que diz respeito á produção de matéria seca, azoto acumulado na planta e potencial de fornecimento de azoto, facto para que contribuiu um início de Outono anormalmente seco. Foi excepção a vegetação espontânea no que diz respeito á produção de matéria seca, obtendo a maior produção na primeira data de sementeira. A serradela foi a responsável pela maior produção de matéria seca (7179kg ha-1). De uma forma geral são as leguminosas as responsáveis pela maior acumulação de azoto nas plantas e pelo maior potencial de fornecimento de azoto, quando comparadas com a consociação e com as não leguminosas. Dentro das leguminosas destacou-se o trevo balansa pelo maior teor de azoto (26,85g kg-1). Em relação ao potencial de fornecimento de azoto, também pertenceu ao trevo balansa o maior valor (123,7kgN ha-1), mas seguido de próximo pela tremocilha (116,7kgN ha-1), serradela (115,9kgN ha-1) e consociação (115,1kgN ha-1). Em relação aos teores de azoto (N-NH4+ e N-NO3-) no solo não houve variações significativas entre as diferentes datas de sementeira nem entre as diversas culturas. Em ambas as datas e tratamentos o teor de N-NH4 + foi maior no momento da colheita, do que no momento da sementeira, enquanto que, em relação ao N-NO3 - verificou-se uma redução da sua quantidade no solo de Setembro para Abril. Como algumas das leguminosas ensaiadas mostraram um bom potencial de acumulação de azoto, será estudada na sequência deste trabalho, a disponibilização desse azoto para a cultura seguinte.
The limited authorised uses of nitrogen fertilizers on organic farming give an important place to forage legumes as an alternative source of nitrogen for the other crops of the rotation. The modest research in Portugal on green manures, as a whole, and the limited research worldwide about certain new species of forage legumes as green manure crops for Mediterranean environments, led us to this study. The objectives of this study were to evaluate the nitrogen replacement value of these plants. The experiment was conducted at the Agrarian School of Viseu, Portugal. We evaluated the effects of nine cover crops: six forage legumes Trifolium michelianum (balansa clover), Trifolium incarnatum (crimson clover), Trifolium glanduliferum (gland clover), Trifolium vesiculosum (arrowleaf clover), Ornithopus sativus (French serradella) and Lupinus luteus (yellow lupine); one non legume Lolium multiflorum (ryegrass); one consociation (ryegrass with balansa clover) and one control (spontaneous vegetation), all in two different sowing dates, end of September and end of October. Soil mineral nitrogen (N-NH4+ e N-NO3-) samples were collected and analyzed in all plots and to depths of 0-20 cm and 20-40 cm, before installation and at the end of the crops. Results on dry matter yield, nitrogen concentration and nitrogen uptake were obtained for these treatments in 2007/08. In most treatments the better results of dry matter yields, nitrogen concentration and nitrogen uptake/supply were found on the second sowing date, due to exceptional low autumn rains for the region that affected the first date seeding. The exception was found on dry matter yield in the control treatment of spontaneous vegetation, which obtained the highest production on the first sowing date. The french serradella had the highest yield of dry matter (7179kg ha-1). In general, legumes are the most favourable in nitrogen concentration, uptake and supply, in comparison with consociation and non-legumes treatment. In the legumes, balansa clover has the highest value of nitrogen concentration (26.85 g kg-1). Considering nitrogen uptake, balansa clover was also superior (123.7 kg ha-1), but similar values were found with yellow lupine (116.7 kg ha-1), french serradella (115.9 kg ha-1) and the consociation (115.1 kg ha-1) treatments. The soil nitrogen (N-NH4+ and NO3-) had no significant differences for the two sowing dates and for de diverse crop treatments. In all treatments the level of N-NH4 + was higher at harvest than at the sowing date, while the N-NO3 - level experienced a reduction from September to April. The high nitrogen accumulation in some crops showed in this work, encourage the next study where the availability as nitrogen replacement value for the following crop will be investigated.
Description: Dissertação de Mestrado em Engenharia Agronómica
URI: http://hdl.handle.net/10348/2105
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:OLD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MsC_mahperdigao.pdf
  Restricted Access
905,36 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.