Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/5768
Title: Melão “Casca de Carvalho”: técnicas culturais e análise qualitativa
Authors: Fernandes, Hortense Alves
Advisor: Rosa, Eduardo Augusto dos Santos
Ribeiro, Carlos Jorge de Oliveira
Keywords: Melão (casca de carvalho)
Cultura
Issue Date: 14-Apr-2016
Abstract: Desconhecido de uns, apreciado por outros, é assim o melão 'Casca de Carvalho'; originário de Entre Douro e Minho e consumido principalmente dentro da região. De tal modo apreciado, que é difícil ouvir 'Casca de Carvalho' e não pensar no sabor apimentado, suculência e aroma e até na expectativa da abertura do fruto (com libertação gasosa). Devido às diferentes zonas de produção de cada ecótipo torna-se necessário estudar este melão, de forma a entender diferenças e semelhanças entre ecótipos e variedades comerciais, identificando claramente o que é o melão ‘Casca de Carvalho’. Para tal, é indispensável identificar as práticas culturais aplicadas pelos produtores e comparar alguns parâmetros qualitativos dos ecótipos. Assim, a presente dissertação pretende calendarizar sumariamente a produção; identificar algumas fases do ciclo produtivo; registar caraterísticas biométricas e (bio)químicas que permitam caraterizar qualitativamente o melão 'Casca de Carvalho'. Deste modo, o propósito deste trabalho é contribuir para o melhor conhecimento da cultura e do fruto, sem ser exaustivo nem absolutamente conclusivo. Durante o trabalho prático foi realizado acompanhamento das parcelas de produção, desde a instalação da cultura até à colheita, de forma a registar procedimentos e calendarizar a produção. Foram também realizadas recolhas de solo para análise. Em laboratório, determinou-se massa e dimensões do fruto, cor da epiderme e da polpa, textura, índice refratométrico, pH, acidez titulável e composição química do fruto, através da determinação de aminoácidos, açúcares livres e totais, ácidos orgânicos, atividade antioxidante, vitamina C e minerais. Dos resultados obtidos, ressalta que o melão 'Casca de Carvalho' tem maior atividade antioxidante e maiores teores de vitamina C do que outras variedades. Apresenta valores tendencialmente mais baixos de açúcares e polpa mais branda, logo menos crocante. Sobressai ainda o aspeto da polpa vítrea com fibrosidade e coloração entre amarelo-esverdeado e laranja. O interesse alimentar, dietético e para a saúde é abordado e são quantificados parâmetros de qualidade pela primeira vez, para um alimento sui generis na sua produção e nas suas caraterísticas organoléticas. É no entanto imperativo melhorar o rendimento produtivo e incrementar a qualidade global do melão potenciando outras utilizações para além do uso imediatamente após a colheita.
‘Casca de Carvalho’ melon is appreciated by some consumers but unknown by a lot of people; its origin is the Portuguese region Entre Douro e Minho and it is consumed mainly within this region. So appreciated, it's hard to hear 'Casca de Carvalho' melon and not think about its spicy flavor, juiciness and aroma and even in anticipation of the opening of the fruit (with gaseous release). Due to different production zones of each ecotype it becomes necessary to study this melon, in order to understand differences and similarities between ecotypes and commercial varieties, clearly identifying what is melon cultivar ‘Casca de Carvalho’. To this end, it is essential to identify cultural practices applied by producers and compare some qualitative parameters of the ecotypes. So, this dissertation intends to scheduling production; to identify some phases of the production cycle; to record biometric features and (bio) chemical properties that allow a qualitative and quantitative characterization of ‘Casca de Carvalho’ melon. Thus, the purpose of this work is to contribute to the better understanding of the culture and of the fruit, without being exhaustive or conclusive. During the practical work was carried out the monitoring of production, since installation of culture until the harvest, in order to record procedures and timetable for the production. Soil samples were also taken for analysis. In the laboratory, it was determined the mass and dimensions of fruit, epidermis and flesh color, texture, refractometric index, pH, titratable acidity and chemical composition of the fruit, through the quantification of amino acids, free sugars, organic acids, and total antioxidant activity, vitamin C and minerals. Results, points out that the melon 'Casca de Carvalho' has higher antioxidant activity and higher levels of vitamin C than commercial melons. It presents trend to lower sugars and softer and less crunchy pulp. Also, it stands the aspect of glassy and fibrous pulp with a color varying between greenish-yellow and orange. Dietetic food and interest for health is addressed and quality parameters are, for the first time, quantified in to a sui generis food in its production and in its sensorial characteristics. It is however imperative to improve productive efficiency and increase the overall quality of melon boosting other uses beyond the use immediately after harvest.
Description: Dissertação de Mestrado em Engenharia Agronómica
URI: http://hdl.handle.net/10348/5768
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
msc_hafernandes.pdf12,49 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.