Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/6442
Title: Efeito da inclusão de exercícios de baixa intensidade entre pares de exercícios baseados no complex training
Authors: Fontenele, Bruno Fernandes
Advisor: Alves, José Manuel Vilaça Maio
Keywords: Basquetebol
Treino de força
Salto com contramovimento
Issue Date: 21-Sep-2016
Abstract: O desenvolvimento da capacidade de salto é importante na modalidade desportiva Basquetebol. Para o desenvolvimento dessa capacidade várias metodologias são utilizadas, entre elas o Complex Training (CT). O CT é baseado na existência de um potencial pós ativação e tem como objetivo os desenvolvimentos dos gestos técnicos desportivos (GTD). O CT conjuga um exercício potenciador (EP), normalmente um exercício do treino de força (TF), executados de forma sequencial com um intervalo entre si de 3 a 18 minutos. Este tempo de recuperação dificulta a sua utilização numa sessão de treino de Basquetebol. Baseado neste fato o objetivo do presente estudo é observar se a inclusão de exercícios técnicos de baixa intensidade (ETBI) entre o EP e o GTD melhora a performance de salto com contramovimento (CMJ), tendo em conta a altura alcançada, a velocidade de saída do solo (VS), a Força máxima (FM) e a potência (P) exercida pelo atleta no CMJ, e se o treino prévio da técnica do CMJ afeta o resultado das intervenções de CT usadas. Para o efeito 10 jogadores de Basquetebol, com uma média de 19,42±1,24 anos de idade, 192,33±0,12 cm de estatura, 87,89±11,89 kg de massa corporal e 9,33±2,35% de gordura estimada, foram divididos em 2 grupos de 5 sujeitos cada, em que no G1 realizou 3 semanas prévias de treino do exercício de agachamento (AG) e o G2 que para além do treino de AG efetuou-se, igualmente, o treino do CMJ. Após 72 horas os atletas foram sujeitos a uma sessão experimental onde se efetuou as seguintes intervenções, separadas entre si por 20 minutos, nomeadamente: 6CMJ de base; 6 repetições máximas (6RM) do exercício AG seguido de 4 minutos de descanso passivo e 6CMJ (AG4PCMJ); 6RM de AG seguido de 4 minutos a efetuar passes de peito e picados e 6CMJ (AG4PPCMJ); e 6RM de AG seguido de 4 minutos deslocamentos laterais efetuados a baixa intensidade e 6CMJ (AG4DCMJ). Todos os CMJ foram efetuados em cima de uma plataforma de força de onde se retirou as variáveis em estudo. Não foram observadas diferenças significativas em nenhuma das variáveis em estudo entre intervenções e entre grupos. Contudo, quando analisado individualmente cada sujeito, nos 5 sujeitos do G2, 4 obtiveram melhoria na performance de salto em relação à média do CMJ de base e no G1 somente dois apresentaram essa melhoria. Tendo como base os resultados do presente estudo podemos afirmar que em atletas de Basquetebol a inclusão de ETBI entre os pares de exercícios do CT parece ser uma forma eficaz de rentabilizar a sessão de treino e ao mesmo tempo melhorar a performance de salto. O treino prévio da técnica de execução do GTD parece, embora não totalmente suportado pelo presente estudo, ser necessário para se beneficiar do CT.
The development of the jump capacity it is very important for the success in the basketball. Many methodologies are used to train this capacity, among them the Complex Training (CT). The CT is based on the existence of post activation potential (PAP) and the aim is promote the performance of the sports specific skills (SSK). The CT conjugates one strength training exercise (STE) to promote the PAP and one SSK in pairs of exercises. The time needed between the STE and the SSK to observe a PAP are 3 to 18 minutes. These time difficult the use of the CT in the Basketball training sessions. Based in this fact the aim of the present study was observe if the inclusion of a low intensity technical exercise (LITE) between the STE and SSK improve the performance of the counter movement jump (CMJ) and if the previous training of the technical of the CMJ effect the used of the CT interventions. For that, 10 men, basketball players, with a mean of 19,42±1,24 years old, 192,333±0,12 cm of height, a 87,89±11,89 kg weight and 9,33±2,35 % of estimated body fat, were equality dived into 2 groups: a G1 that performed 3 weeks of training of the squat exercise (SQ) technic; and a G2 that in addition to the SQ technic training performed the training of the CMJ technic. Seventy two hours later the athletes performed a experimental session where was made the following interventions, separated by 20 minutes, namely: base 6CMJ; 6 maximal repetitions of the SQ (6SQ) followed by 4 minutes of passive rest and 6CMJ (SQ4PCMJ); 6SQ followed by 4 minutes performed the chest and pic basketball passes and 6CMJ (SQ4CP4CMJ); and 6SQ followed by 4 minutes of lateral displacement, performed at low intensity, and 6CMJ (SQD4CMJ). All the CMJ were performed under one force plate. It was not observed any statically differences in all variables used between interventions and groups. However, when the results of the CMJ were analyses for each athlete, it was observed an increment of the CMJ performance, with the CT interventions, in four of five athletes of the G2 and in only two of the G1. Based on the results of the present study we can conclude that the basketball players can benefit of the used of LITE between the pairs of exercises based on the CT and can help the organization of the basketball training session. The previous training of the SSK appears to be necessary to benefit from CT interventions.
Description: Dissertação de Mestrado em Ciências do Desporto, Especialização em Avaliação e Prescrição na Atividade Física
URI: http://hdl.handle.net/10348/6442
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
msc_bffontenele.pdf759,23 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.