Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/4636
Título: Avaliação da oclusão dentária em cães da raça Dogue alemão
Autor: Reis, Diana Amélia da Silva
Orientador: Viegas, Carlos Alberto Antunes
Vilaça, Raquel Ramos
Palavras-chave: Oclusão dentária
Raça Dogue alemão
Ortodontia
Data: 20-Mai-2015
Resumo: A oclusão dentária é um dos parâmetros da avaliação da cavidade oral e um fator condicionante da saúde oral, dado que a má-oclusão pode acelerar o desenvolvimento da doença periodontal, com todas as suas consequências, para além de por outros motivos poder condicionar a qualidade de vida dos animais. A má-oclusão pode ser dentária, em que o problema se resume ao posicionamento das peças dentárias, ou pode ser esquelética, onde se observam alterações nas estruturas ósseas que suportam os dentes. Nesta última situação, existe ainda uma grande probabilidade de haver envolvimento de fatores genéticos. Existem várias opções de tratamento ortodôntico para cada tipo de problema, sendo que o resultado nem sempre é esteticamente perfeito mas antes funcional. A escolha do tratamento deve ter em conta parâmetros como: o tipo e a gravidade da afeção, a idade e o estado de saúde do animal, a função do animal, o bem-estar do animal, os conhecimentos estomatologico-dentários do Médico Veterinário e os meios técnicos disponíveis. Neste trabalho, avaliámos a oclusão dentária em trinta e cinco cães da raça Dogue Alemão e comparámos os resultados com a informação prévia existente. Também avaliámos a incidência de más-oclusões e a sua relação com a idade e a dieta. Foram propostos tratamentos para todos os casos em que se diagnosticou uma ou várias más-oclusões e alguns animais receberam efetivamente esses tratamentos. A evolução e resultados finais foram documentados e expostos neste trabalho. Observámos que 51% da população tem uma oclusão normal, enquanto 37% apresenta más-oclusões dentárias e 11% apresentam más-oclusões esqueléticas, sendo que as estas apenas se observaram numa das linhagens avaliadas. Para além disso, observámos uma relação de dependência entre a má-oclusão e a dieta, bem como, com a idade. Seria necessário proceder a estudos nestas áreas, de forma a entender estas relações, uma vez que poderiam contribuir para a compreensão dos mecanismos de desenvolvimento das más-oclusões e ajudar na prevenção das mesmas, o que se traduziria numa melhoria significativa na qualidade de vida dos animais potencialmente afetados.
The dental occlusion is one of the evaluation parameters of the oral cavity and is a determinant factor of the oral health, as the malocclusion will increase the development of periodontal disease, with all its consequences, in addition to other reasons that can restrict the quality of life of the animals. Malocclusion may be due to abnormal positioning of a tooth or teeth (dental malocclusion) or due to asymmetry or other deviation of bones which support the dentition (skeletal malocclusion). In skeletal malocclusions should be taken into consideration the possible involvement of genetic factors. There are several options for orthodontic treatment for each type of problem. Despite the result is not always aesthetically perfect the goal is a functional bite. The choice of treatment should take into account parameters such as: the type and severity of the malocclusion, the animal’s age, general health, lifestyle and welfare, as well the stomatologic-dental knowledge of the veterinarian and the available technical support. In this study, we evaluated the dental occlusion of thirty-five Great Dane dogs and compared the results with the prior existing information. We also assessed the incidence of malocclusion and its relationship with age and diet. Treatments have been proposed for all the diagnosed cases in which one or more malocclusions where found but not all of them were treated. The evolution and final results of those treatments were documented and presented in this paper. We observed that 51% of the population had a normal occlusion, 37% had dental malocclusions and 11% skeletal malocclusions. The skeletal malocclusions were only found in one of the breeding lines evaluated. In addition, we observed a dependence relationship between malocclusion and diet, and also the age. It would be necessary to do a deeper study in this area in order to understand these relationships, since they could contribute to understanding the malocclusions’s development mechanisms and help preventing them, which would result in a significant improvement of the potencially affected animal’s life quality.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária, Ciências Veterinárias
URI: http://hdl.handle.net/10348/4636
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:TD - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
msc_dasreis.pdf272,85 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.