Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/6476
Title: Resposta termal cutânea e dor muscular na realização de 3 Versus 5 BI-Séries
Authors: Moreira, Tiago Rafael
Advisor: Alves, José Manuel Vilaça Maio
Neves, Eduardo Borba
Keywords: Treino de força
Termografia
Fisiologia
Dor muscular
Issue Date: 23-Sep-2016
Abstract: Introdução: a massificação do exercício físico e da sua prescrição tem aumentado de dia para dia. Dentre vários tipos de treino, o treino de força que visa a hipertrofia muscular é muito comum em todas as academias e ginásios. Um dos métodos utilizados para o ganho de massa muscular é o treino em bi-série, onde se realizam duas séries de exercícios para o mesmo grupo muscular ou não. Desta metodologia surgem várias respostas fisiológicas, uma das quais a inflamação muscular que aumenta a temperatura local durante o processo de recuperação. Objetivo: o objetivo geral do estudo foi comparar a resposta termal do bicípite braquial e dor muscular entre 3 vs 5 séries com a metodologia bi-série. Metodologia: numa primeira etapa foi realizada uma pesquisa teórica sobre o assunto. A segunda etapa refere-se à recolha de dados que envolveu 28 sujeitos do sexo masculino com idades compreendidas entre os 20 e 35 anos, aparentemente saudáveis e respeitantes dos critérios de inclusão. Na fase da recolha os indivíduos foram divididos em dois grupos (3 BS e 5BS) que realizaram 3 séries da metodologia bi-série e 5 séries da mesma metodologia, respetivamente. Foram recolhidas imagens de termografia nos momentos antes do exercício, após cada série, 24, 48, 72 e 96 horas após exercício. Resultados: os resultados do treino aplicado sugerem que há correlação entre o exercício e a variação de temperatura; a temperatura do braço em exercício diminui no primeiro minuto com tendência a aumentar durante o tempo de treino; a temperatura do bicípite braquial controlo tende a diminuir no durante o exercício e iguala o bicípite braquial exercitado nos dias que se seguem; e o volume de treino parece estar diretamente relacionado com a duração e intensidade da resposta térmica. Conclusão: em suma, verifica-se grande relação entre volume de treino e resposta térmica corporal, cujos efeitos duram mais do que quatro dias após exercício.
Introduction: the mass of physical exercise and your prescription has increased day by day. Among various types of training, strength training aimed at muscle hypertrophy is very common in all academies and gyms. One method used for muscle mass gain is the training in bi-sets, which hosts two sets of exercises for the same muscle group or not. This methodology arise various physiological responses, including muscle inflammation increases the local temperature during the recovery process. Objective: The overall objective of the study was to compare the thermal response of the brachial biceps and muscular pain between 3 vs 5 series with the bi-set methodology. Methodology: in a first step a theoretical research on the subject was held. The second stage refers to the collection of data which involved 28 male subjects aged between 20 and 35 years old, apparently healthy and in respect of the inclusion criteria. At the stage of collecting the subjects were divided into two groups (3 BS and 5BS) who performed 3 sets of methodology bi-set and 5 sets of the same methodology, respectively. Thermography images were taken in the moments before exercise, after each series, 24, 48, 72 and 96 hours after exercise. Results: The results of the applied training suggest that there is a correlation between exercise and temperature variation; the temperature of the exercised arm decreases in the first minute with a tendency to increase during the training time; in control biceps the temperature tends to decrease during exercise and equals the exercised biceps in the following days; and training volume appears to be directly related to the duration and intensity of the thermal response. Conclusion: In short, there is great relationship between training volume and body thermal response whose effects last longer than four days after exercise.
Description: Dissertação de Mestrado em Ciências do Desporto, Especialização em Atividades de Academia
URI: http://hdl.handle.net/10348/6476
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
msc_trmoreira.pdf1,23 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.