Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/3405
Title: Contribuição para o estudo de lesões abcessiformes em coelhos abatidos para consumo
Authors: Ferreira, Anabela Cristo Trindade
Advisor: Pinto, Maria Madalena Vieira
Monteiro, José Manuel Azevedo
Keywords: Segurança alimentar
Inspeção sanitária
Coelhos
Lesões abcessiformes
Issue Date: 11-Dec-2014
Abstract: O consumo da carne de coelho tem sido estimulado pela comunidade médica tanto pelas suas características nutricionais como dietéticas pelo que, a inspeção sanitária desta espécie animal tem assumido ao longo dos últimos tempos, maior relevância. No entanto, são poucos os estudos, sobretudo nacionais, que se debruçam sobre a inspeção sanitária destes animais. Neste sentido, consideramos que deve ser feito um esforço para melhorar o nível de conhecimento científico associado a estas matérias. Tendo por base esta premissa, desenvolvemos o presente estudo que teve como principais objetivos identificar as principais causas de reprovação parcial e total em coelhos abatidos para consumo humano, assim como avaliar as lesões abcessiformes como causa de reprovação total e parcial. Foram analisados 282.191 coelhos jovens e 528 reprodutores. No sentido de tentarmos perceber melhor esta matéria, procedemos ao estudo da distribuição anatómica dos abcessos e à identificação do agente etiológico, numa amostra de trinta e um abcessos. Através do presente estudo constatamos que a maior causa de reprovação total nos animais jovens são os abcessos cutâneos, responsáveis pela reprovação de 1355 coelhos (44,24%) e nos animais reprodutores a caquexia (50,77%) assume o protagonismo, levando à reprovação de 33 coelhos adultos. A nível de rejeições parciais, estas só aplicadas em animais jovens, foram considerados impróprios para consumo 152 quilos de carne, provenientes de 920 animais parcialmente reprovados. Relativamente a estudo dos abcessos, este revelou que os membros posteriores (31,37%) foram os mais afectados por esta lesão com 425 animais reprovados para consumo, seguidos pela zona cervical (23,10%) com a reprovação de 313 animais. Como agentes etiológicos isolados, Pasteurella multocida foi o mais encontrado seguido por Staphylococcus aureus. Os resultados encontrados no presente estudo sugerem que esforços adicionais devem ser feitos para melhorar o nível de conhecimento das lesões abcessiformes em coelhos abatidos para consumo, nomeadamente o estudo da sua relação com a produção, no sentido de contribuir para a implementação de estratégias eficazes para a sua mitigação.
The consumption of rabbit meat has been stimulated by the medical community both for its nutritional and dietary characteristics, because of that, sanitary inspection of that species has taken over recent times, greater relevance. However, there are few studies, mainly national, whose focus in the sanitary inspection of these animals. We consider that there should be an effort to improve the level of scientific knowledge associated with these matters. Based on this premise, we developed the present study which had as main objective to identify the main causes of partial and complete rejections in rabbits slaughtered for consumption as well as evaluating the abcesses injuries as a cause of total and partial rejections. We analyzed 281 423 young and 523 breeding rabbits. In order to try to better understand this issue, we proceed to the study of anatomical distribution of abscesses and identification of the etiologic agent in a sample of twenty-four abscesses. Through this study we found that the major cause of total rejection of young animals is subcutaneous abscesses, responsible for the rejection of 1355 rabbits (44,24%) and the cachexia in animal breeding (50.77%), leading to rejection of 33 adult rabbits. The level of partial rejection, these only accounted for in young animals, were considered unfit for consumption 152 k of meat from 920 partially failed.For study of abscesses, this revealed that the limbs (31,37%) were the most affected by this injury with the rejection of 425 rabbits, followed by cervical area (23,10%), with the rejection of 313 rabbits . As etiologic agents isolated Pasteurella multocida was the most frequently found followed by Staphylococcus aureus. The results of this study suggest that additional efforts should be made to improve the level of knowledge of the abcessiformes lesions in rabbits slaughtered for consumption, including the study of their relation to the production, in order to contribute to the implementation of effective strategies for reduce this pathology.
Description: Dissertação de Mestrado em Segurança Alimentar
URI: http://hdl.handle.net/10348/3405
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:OLD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
msc_actferreira.pdf2,04 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.