Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/2251
Title: Desejo sexual feminino espontâneo versus responsivo: o papel das variáveis psicossociais
Authors: Rocha, Liliana Catarina Almeida Junot da Silva
Advisor: Nobre, Pedro Jorge da Silva Coelho
Fernandes, Otília Maria Monteiro
Keywords: Mulheres
Disfunção sexual
Sexualidade feminina
Issue Date: 2010
Abstract: A compreensão dos factores psicológicos inerentes na etiologia, desenvolvimento e manutenção das disfunções sexuais femininas, tem tido especial enfoque da comunidade científica, gerando um crescente interesse nos últimos anos. No entanto, carecem os estudos que incidem sobre o desejo sexual espontâneo versus responsivo. Daí a tese, intitulada “Desejo Sexual Feminino Espontâneo Versus Responsivo: O Papel das Variáveis Psicossociais”. É formada por dois artigos. O primeiro – “As Dificuldades do Desejo Sexual: Um Breve Enquadramento Teórico” – que faz a revisão da literatura sobre as Disfunções Sexuais Femininas: caracterização, classificação, redefinição, prevalência, comorbilidade e as inerentes variáveis psicossociais. O segundo, – “O Papel das Variáveis Psicossociais no Desejo Sexual Feminino Espontâneo e Responsivo – Resultados de um Estudo Empírico”, que analisa várias hipóteses acerca do papel das variáveis psicossociais, tais como, crenças sexuais, pensamentos automáticos, psicopatologia, ajustamento diádico e funcionamento sexual, no desejo sexual espontâneo e responsivo. Os resultados obtidos sugerem que as mulheres com Baixo Desejo Global (espontâneo e responsivo) apresentam índices mais baixos de ajustamento diádico, menores níveis de funcionamento sexual (excitação, lubrificação, satisfação) e mais crenças sexuais disfuncionais relativamente ao corpo, idade e conservadorismo sexual e maiores índices de psicopatologia (Depressão, Ideação Paranóide e Hostilidade) comparativamente às mulheres do grupo de controlo e do grupo baixo desejo espontâneo. De uma forma geral, os resultados demonstram o papel relevante desempenhado pelos Factores Cognitivo-Emocionais e psicossociais no funcionamento sexual, tornando-se necessário avaliar e incluir estas dimensões e estratégias nos protocolos terapêuticos, na intervenção das disfunções sexuais.
The understanding of the psychological factors involved in the etiology, development and maintenance of female sexual dysfunction, has had a special focus of the scientific community, generating a growing interest in recent years. However, we have a lack of studies focusing on sexual spontaneous desire versus responsive. So, the current manuscript titled "Female Sexual Spontaneous Desire Versus Responsive: The Role of Psychosocial Variables." It is composed by two articles. The first – “The Dificulties of Sexual Desire: a brief theoretical framework – which is reviewing the literature in the Female Sexual Disorders: characterization, classification, redefinition, prevalence, comorbidity and psychosocial variables involved. The second - "The Role of Psychosocial Variables in Female Sexual Spontaneous and Responsive Desire - Results from an Empirical Study," which examines several hypotheses about the psychosocial variables paper, such as sexual beliefs, automatic thoughts, psychopathology, dyadic adjustment and sexual functioning in spontaneous and responsive sexual desire. The results suggests that women with Lower Global Desire (spontaneous and responsive) have lower rates of dyadic adjustment, excitement, lubrication, satisfaction, and more sexual dysfunctional beliefs regarding the body, age and sexual conservatism and higher rates of psychopatology (depression, hostility and paranoid ideation) compared to women of the control group and the Low Desire Spontaneous Group. Overall, the results demonstrate the important role played by Cognitive, Emotional and psychosocial factors in sexual functioning, making it necessary to consider and incorporate these dimensions and strategies in therapeutic protocols, in the intervention of sexual dysfunctions.
Description: Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica
URI: http://hdl.handle.net/10348/2251
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:OLD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MsC_lcajsrocha.pdf
  Restricted Access
326,55 kBAdobe PDFView/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.