Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/2665
Title: A gestão do património arqueológico em Portugal: uma análise racionalista sistémica
Authors: Oosterbeek, Ivo
Advisor: Figueira, Luís Mota
Keywords: Património arqueológico
Gestão
Portugal
Issue Date: 2011
Abstract: A vasta reflexão que entidades governantes e académicas têm dispensado à Gestão do Património Arqueológico tem produzido resultados consideráveis, tanto a nível quantitativo, como a nível qualitativo. Apesar disso, a íntima relação entre a Arqueologia e o Património Arqueológico produzem na generalidade dos trabalhos uma confusão entre a Gestão do Património Arqueológico, e a Gestão da Actividade Arqueológica. A Gestão do Património Arqueológico, sistema de processos determinados com vista ao usufruto presente de bens materiais (accionados pela actividade arqueológica) e à transferência desses bens para as gerações humanas futuras, deve ser vista como ferramenta de gestão aplicada ao Património Arqueológico. O seu sistema ultrapassa os limites da actividade arqueológica, e da regulação normativa dos Estados, admitindo o universo dos comportamentos humanos não regulados, constituindo um modelo teórico cuja aplicação consiga determinar e organizar a diversidade da realidade empírica, gerindo-a na prossecução dos seus objectivos.
The reflection from both government entities and academic institutions on Archaeological Heritage Management has produced significant results, in quantity and quality alike. Nevertheless, the close relationship between Archaeology and Archaeological Heritage results generally in a medley of the Archaeological Heritage Management, and Management of the Archaeological Activity. Archaeological Heritage Management, system composed of processes for the pursuit of present fruition of heritage assets (activated by the archaeological activity) and the transfer of these assets to future human generations, should be seen as a management tool applied to the Archaeological Heritage. Its system exceeds the limits of the archaeological activity, and State legislation, assuming the universe of unregulated human behavior, providing a theoretical model whose application can determine and organize the diversity of empirical reality, managing it into achieving its purposes.
Description: Dissertação de Mestrado em Arqueologia Pré-Histórica e Arte Rupestre
URI: http://hdl.handle.net/10348/2665
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:OLD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MsC_ioosterbeek.pdf
  Restricted Access
690,09 kBAdobe PDFView/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.