Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/4896
Title: Gestão de cursos de graduação na modalidade à distância: referenciais de qualidade do processo de acreditação do Ministério de Educação e Cultura
Authors: Araújo, Matilde Medeiros de
Advisor: Santos, Carlos Machado dos
Carvalho, Maria João Cardoso de
Keywords: Educação à distância
Gestão
Qualidade da educação
Avaliação das instituições
Issue Date: 8-Sep-2015
Abstract: A educação a distância (EAD) é uma modalidade de ensino que vem assumindo, cada vez mais, uma posição de destaque no cenário educacional da sociedade contemporânea. A presente pesquisa objetiva perceber a importância e o impacto dos referenciais de acreditação na gestão da qualidade de cursos superiores, na modalidade a distância. O quadro teórico compreende conceitos-chaves provenientes da gestão da qualidade, da educação a distância, da avaliação institucional e dos processos de acreditação (Stake, 2005). Trata-se de um estudo de caso, em uma instituição pública de ensino superior brasileira, que atua na EAD desde 2003, e atualmente conta com mais de dez mil alunos em cursos de graduação, além dos cursos de aperfeiçoamento, especialização e mestrado. O estudo é de natureza qualitativa e foi realizado através da recolha, codificação e análise de dados provenientes de entrevistas semiestruturadas realizadas em profundidade com atores da EAD atuantes nos cursos de graduação e polos de apoio presencial, incluindo coordenadores de curso, coordenadores de polo, coordenador de tutoria, professores, tutores a distância, tutores presenciais e alunos. Os dados foram analisados utilizando-se a técnica de análise de conteúdo, com o auxílio do software atlas.ti. As falas dos entrevistados foram agrupadas nas seguintes dimensões dos referenciais de qualidade do MEC (2007): conceção de educação a distância, conceção de currículo, sistemas de comunicação, material didático, avaliação da aprendizagem, avaliação institucional, equipe multidisciplinar, polos de apoio presencial, infraestrutura de apoio, gestão administrativa e sustentabilidade financeira. Os resultados mostram que, embora existam referenciais de excelência para o ensino a distância, entende-se que os gestores precisam desenvolver modelos de gestão para identificar as dimensões a serem gerenciadas para melhor uso dos recursos disponíveis, construindo um quadro referencial adaptado, que permita atender à demanda interna, bem como o atendimento aos padrões de qualidade dos processos de acreditação e os padrões de regulação. Além disso, salienta-se a importância da adoção de uma cultura da qualidade que propicie um ambiente harmonioso em relação ao processo de avaliação interna e externa, considerando o caráter polissêmico do contexto da gestão da qualidade na educação superior.
Distance Education (DE) or Distance Learning is a mode of delivering education and instruction that is becoming more and more important in today’s society. The aim of the present research is to try and figure out the impact and influence of accreditation framework on Higher Education course management as regards distance learning. The conceptual framework includes key concepts pertaining to the areas of quality management, distance education, institutional assessment and accreditation processes (Stake, 2005). It presents a study-case carried out in a Brazilian Higher Education institution which has been operating in the field of Distance Education since 2003 and currently has over tem thousand graduate students, besides offering advanced training courses, specialisation courses and Master degrees. A qualitative study was carried out with recourse to collecting, codifying and analysing data gathered through semi-structured, in-depth interviews to DE stakeholders from graduation courses and on-site support centres, including course coordinators, centre coordinators, tutor coordinators, teachers, distance tutors, on-site tutors and students. Data were analysed through content analysis using atlas.ti software. Respondents’ answers were grouped according to the following quality benchmarks of the Ministry of Education (2007): distant education concept, curriculum design, communication systems, didactic resources, assessment, institutional assessment, multi-disciplinary teams, on-site support centres, support infrastructures, administrative management and financial sustainability. Results show that, despite the excellent benchmarks for distance education that already exist, managers still have to develop management models to identify how available resources can be put to a better use, building an adapted framework that will meet internal demand as well as quality and regulation patterns of accreditation processes. Furthermore, it is essential that a quality culture be adopted so that both internal and external evaluation may develop in an harmonious environment, bearing in mind the polysemic nature of the quality management context within Higher Education.
Description: Tese de Doutoramento em Gestão
URI: http://hdl.handle.net/10348/4896
Document Type: Doctoral Thesis
Appears in Collections:TD - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
phd_mmaraújo.pdf2,45 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.