Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/5774
Title: Tratamento de lixiviados por combinação de processos químicos: coagulação/floculação e reagente de Fenton
Authors: Pacheco, Marina Sofia Marques
Advisor: Peres, José Alcides Silvestre
Lucas, Marco Paulo Gomes de Sousa
Keywords: Aterros sanitários
Coagulação/floculação química
Lixiviados
Reagente de Fenton
Issue Date: 2013
Abstract: Os lixiviados, ou águas lixiviantes, formam-se em qualquer local de deposição de resíduos. São definidos como as águas que percolam através dos resíduos sólidos, procedendo à extração de materiais solúveis ou em suspensão. O efeito mais comum é a contaminação das águas subterrâneas, nomeadamente a degradação da qualidade da água de aquíferos. Devido à complexidade do lixiviado, a maioria das estações de tratamento de lixiviados não conseguem remoções eficientes somente com um processo, seja ele físico-químico ou biológico. Neste trabalho, inicialmente procedeu-se à caraterização físico-química do lixiviado, recolhido no início de Setembro de 2012. Os parâmetros analisados permitem calcular a razão CBO5/CQO tendo-se obtido o valor de 0,07. De acordo com a literatura, sabe-se que para razões inferiores a 0,4 o efluente é não-biodegradável, optando-se por um processo de tratamento químico. Neste sentido, selecionou-se numa primeira fase um pré-tratamento por coagulação/floculação, avaliando a influência de fatores como o coagulante escolhido, pH, dose coagulante e diferentes períodos de agitação, de forma a encontrar a solução de tratamento mais viável para o estudo. Dos quatro coagulantes utilizados (sulfato de alumínio, sulfato ferroso, hidróxido de cálcio e cloreto férrico), obtiveram-se os melhores resultados com sulfato de alumínio (pH=6) e cloreto férrico (pH=5), com dosagens de 2 g/L, com remoções de CQO de 39% e 65%, respetivamente. Numa segunda fase, o efluente dos melhores ensaios de coagulação foram sujeitos a um tratamento complementar pelo processo Fenton homogéneo. Para além da aplicação direta do processo Fenton ao lixiviado bruto, realizaram-se ensaios, submetendo previamente o lixiviado a coagulação/floculação química com cloreto férrico (pH=3) e sulfato ferroso (pH=10). O ensaio que obteve uma maior redução de CQO foi o ensaio com cloreto férrico, com dosagens de 2 g/L, com uma percentagem de remoção de 80,3% ao fim de 48 horas.
Leachates are formed in waste disposal locations. They can be defined as waters which flow through solid residues extracting from them soluble or suspended matter. The most common effect is the contamination of the groundwater, most particularly the decay in the quality of the water from water canals. Due to the complexity of the leachates, most of the water treatment plants can’t obtain ideal results from one procedure alone, whether physicochemical or biological. This study was begun with the physicochemical characterization of the leachate, which was collected in the beginning of September 2012. The analyzed parameters allow the calculation of the BOD5/COD ratio, which resulted in 0.07. According to studies on the matter, it’s known that in ratios below 0.4 the effluent is non-biodegradable, requiring a chemical procedure. With this in mind, a first stage of treatment was started, involving a process of coagulation/ flocculation, evaluating the influence of methods, namely the chosen coagulants, pH, coagulant dosage and different agitation periods, in order to establish the most viable course of treatment for this particular study. From the four coagulants used (aluminum sulfate, ferrous sulfate, calcium hydroxide and ferric chloride) the best results were obtained with aluminum sulfate (pH=6) and ferric chloride (pH=5), in dosages of 2 g/L, with COD removals of 39 and 65%, respectively. At a second stage of treatment, the effluent subjected to the best coagulation trials was exposed to a complementary treatment through the homogeneous Fenton process. In addition to the direct application of the Fenton process to the raw leachate, trials were performed, starting with the chemical coagulation/flocculation process with ferric chloride (pH=3) and ferrous sulfate (pH=10). The trial with the highest COD reduction was the one in which ferric chloride was used, with a 2g/L dosage and a 80.3 percentage removal within 48 hours.
Description: Dissertação de Mestrado em Engenharia do Ambiente
URI: http://hdl.handle.net/10348/5774
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
msc_msmpacheco.pdf
  Restricted Access
1,84 MBAdobe PDFView/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.