Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/5999
Título: A satisfação no trabalho no setor público: um estudo de caso no Centro Distrital de Segurança Social de Viana do Castelo
Autor: Campos, Clara Sofia Queirós Gomes de
Orientador: Rodrigues, Ana Paula
Madeira, Carlos Rui
Palavras-chave: Administração pública
Gestão
Satisfação no trabalho
Avaliação de desempenho profissional
Data: 2015
Resumo: Nos últimos anos, uma grande parte da literatura relacionada com a Gestão, e, particularmente, com a Gestão Pública, tem demonstrado que a economia tem vindo a sofrer profundas alterações que derivam, fundamentalmente, daquilo a que se convencionou chamar de globalização. Este novo paradigma tem motivado os Estados Nacionais a procurarem encontrar soluções capazes de responder a estes novos desafios. Estas têm sido, genericamente, chamadas de Modernização Administrativa, Nova Gestão Pública ou Reinvenção da Governação. No entanto, e independentemente do nome associado a estas soluções, a verdade é que as organizações, quer sejam privadas quer sejam públicas, contam, especialmente, com a capacidade das pessoas. Desta forma, a questão central da Gestão consistiria em tentar encontrar as formas de, através das pessoas, se conseguir “desbravar” os caminhos que levem às soluções pretendidas. É neste contexto que ganham relevo todas as intervenções que permitam, por um lado, valorizar as pessoas e, por outro, melhorar o seu desempenho. Não surpreende, assim, que exista um crescente reconhecimento por parte da comunidade científica e pelos próprios profissionais ligados ao mundo da Gestão, da importância que as práticas de gestão de recursos humanos assumem na melhoria do desempenho das organizações, e, também, no próprio bem-estar dos colaboradores. Surge, desta forma, como problema central da Gestão de Pessoas, a avaliação de desempenho. No entanto, e apesar desse reconhecimento, a verdade é que a avaliação de desempenho é um problema cuja complexidade é amplamente conhecida. Assim, e se, aparentemente, a questão tática desta prática de gestão de recursos humanos está relativamente bem fundamentada na literatura, parece que será necessário recentrarmo-nos na vertente estratégica da avaliação de desempenho, ou seja, para que é que se avalia o desempenho das pessoas. Ora, parece ser precisamente essa complexidade que justifica perceber se as intervenções que têm sido feitas a este nível têm tido os resultados desejáveis. Assim, o objetivo do nosso estudo foi no sentido de perceber qual a perceção que os colaboradores de um Instituto Público têm do impacto que a avaliação de desempenho tem nos seus níveis de satisfação. O estudo de caso que levámos a efeito mostra que, e contrariamente àquilo que o SIADAP defende como um dos seus principais objetivos, a avaliação de desempenho que é feita neste Instituto Público não tem servido o intuito de elevar os níveis de satisfação dos seus funcionários.
In the recent past years, a wide literature concerning particularly Public Management has been showning that deep changes has been occuring in economics mostly due to what is now usually referred as globalisation. This new paradigm stated the grounds for the National States to look for solutions that can give suitable responses for these new challenges, generally named as Administrative Modernisation, New Public Management or Reinvention of Government. Nevertheless and independently of the name related to these solutions, the truth is that the major strenght of public or private organizations is the people’s capacity to deal with the problems. Thereby, the Management central issue would be to, through the people, find the way to get the desired solutions. So and in this context, the focus is turned to the contributions that lead to people’s valorization and to their best performances. It comes then with no surprise the recognization by the academic community as well as by the professionals in the Management field, of the importance of human resources management pratices when considering organizations’ performance improvement and their collaborators’ well beeing. The performance assessment comes then as a central topic in People Management. Although there’s an amplified recognifition of the performance assement importance, the truth is that it is a wellknown complex subject. This human resources management procedure is widely presented in the literature but and even so it seems to be necessary to focus ourselves on its strategic implementation, that is: why one needs to evaluate peoples’ performance? The inherent complexity of this topic seems to be itself the reason why one needs to verify if one is getting the desired results from the adopted procedures. Keeping this in mind, the aim of this study is to understand how the collaborators of a Public Institution acknowledge the impact of performance assessment in their satisfaction levels. The study case at hands shows that, unlike to what SIADAP claims as one of its major goals, the performance assessment taken in this Public Institution does not have served the purpose of raising the satisfaction levels of its collaborators.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Gestão
URI: http://hdl.handle.net/10348/5999
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:TD - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
msc_csqgcampos.pdf
  Restricted Access
1,16 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.