Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/3359
Title: A gestão do planejamento da Educação Superior Pública na Amazônia - da Ditadura Militar ao governo Lula: continuidades e rupturas
Authors: Melo, Maria Lúcia Gomes Figueira de
Advisor: Carvalho, Maria Teresa Couceiro da Costa Sequeira e Souza
Rodrigues, Denise de Souza Simões
Keywords: Gestão pública
Região da Amazónia (Brasil)
Ensino superior
Planeamento estratégico
Modelos de gestão
Issue Date: 7-Nov-2014
Abstract: Tese que analisa criticamente o processo de gestão do planejamento na Amazônia no que concerne as políticas públicas de Educação Superior do Governo Federal para esta região brasileira, a partir da Ditadura Militar até a gestão do Presidente Lula. Neste estudo se investiga o planejamento como instrumento de gestão pública regional através da coordenação de tais políticas pela Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia – SUDAM, analisando-se comparativamente os modelos de gestão do planejamento regional nos períodos históricos mencionados, enfatizando suas continuidades e rupturas. Baseando-se por uma linha de orientação teórico-metodológica da Ciência Histórico-Crítica à luz do Materialismo Histórico, chegou-se a conclusão que o modelo de gestão do planejamento da educação superior pública durante a Ditadura Militar foi rigidamente autocrático, repressivo e policialesco, implantando em nível do país e nas universidades brasileiras um verdadeiro Estado Policial de gestão centralizadora e socialmente excludente sem nenhuma participação da sociedade civil; enquanto no período do governo Lula o modelo de gestão se caracterizou como democrático-burguês, semidescentralizado e co-participativo, já que se permite uma relativa consulta às bases comunitárias, de acordo com os parâmetros do paradigma neo-liberal de gestão implantado atualmente no Brasil.
Thesis critically analyzes the process of management planning in the Amazon regarding the public policies of Higher Education of the Federal Government for this region of Brazil, from military dictatorship to the management of President Lula. This study investigates the planning as an instrument of public management through regional coordination of such policies by the Superintendency for Development of Amazonia - SUDAM, analyzing the comparative management models of regional planning in historical periods mentioned, emphasizing its continuities and ruptures. Relying on a line of theoretical and methodological orientation of Science History and Criticism in the light of historical materialism, came to the conclusion that the management model of the planning public higher education during the military dictatorship was rigidly autocratic and repressive police state, deployed at the country level in Brazilian universities and a true police state management and centralized socially exclusive without any participation of civil society, while the period of the Lula government management model was characterized as a bourgeoisdemocratic, semi-decentralized and participatory cosince it allows a query on the basis languages according to the parameters of paradigm neoliberal currently deployed management in Brazil.
Description: Tese de Doutoramento em Gestão
URI: http://hdl.handle.net/10348/3359
Document Type: Doctoral Thesis
Appears in Collections:OLD - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
phd_mlgfmelo.pdf22,54 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.