Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/403
Title: Caracterização da Produção Cunícula nas Regiões de Trás-Os-Montes, Minho e Galiza
Authors: Carvalho, Rosemary Coelho de
Advisor: Pinheiro, Victor
Issue Date: 2009
Abstract: Na revisão bibliográfica do trabalho faz-se a caracterização do coelho e tenta-se dar uma perspectiva da produção cunícola a nível mundial, e em particular em Portugal e Espanha, onde se abordam os padrões de produção, comercialização e consumo de coelho, descreve-se a evolução da produção e caracterizam-se as diversas entidades que intervêm no sector. As instalações e os equipamentos também são relatados, de modo a descrever as características das instalações e o tipo de equipamentos que são analisados na caracterização da cunicultura. É feita uma abordagem à gestão técnico-económica das cuniculturas, referindo a importância que os registos efectuados podem representar para o sucesso da actividade. O trabalho foi realizado com o intuito de melhorar o conhecimento da cunicultura no norte de Portugal, mais especificamente em Trás-os-Montes e no Minho, e na região da Galiza (Espanha). Procedeu-se à recolha de informação junto dos cunicultores através de inquirição, visando obter dados sobre o perfil do produtor, características da exploração e do maneio aplicado, e resultados produtivos. Em Portugal contactou-se a totalidade das explorações existentes (44 explorações em Trás-os-Montes e 34 no Minho), mas devido ao elevado número de cuniculturas existentes na Galiza, o estudo da produção nesta região foi efectuada com base numa amostra. O maior número de explorações, fêmeas e ninhos encontram-se no distrito de Vila Real, mas é no distrito de Braga que existem mais explorações por km2. As cuniculturas possuem dimensões médias compreendidas entre os 520 e 550 ninhos. As três regiões estudadas apresentam algumas diferenças nas características das explorações e no maneio reprodutivo aplicado. Em Trás-os-Montes predominam as explorações do tipo fechado (52%), compostas por dois pavilhões (59%), com sistemas de controlo ambiental (70%), limpeza mecânica das fossas (91%) e sistema automático ou semi-automático de distribuição de alimento (67%). No Minho e na Galiza as explorações não são tão mecanizadas e apresentam algumas características e técnicas de maneio menos actuais. Apenas 38% das cuniculturas em Trás-os-Montes e 58% no Minho aplicam uma taxa de substituição superior a 100%, podendo ser reflexo da redução de gastos devido à crise existente no sector. A comparação dos resultados obtidos neste estudo relativamente aos dados obtidos em 2002, permitiu-nos verificar um aumento do número de explorações (29%), acompanhado de um aumento do número de ninhos (45%) e fêmeas (30%), assim como o aumento do seu tamanho médio. As cuniculturas apresentam-se mais mecanizadas e industriais, predominando a cobrição por inseminação artificial (100%) em banda única (84%). A compilação de alguns dados produtivos da região da Galiza, permitiu-nos confirmar a existência de uma sazonalidade produtiva. Na época de temperaturas elevadas (Verão) o peso médio do coelho vivo decresce mas o rendimento de carcaça melhora. No entanto, o número de coelhos produzidos não varia significativamente com a estação do ano. Como conclusão essencial deste trabalho pode-se afirmar que as regiões de Trás-os-Montes e do Minho contribuem de forma significativa para a produção cunícola em Portugal, estimando-se que 21% da produção nacional provém de Trás-os-Montes e 17% do Minho. O número de explorações presentes na Galiza é superior às duas regiões portuguesas estudadas, tanto em número absoluto como em densidade. As características das explorações são semelhantes nas três regiões estudadas, mas na Galiza há ainda uma percentagem considerável de explorações (21%) que utiliza como técnica reprodutiva a monta natural.
In the bibliographic review of this study is made an approach of rabbit characteristics, including physiologic and productive parameters, and give a perspective of the World rabbit production, especially in Portugal and Spain. The evolution and patterns of production, the commercialization and the meat consumption are described and we the organizations and companies that are active in this sector characterized. The facilities and equipments are also described. The technical and economical management of farms is studied, emphasizing the importance of recording data in the farm. This work aims to contribute to a more exact knowledge of the rabbit production in Trás-os-Montes, Minho and Galicia. The information was gathered in inquiries to the produces, in order to make the profile of the producer, characterization of the farm, management and analyse the productive results. In the north of Portugal were contacted all the existing farms (44 in Trás-os-Montes and 34 in Minho), but due to the large number of rabbiteries in Galicia, the study in this region was based on a sample. Most farms, dues and nests are located in the district of Vila Real. However it is in Braga where wasfind more farms by km2. The mean size of the farms in the three regions is very similar, varying between 520 and 550 nests. The characteristics of the farms and reproductivive management used differ between regions to region. In Trás-os-Montes dominate the farms with two (59%) closed buildings (52%), environmental control systems (70%), mechanical cleaning of thanks (91%) and automatic systems for the distribution of the feed (67%). The farms in Minho and Galicia are less mechanized and show some features and techniques of management less modern. Only 38% of the farms in Trás-os-Montes and 58% in Minho apply a replacement rate higher than 100%. These can reflect of the actual economic situation of rabbit production. The comparition of the results obtained in this study with the ones obtained in 2002 in Trás-os-Montes, allowed us to verify an increase in the number of farms (29%), nests (45%) and does (30%), and also of the average size of the farms. The farms have become more mechanized, the artificial insemination is the predominant reproduction form (100%) and the management with one band (84%), are now predominant. The productive results in Galicia showed a seasonal production. When the temperatures are high, during Summer, the live weight of rabbits is low and the carcass efficiency improves, but the number of rabbits raised isn’t affected. We concluded that, the regions of Trás-os-Montes and Minho contribute significantly to the portugese rabbit production. It is estimated that 21% of rabbits are produced in Trás-os-Montes and 17% in Minho %. Galicia has a more rabbit farms than these two Portuguese regions, and also and higher density (farms/km2). Farms in the North of Portugal and in Galiza are similar in size and management. However the natural mating is no used in North of Portugal and is yet practised in 21% of farms in Galiza.
Description: Dissertação de Mestrado em Engenharia Zootécnica
URI: http://hdl.handle.net/10348/403
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:OLD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
msc_rccarvalho.pdf
  Restricted Access
5,78 MBAdobe PDFView/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.