Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/4825
Título: Echocardiographic assessment of medetomidine-induced cardiovascular effects in cats
Autor: Regada, Sandra Isabel Ferreira
Orientador: Lobo, Luís Lima
Antunes, Luís Miguel Marques
Palavras-chave: Gatos
Medetomidina
Ecocardiografia
Efeitos cardiovasculares
Data: 2013
Resumo: A medetomidina é frequentemente usada na indução de anestesia geral em gatos. A sua interferência na função cardiovascular é conhecida, contudo a informação nesta espécie é escassa. Nós postulamos que a medetomidina poderá ter efeitos depressores na função cardíaca em gatos. Para a realização deste estudo, foram recrutados dez gatos saudáveis do sexo masculino apresentados no Hospital Veterinário do Porto. O procedimento incluiu a medição da pressão arterial indirecta, a avaliação do pulso pela palpação da artéria femoral e ecocardiografia transtorácica previamente à sedação e posteriormente sob o efeito de medetomidina (0.08 mg/kg intramuscular). No geral foram observadas alterações estatisticamente significativas entre os valores basais e os da sedação. Ocorreu uma diminuição significativa da frequência cardíaca e um aumento da pressão arterial. A fração de encurtamento, a fração de ejecção e o débito cardíaco diminuíram, enquanto o período de pré-ejeção, o tempo de contração isovolumétrico e o tempo de ejeção do ventrículo esquerdo aumentaram significativamente, refletindo uma disfunção sistólica. O tempo de relaxamento isovolumétrico aumentou, indicando uma diminuição do relaxamento do ventrículo esquerdo. A velocidade do pico da onda A diminuiu e o rácio E/A aumentou, o que poderá sugerir uma disfunção sistólica do átrio esquerdo. O diâmetro do átrio esquerdo aumentou significativamente. A velocidade do pico da válvula aórtica e da válvula pulmonar e os respectivos gradientes de pressão diminuíram significativamente. Foram também verificadas insuficiências valvulares (aórtica, mitral e pulmonar) associadas à sedação. O nosso estudo mostra que a medetomidina tem um efeito depressor significativo na função cardíaca felina, sendo o reflexo de condições de carga alteradas secundárias ao aumento da resistência vascular sistémica e à bradicardia induzidas pela medetomidina. Em conclusão, a medetomidina pode ser deletéria em gatos com doença cardíaca subjacente. Nestes casos, deve ser evitada ou utilizada com cautela, já que alterações súbitas nas condições de carga poderão ser prejudiciais.
Medetomidine is frequently used for induction of general anesthesia in cats. Its interference on cardiovascular function is known, but data is sparse in this specie. We postulate that medetomidine could have depressant effects on feline cardiac function. To perform this study, ten healthy male cats presented at Hospital Veterinário do Porto were recruited. The procedure included measuring indirect blood pressure, assessment of femoral artery pulse by palpation and transthoracic echocardiographic examination previously to sedation and subsequently under the effect of medetomidine (0.08 mg/kg intramuscular). Overall statistically significant changes were observed between basal and sedation values. Significant decrease of heart rate and increase of blood pressure occurred. Fractional shortening, ejection fraction and cardiac output decreased, whereas pre-ejection period, isovolumic contraction time and left ventricular ejection time increased, reflecting systolic dysfunction. Isovolumic relaxation time increased, implying an impairment of left ventricular relaxation. Mitral valve A wave peak velocity decreased and E/A ratio increased, which may suggest systolic dysfunction of the left atrium. Left atrium diameter increased significantly. Aortic and pulmonic valve peak velocities and the respective pressure gradients decreased significantly. Valvular insufficiencies (aortic, mitral and pulmonic) associated to sedation were also observed. Our study shows that medetomidine has a significant depressant effect on feline cardiac function, being the reflex of altered loading conditions secondary to medetomidine increased systemic vascular resistance and bradycardia effects. In conclusion, medetomidine may be deleterious in cats with underlying heart disease. In these cases it should be avoided or used cautiously, as sudden changes in the loading conditions can be detrimental.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10348/4825
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:TD - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
msc_sifregada.pdf1,66 MBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.