Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/3135
Título: Ocorrência de patologia infeciosa em cuniculturas na Região Norte e Centro de Portugal: estudo retrospetivo
Autor: Lindo, Inês Calhoa Morais Almeida
Orientador: Coelho, Ana Cláudia
Monteiro, José Manuel Azevedo
Palavras-chave: Cunicultura
Doença infeciosa
Região Centro (Portugal)
Região Norte (Portugal)
Data: 2012
Resumo: O surgimento de novas patologias e o ressurgimento de outras mais antigas encontra-se fortemente associado à industrialização do setor cunícula sendo as doenças de natureza infeciosa as patologias mais importantes em cunicultura. Este trabalho teve como objetivos caraterizar a ocorrência de patologia infeciosa, entre janeiro de 2007 e abril de 2011, em explorações cunículas do norte e centro de Portugal; estudar a relação entre a ocorrência de patologia infeciosa e as características das explorações; determinar a frequência de isolamento de cada um dos agentes, identificar a frequência de isolamento dos agentes por órgão e efetuar um estudo retrospetivo sobre o perfil fenotípico de sensibilidade aos antibióticos. Recolheu-se informação de 62 explorações embora, em apenas 41 foram estudadas a relação entre a ocorrência de patologia infeciosa e as características das explorações. Paralelamente procedeu-se, a um estudo retrospetivo em 262 animais submetidos a análises microbiológicas, pertencentes às 62 explorações, os resultados permitiu determinar a frequência de isolamentos e identificação dos agentes por órgão amostrado, assim como efetuar um estudo sobre processos de resistência bacteriana. Nas explorações ocorreram S. aureus, Pasteurella multocida e B. bronchiseptica. A ocorrência de Escherichia coli nas explorações foi relativamente elevada. No grupo das 41 explorações a frequência de estafilococose foi de 17,1%. A mama e o pulmão obtiveram a maior frequência de isolamento. Quanto a pasteurelose, 22% das explorações foram positivas. O pulmão foi o órgão com maior percentagem de isolamento para ambos os agentes. A frequência de colibacilose foi de 17,1%. Efetuou-se ainda um estudo retrospetivo de sensibilidade e resistência a antibióticos usados nos isolados clínicos. Sthaphyloccocus aureus foi altamente resistente às cefalosporinas e, a pelo menos 8 dos 25 antibióticos testados. Escherichia coli apresentou elevada resistência aos aminoglicosídeos e tetraciclina e a percentagem mais elevada de multirresistência foi observada a 10 antibióticos. As doenças infeciosas em cunicultura são uma realidade e futuro do setor passará por controlar os fatores de risco da patologia infeciosa.
The appearance of the new pathologies and the resurrection of older ones are strongly conjoint to the industrialization of the rabbit-breeding sector being the diseases with infectious nature the most important to rabbit-breeding. This study aimed to characterize the occurrence of infectious disease between January 2007 and April 2011, on rabbit farms, in northern and central Portugal, to study the relationship between the occurrence of infectious disease and the characteristics of farms; to determine the isolation frequency in each of the agents; to identify the frequency of isolation of the agents for organ, and to perform a retrospective study on a phenotypical antibiotic susceptibility. It was collected information from 62 farms, although only 41 were studied about the relationship between the occurrence of infectious disease and the characteristics of farms. Proceeded in parallel, a retrospective study of 262 animals submitted to microbiological analyzes, belonging to 62 farms, and the results allowed to determine the frequency of isolation and identification of agents for organ sampled, as well as making a study of cases of bacterial resistance. Holdings occurred in S. aureus, Pasteurella multocida and B. bronchiseptica. The occurrence of Escherichia coli farms was relatively high. In the 41 explorations group the frequency of staphylococosis was about 17.1%, the breast and the lung obtained the highest frequency of isolation. About pasteurellosis, 22% of the explorations were positive; the lung was the organ with the highest percentage of isolation for both agents. The frequency of colibacillosis was 17%. There was still a retrospective study of sensibility and resistance to antibiotics used in the clinical isolated. Sthaphyloccocus aureus was highly resistant to cephalosporin and at least to 8 of the 25 tested antibiotics. Escherichia coli present a high resistance to aminoglycosides and to tetracycline. The higher percentage of multi-resistance was observed to 10 antibiotics. The infectious diseases of rabbits are a reality and the future of the industry will be about controlling risk factors of the infectious disease.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária, Ciências Veterinárias
URI: http://hdl.handle.net/10348/3135
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:OLD - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
msc_icmalindo.pdf
  Restricted Access
747,6 kBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.