Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/4219
Título: Maneio clínico do mastocitoma canino: um estudo retrospectivo
Autor: Abreu, Sara Alexandra Amado
Orientador: Queiroga, Felisbina
Sargo, Teresa Santos
Palavras-chave: Cães
Neoplasias cutâneas
Mastocitoma canino
Data: 2010
Resumo: O mastocitoma cutâneo canino (MCC) é uma das neoplasias cutâneas mais frequentes no cão e o seu comportamento biológico é muito variável. Geralmente, ocorre como uma ou várias lesões solitárias sendo frequente em animais de idade avançada. No MCC poderá ocorrer metastização e, nesse caso, observa-se na maioria das vezes doença visceral disseminada. Com o objectivo de contribuir para a compreensão do maneio clínico do mastocitoma foram analisados 10 casos clínicos do Hospital Veterinário de Trás-os-Montes e Alto Douro. De cada um deles foram registados os dados referentes ao animal (idade, sexo e raça) e os dados referentes ao tumor (localização, tamanho e ulceração) tendo sido feita uma avaliação clínica da evolução do tumor. Os nossos resultados revelaram que o mastocitoma surgiu na maioria dos casos como um tumor solitário, mais comum em animais com 9 anos de idade, de várias raças e com localização preferencial ao nível dos membros. A avaliação das características do tumor permitiu referenciar que o grau histológico apresenta extrema importância na avaliação do comportamento biológico do tumor. Mediante a avaliação das características macroscópicas do tumor, tais como tamanho, localização, presença ou ausência de ulceração, grau histológico, invasão ganglionar e o estádio clínico é possível tirar ilações sobre o comportamento biológico do tumor, no entanto não é imperativo que assim seja. É necessário que o clínico esteja ciente que todos os factores de prognóstico devem ser analisados, bem como, os factores epidemiológicos, pois o tratamento do mastocitoma canino indiferenciado é frustrante para o médico veterinário. As características clínicas estudadas revelaram que o MCC é um tumor com um comportamento biológico muito variável. O estudo histológico do tumor tem sido realizado de forma exaustiva para que, cada vez mais, seja elucidativo em termos de prognóstico e que, em termos clínicos, possam ser tomadas as devidas medidas perante um mastocitoma canino. O presente estudo demonstra a importância da gradação histológica e da apresentação clínica no prognóstico dos mastocitomas.
Mast cell tumors are among the most common cutaneous neoplasm in dogs and having a variable biological behavior. Usually occurs as a solitary or multiple lesions being common in animals of advanced age. Metastasis mast cell tumors may occur and, if so, there is most often disseminated visceral disease. With the aim of contributing to the understanding of clinical management of mast cell tumors were analyzed 10 clinical cases of UTAD veterinary hospital. Of each were recorded data on the animal (age, sex and race) and the data concerning the tumor (location, size and ulceration) having been made a clinical evaluation of tumor. Our results showed that the mast cell tumor has emerged in most cases as a solitary tumor, more common in animals of 9 years old, of various races and located preferentially at the level of members. The evaluation of tumor characteristics that allowed referencing the histological grade has extreme importance in assessing the biological behavior of tumor. Through the evaluation of macroscopic characteristics of the tumor, such as size, location, presence or absence of ulceration, histological grade, lymph node invasion and clinical stage can draw conclusions about the biological behavior of the tumor, but is not imperative that it be so. It is necessary that clinicians be aware that all prognostic factors should be analyzed, as well as the epidemiological factors, for the treatment of undifferentiated canine mast cell tumor is frustrating for the veterinarian. The clinical study showed that mast cell tumor is a tumor with a highly variable biologic behavior. The histology of the tumor has been carried out thoroughly so that, increasingly, is instructive in terms of prognosis and clinical terms, may be taken proper steps before mast cell tumor. The present study demonstrates the importance of histological grading and clinical presentation in the prognosis of mast cell tumor.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária, Ciências Veterinárias
URI: http://hdl.handle.net/10348/4219
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:TD - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
msc_saaabreu.pdf
  Restricted Access
899,07 kBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.