Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/5977
Título: Complexo gengivite-estomatite-faringite dos felinos
Autor: Santos, Bárbara Costa Matias Machado dos
Orientador: Viegas, Carlos Alberto Antunes
Palavras-chave: Gato
Doença da boca
Gengivite
Estomatite
Faringite
Diagnóstico
Terapêutica
Data: 27-Mai-2016
Resumo: O Complexo Gengivite-Estomatite-Faringite dos Felinos é uma doença frequente nestes animais e caracteriza-se por uma intensa inflamação da cavidade oral e da gengiva. Afeta, principalmente, gatos adultos com cerca de 8 anos de idade, não havendo predisposição sexual. A etiologia não é claramente conhecida, mas suspeita-se que determinadas bactérias, alguns vírus, a alimentação, o ambiente e o maneio (stresse), ou uma conjugação destes fatores com fatores genéticos, originem esta doença. Crê-se que a causa mais provável seja o calicivírus felino. Os sinais clínicos mais frequentemente visualizados são inapetência, disfagia, anorexia, ptialismo, halitose e perda de peso. Para a obtenção do diagnóstico definitivo realiza-se a técnica de Reação em Cadeia da Polimerase, testando a presença de calicivírus, e a Eletroforese de Proteínas para evidenciação de uma gamopatia policlonal. Não existe nenhum protocolo terapêutico totalmente eficaz para esta doença, podendo ser usada uma abordagem médica, cirúrgica, ou uma combinação das duas. No entanto, a extração dentária múltipla ou radical constitui o tratamento de eleição. Esta dissertação tem como objetivo ressaltar aspetos atuais do Complexo Gengivite Estomatite Faringite dos Felinos, desde os principais sinais clínicos, os vários agentes etiológicos envolvidos, os meios de diagnóstico mais relevantes e as diversas formas de tratamento. Nomeadamente, é pretendido mostrar a viabilidade da abordagem com homeopatia no tratamento desta condição. Para além disso, pretendemos alertar os Médicos Veterinários e os proprietários para esta doença, tão frequente na medicina felina. Foram abordados três casos clínicos recolhidos no Hospital Veterinário da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro em Vila Real. Apenas se obteve o diagnóstico definitivo num dos casos, tendo-se obtido um diagnóstico presuntivo nos restantes, devido à impossibilidade financeira dos proprietários para realizar mais exames. Em relação ao tratamento, é corroborada a ideia de que a extração dentária parcial ou total é a tratamento de eleição para esta doença, tendo sido usada nos três casos. No caso da Clarinha, apenas a homeopatia se revelou eficaz, técnica que ainda não é muito usada, mas que constitui mais uma ferramenta no tratamento desta doença. Estes casos retratam bem a característica recidivante desta doença e o desafio clínico que a mesma representa. O Complexo-Gengivite-Estomatite-Faringite dos Felinos é uma condição frustrante para os Médicos Veterinários e para os proprietários, uma vez que tanto o diagnóstico como o tratamento constituem um enorme desafio clínico e continuará a ser um dos maiores problemas em medicina felina enquanto a patogenia não estiver totalmente esclarecida. Em particular, o papel do calicivírus, do VIF e da disfunção do sistema imunitário e as suas implicações no tratamento precisam de ser melhor esclarecidos.
Feline Chronic Gingivitis Stomatitis (FCGS) is a common disease within the cats and it is characterized by intense oral cavity and gingival inflammation. The FCGS affects, mainly, adult cats around 8 years old and there is no sexual predisposition. The etiology is not clearly known, but it is suspected that certain bacteria, some viruses, food, the environment and management (stress), or a combination of these factors with genetic factors may cause this disease. It is believed that the most likely cause is the feline calicivirus. The most frequently displayed clinical signs are loss of appetite, dysphagia, anorexia, drooling, halitosis and weight loss. In order to obtain a definitive diagnosis it is performed the technique of Polymerase Chain Reaction that tests the presence of calicivirus and Protein Electrophoresis for disclosure of a polyclonal gammopathy. There is no completely effective therapy for this disease, and it can be used surgical, medical approach or a combination of both. However, the multiple or radical tooth extraction is the most used treatment. This dissertation is aimed to highlight aspects of the current Feline Chronic Gingivitis Stomatitis, from the main clinical signs, the various etiological agents involved, the most relevant diagnostic procedures until the various forms of treatment. Namely, it is intended to show the feasibility of the homeopathic approach in the treatment of this condition. Furthermore, we intend to alert veterinarians and owners to this disease, so frequent in feline medicine. It was approached three clinical cases in the Veterinary Hospital of the University of Trás-os-Montes and Alto Douro (VH-UTAD), in Vila Real. The definitive diagnosis was obtained in just one of the clinical cases and it was obtained a presumptive diagnosis in the remaining cases, due to the financial impossibility of the owners to conduct more tests. Concerning the treatment, it is supported that the partial or total dental extraction is the treatment of choice for this disease and it was used in the three clinical cases. In the case of Clarinha, only homeopathy has proved effective though it is a technique that is not yet widely used, but it is another useful tool in the treatment of this disease. These clinical cases demonstrate well the recurrent feature of this disease and the clinical challenge it represents. Feline Chronic Gingivitis Stomatitis is a frustrating condition for veterinarians and owners, since both diagnosis and treatment are a huge clinical challenge and as long as the pathogenesis is not fully understood, it will continue to be a major problem in feline medicine. In particular, the calicivirus and FIV role and the dysfunction of the immune system and its implications in the treatment need to be better understood.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10348/5977
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:TD - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
msc_bcmmsantos.pdf890,62 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.