Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/5085
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAlves, José Manuel Vilaça Maio-
dc.contributor.advisorNovaes, Giovanni-
dc.contributor.authorSouza, Ramon Pereira de-
dc.date.accessioned2015-10-02T18:00:28Z-
dc.date.available2015-10-02T18:00:28Z-
dc.date.issued2015-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10348/5085-
dc.descriptionTese de Doutoramento em Ciências do Desportopt
dc.description.abstractO Futebol de 5 apresenta-se como uma modalidade Paraolímpíca praticada por sujeitos com defeciência visual. Contudo, existe uma lacuna no conhecimento quanto ao nível de esforço executado por esses sujeitos na prática dessa modalidade. Desta forma, o objetivo deste estudo foi analisar por meio da Frequência Cardíada as variações da intensidade de esforço (média por posição e média do grupo) realizados pelos atletas de Futebol de 5 da Seleção Paralímpica do Brasil durante simulações de partidas oficiais (coletivos). Para o efeito 8 atletas cegos, do sexo masculino, com 24,50±3,66 anos, da Seleção Brasileira efetuaram 6 jogos simulados onde foram avaliados a antropometria, ergoespirometria e a frequência Cardiaca (FC). Os jogos foram realizados na mesma temporada, obedecendo as regras oficiais da modalidade (IBSA, 2013) sendo dois jogos em cada semana de treinamento, em um total de 3 semanas em um período de 3 meses. Os valores de FC foram analisados individualmente, por posição tática, e da equipe durante os 6 jogos. Não foram obseradas diferenças estatisticamente significativas nos valores de FC entre coletivos, entre posições e entre grupos. A pesquisa concluiu que o Futebol de 5 é uma modalidade intermitente por permanecer 52,5% do tempo total de uma partida (50 minutos) com a intensidade de esforço entre as zonas 2 (aeróbia e anaeróbia) e a zona 3 (anaeróbia) mas muito abaixo da intensidade de esforço do Futebol de 11 e do Futsal.pt
dc.description.abstractFootball 5 presents itself as a Paralympic sport practiced by individuals with visually impaired. However there is a gap in knowledge about the level of effort performed by these subjects to practice this modality. Thus, the aim of this study was to analyze through Cardíada Frequency variations in exercise intensity (average per position and the group mean) achieved by athletes Football 5 Paralympic Selection of Brazil during simulations official matches (collective). For this purpose 8 blind athletes, male, 24,50±3,66 years, the Brazilian team effected 6 simulated matches where anthropometry, spirometry and heart rate (HR) were evaluated. The games were played in the same season, following the official rules of the sport (IBSA 2013) with two games each week training for a total of 3 weeks in a period of 3 months. HR values were analyzed separately for tactical position, and team for 6 matches. No significant differences were observed between collectives, position in the feald and groups in the FC values. The research concluded that the Football 5 is a flashing mode for remaining 52.5% of the total time of a match (50 minutes) with the intensity of effort between zones 2 (aerobic and anaerobic) and zone 3 (anaerobic) but far below the level of effort Soccer and Soccer in door.pt
dc.language.isoporpt
dc.rightsopenAccesspt
dc.subjectFutebolpt
dc.subjectFrequência cardíacapt
dc.subjectCegospt
dc.titleCaracterização da intensidade de esforço dos atletas cegos da Seleção Brasileira de Futebol de 5pt
dc.typedoctoralThesispt
dc.subject.udc796.33-056.2(043)pt
dc.subject.udc612.17(043)pt
dc.identifier.tid101510020-
Appears in Collections:TD - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
phd_rpsouza.pdf994,21 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.