Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/2987
Title: As possibilidades de diálogo entre patrimônio arqueológico, turismo e gestão do território: estudo de caso do município de Pains, Minas Gerais, Brasil
Authors: Ribeiro, Telma Fernanda
Advisor: Bastos, Rossano Lopes
Oosterbeek, Luiz
Keywords: Arqueologia
Brasil
Património arqueológico
Turismo
Circuitos turísticos
Issue Date: 28-Feb-2014
Abstract: Apresenta-se uma discussão sobre as possibilidades do uso do patrimônio arqueológico para o turismo no município de Pains, Minas Gerais, Brasil. Tem como objetivo geral entender o processo de produção e de gestão do espaço turístico bem como o uso do patrimônio arqueológico. Para este fim, buscou-se identificar e caracterizar os sítios arqueológicos estudados pelos diferentes grupos de pesquisadores que atuam na região, e, posteriormente, verificar como a população local se identifica com esse patrimônio e com esse espaço turístico. Metodologicamente, escolheu-se como perspectiva de análise o estudo de caso, cuja análise intensiva permitiu uma compreensão abrangente do objeto de investigação. Os procedimentos metodológicos utilizados para a coleta de dados foram a revisão bibliográfica, a observação, o trabalho de campo para construção de acervo fotográfico e mapeamento e a realização de entrevistas semiestruturadas. Os resultados apontam que a população pesquisada desconhece seu território turístico bem como o patrimônio arqueológico e, dessa forma, seu uso para o turismo é inviável. Por outro lado, esse “desconhecimento”, essa falta de identidade com o patrimônio arqueológico local, claramente identificado, pode ser fomentadora de Educação Patrimonial e Ambiental que propicie a criação de uma nova identidade e esta, ao se constituir, poderá dar um novo sentido e um novo uso ao que virá ser patrimônio (arqueológico) da comunidade local, podendo sim, ser utilizado pelo turismo.
The ongoing research presents a discussion about the possibilities of the use of archaeological heritage for tourism in the city of Pains, Minas Gerais, Brazil. It aims at understanding the overall process of production and management of touristic space, and the use of the archaeological heritage. Considering those objectives, the archaeological sites studied by different groups of researchers who worked at that region were identified. Afterwards, how the local population identifies itself with this heritage and the touristic space was verified. A case study was chosen methodologically as an analytical perspective, whose intensive analysis allowed a comprehensive understanding of the research. Methodological procedures applied to collect data are listed: literature review, observation, field work for the construction of photographic and mapping and finally semi structured interviews. Results indicate that the surveyed population does know neither their touristic territory nor the archaeological heritage. Consequently, its use for tourism is not feasible. On the other hand, this "unknown", this lack of identity with the archeological site, clearly identified, can be a supporter of Environment and Heritage Education that fosters the creation of a new identity. This constituted identity will be able to show both a new meaning and a new use to where will be considered an (archaeological) heritage of the local community, feasible to be explored by the tourism of the region.
Description: Tese de Doutoramento em Quaternário, Materiais e Cultura
URI: http://hdl.handle.net/10348/2987
Document Type: Doctoral Thesis
Appears in Collections:OLD - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
phd_tfribeiro.pdf6,92 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.