Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/5277
Título: De Severa à Amália: o estereótipo feminino no fado: mudanças e permanências
Autor: Resende, Fabiana Viana Moutinho
Orientador: Moreira, Fernando Alberto Torres
Palavras-chave: Fado
Música
Género
Estereótipo feminino
Data: 2-Dez-2015
Resumo: O fado, expressão musical fortemente ligada à identidade cultural portuguesa, tem a sua origem envolta em grandes discussões; existem algumas teses que ganharam maior difusão como a árabe, trovadoresca, marítima e afro-brasileira. A hipótese mais aceita demarca a sua origem em terras brasileiras; nasce como dança, mas ganha suas características de identificação nos bairros da raia miúda da Lisboa oitocentista aonde o fado era parte do lazer e do convívio. Este gênero musical manifestava-se de forma espontânea tanto nas casas de prostituição, nos cafés de camareiras, nas esperas dos touros ou simplesmente nas ruas e vielas da cidade. Suas temáticas estão ligadas ao contexto da marginalidade e da transgressão, seus personagens eram as prostitutas, marujos, boleeiros e marialvas. Surge neste contexto social o mito fundador, a história de Maria Severa Onofriana a belíssima e jovem prostituta que cantava e batia o fado com perfeição e encantava a todos e o Conde Vimioso (D. Francisco de Paula Portugal e Castro) um grande amador do fado, marcando a permeação do estilo dos menos abastados na aristocracia, dando ao fado novas características. Este envolvimento entre a meretriz e o aristocrata é uma das temáticas mais exploradas no universo fadista que permeou as várias facetas da arte, sendo contada e recontada pelo cinema, teatro, artes visuais tornando-se um ícone do gênero. A permeação do estilo em outra esfera social permitiu ao fado adentrar no Teatro de Revista, ganhando novas temáticas e interpretes, mas, também possibilitou a conservação das tradições do estilo e suas características populares. A Fadista Hermínia Silva consagrou-se nas décadas de 30 e 40 do século vinte tornando-se um expoente deste estilo. No início do século vinte o fado tornou-se popular tendo grande divulgação e difusão nas rádios e nos discos de 78 rotações rompendo assim as barreiras geográficas ganhando outras localidades fora da capital portuguesa e de Portugal. As apresentações dos fadistas ganharam um caráter profissional e nesta seara surgem grandes cantadores e cantadeiras, como a Ercilía Costa, Berta Cardoso e o Alfredo Marceneiro que renovaram o estilo dando ao fado características que ainda perduram. Com a profissionalização, o fado ganha outras terras iniciando as primeiras digressões e posteriormente ganhando o mundo. O grande divisor de águas no estilo fadista está relacionado à cantadeira Amália Rodrigues que revolucionou a temática e o corpus do fado, apropriando-se de outras temáticas e arranjos, sendo a voz que popularizou a cultura portuguesa com o fado. Através do mito fundador iniciado com a fadista Maria Severa Onofriana perpassando por várias outras cantadeiras até a grande diva do fado Amália Rodrigues identificaremos os elementos para a construção do estereótipo feminino descortinando os aspectos que contribuíram para a formação do estereótipo, serão necessários estudos ligados ao contexto histórico e suas implicações na sociedade portuguesa do período.
Fado is, musical expression strongly tied to Portuguese cultural identity, has its origins shrouded in great discussions, there are some theories that have gained more widespread as the Arab troubadour, maritime and african-Brazilian. The most accepted hypothesis demarcates its origin in Brazilian lands; born as dance, but gains its identifying characteristics of neighborhoods girl streak of Lisbon where fado nineteenth century was part of leisure and conviviality. This genre manifested itself spontaneously in both houses of prostitution, in cafes maids in waiting bulls or simply on the streets and alleys of the city. His themes are linked to the context of marginalization and transgression, their characters were prostitutes, sailors, and boleeiros Marialvas. Arises in this social context the founding myth, the story of Maria Severa Onofriana the beautiful young prostitute who sang fado and beat to perfection and charmed everyone and Count Vimioso (D. Francisco de Paula Castro and Portugal) a great amateur fado, marking the permeation of the less affluent in the style of aristocracy, giving the fado new features. This engagement between the aristocrat and the harlot is one of the themes explored further in the universe fadista that permeated many facets of art, being told and retold in film, theater, visual arts, becoming an icon of the genre. Permeation style in another social sphere allowed to fado enter the Theatre Magazine, gaining new themes and performers, but also allowed the preservation of the traditions of their style and popular features. The Fadista Herminia Silva was consecrated in the 30 and 40 of the twentieth century became an exponent of this style. The fado of the early twentieth century became popular with the large diffusion and dissemination in radios and 78 rpm discs, thereby breaking geographic barriers winning other locations outside of the Portuguese capital. The performances of the singers have won a professional character and this field may arise and cantadeiras great singers such as Ercília Costa, Berta and Alfredo Joiner renewed giving the fado style features that still linger. With the professionalization fado win other lands the first starting touring and subsequently gaining the world. The great watershed in style is related to singer Amalia Rodrigues teal which revolutionized the subject and the corpus of fado, appropriating other themes and arrangements, and the voice that popularized the culture with the Portuguese fado. Through the founding myth started with the singer Maria Severa Onofriana traversing several other cantadeiras up the great Fado diva Amália Rodrigues seek the elements for the construction of the feminine stereotype revealing aspects that contributed to the formation of the stereotype studies will be required related to the historical context and its implications in the Portuguese society of the period.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Ciências da Cultura
URI: http://hdl.handle.net/10348/5277
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:TD - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
msc_fvmresende.pdf7,77 MBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.