Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/2512
Title: Contribuição para o estudo clinicopatológico de tumores mamários de cadela: avaliação de 79 casos consecutivos
Authors: Agra, Diana Francisca Inácio
Advisor: Quaresma, Adelina Maria Gaspar Gama
Vilhena, Hugo Corte Real
Keywords: Cadela
Tumor de mama
Prognóstico
Sobrevivência total
Sobrevivência livre de doença
Issue Date: 2011
Abstract: Os tumores de mama são a neoplasia com maior prevalência na cadela. Afetam principalmente cadelas geriátricas inteiras. Para o seu diagnóstico é importante um exame clínico completo, bem como exames complementares de diagnóstico, sendo a biópsia, seguida de avaliação histopatológica, o melhor método de diagnóstico. O tratamento de eleição continua a ser a cirurgia, embora existam outros tratamentos alternativos. Os objetivos deste trabalho são o estudo clínicopatológico de uma série consecutiva de tumores de mama de cadela e o valor prognóstico das variáveis estudadas. Integram este estudo 79 cadelas com tumores de mama, nas quais foi realizado tratamento cirúrgico, com posterior análise histopatológica das lesões. Foram obtidas 176 lesões neoplásicas (38 benignas e 138 malignas) e 17 hiperplasias, avaliando-se os parâmetros clínicos e histopatológicos. Cinquenta e três cadelas foram seguidas num período máximo de 24 meses após cirurgia, de forma a serem determinadas as variáveis clínicopatológicas associadas à sobrevivência total e sobrevivência livre de doença. Pela análise estatística dos resultados, as variáveis associadas significativamente a um maior período de sobrevivência total e sobrevivência livre de doença foram: idade ≤9 anos, realização de OVH, tamanho entre 3 e 5 cm, animais em estadio clínico I e II, tipo histológico (carcinomas complexos), ausência de metastização ganglionar, ausência de ulceração e ausência de invasão estromal e vascular. Para a sobrevivência livre de doença, tumores múltiplos apresentaram também uma associação significativa, conferindo um melhor prognóstico.
Mammary gland tumors are the most frequent neoplasm in female dogs. They affect mainly middle-aged intact bitches. Complete clinical exams, as well as complementary exams, are important, but the better way to obtain a diagnosis is through biopsy and histopathologycal exam. Surgery remains the treatment of choice, although other options are currently available. The goals of this paper are the clinico-pathological study of a series of consecutive canine mammary gland tumors and the prognostic value of the studied clinico-pathological variables. In this study, mammary tumors of 79 bitches were surgically removed and submited to histopathological analysis. One hundred and seventy six neoplastic lesions (38 benign and 138 malignant) and 17 hyperplasias were clinically and histopathologically characterized. In order to investigate the variables associated with overall survival and disease-free interval, 53 bitches were followed for a maximum period of 24 months after surgery. Statistical analysis revealed that the variables significantly associated with overall survival and disease-free interval were: age ≤9 years, ovariohysterectomy, tumour size, clinical stage (I and II), complex carcinoma histological type, absence of lymph node metastases, absence of ulceration and absence of stromal and vascular invasion. Disease-free interval was also significantly associated with multiple tumors, which had better prognosis.
Description: Dissertação de Mestrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10348/2512
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:OLD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
msc_dfiagra.pdf1,85 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.