Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/6601
Título: Imobilização em esferas de camada dupla de Alginato-Quitosano de um isolado ambiental de Candida oleophila para aplicação biotecnológica ao tratamento de efluentes com elevados teores de compostos fenólicos
Autor: Peixoto, Fernando
Amaral, Carla
Vilela, Alice
Palavras-chave: águas ruças
biodegradação
leveduras imobilizadas
alginato-quitosano
Data: 15-Abr-2016
Editora: VIII Jornadas de Bioquímica, UTAD, Vila Real
Citação: VIII Jornadas de Bioquímica, UTAD, Vila Real, 15 e 16 de Abril, P 2, p. 29.
Resumo: Portugal está entre os dez principais produtores mundiais de azeite sendo também um dos maiores produtores de águas ruças. Estes efluentes apresentam uma elevada carga orgânica e toxicidade, devida à presença de compostos fenólicos. Neste trabalho estudámos a eficácia do bio tratamento destes efluentes com um isolado selvagem de Candida oleophila imobilizado em esferas de dupla camada de alginato-quitosano. A eficiência do tratamento foi avaliada pela remoção da carga orgânica (CQO), da cor e do teor em Polifenóis Totais (PT). Em todos os bioreatores ocorreu diminuição dos parâmetros avaliados. Para a CQO os valores variaram entre 37,9% e 47,5% (culturas pré-adaptadas em meio com 2g/L pHB, e glicose, respetivamente). Na cor, a % de diminuição oscilou entre 53,5- 69,8%; o valor mais elevado de remoção ocorreu nas células aclimatadas em glicose com ácido 4-hidroxibenzóico. Quanto à remoção do teor em PT, os valores mais baixos foram os obtidos nos bioreatores com células pré-cultivadas em glicose (35,6%), e os mais elevados, em células adaptadas a teores elevados de ácidos fenólicos (50% e 62,8%, para pHB a 2g/L e pHB a1g/L, respetivamente). Ainda que os valores para a remoção da CQO não sejam relevantes, dada a elevada remoção obtida para a cor e o teor em PT, concluímos que o tratamento com o isolado de C.oleophila é mais eficaz quando as células são pré-cultivadas em ácido 4-hidroxibenzóico à concentração de 1g/L. Concentrações de 2g/L atrasam o metabolismo celular e não promovem um eficaz crescimento celular.
Revisão por Pares: yes
URI: http://hdl.handle.net/10348/6601
Tipo de Documento: Objecto de Conferência
Aparece nas colecções:DEBA - Póster

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Peixoto_Poster_V2_Carla.pdf
  Restricted Access
1,11 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.