Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/6820
Title: Resultado inicial e final da evolução da aptidão física e composição corporal do aluno não praticante e praticante de desporto federado
Authors: Moreira, André Manuel Soares
Advisor: Aranha, Ágata Cristina Marques
Seco, Pedro Miguel
Keywords: Aptidão física
Composição corporal
Desporto federado
Estágios pedagógicos
Issue Date: 2013
Abstract: O presente estudo tem como objetivo principal avaliar os níveis de evolução da aptidão física e composição corporal anual dos alunos do secundário que praticam desporto federado e os que praticam apenas as aulas de educação física. A amostra foi constituída por 80 alunos (47 masculinos e 33 femininos). Foram realizados os testes de Fitnessgram no início do ano aos alunos em análise, comparando-os com os testes realizados no final do ano letivo. Para os propósitos do estudo utilizámos um Questionário informativo onde os alunos eram questionados se praticam desporto federado ou não e as horas que o faziam por semana. Foram selecionados 80 alunos da Escola Fontes Pereira de Melo, sendo 40 Praticantes de desporto federado e 40 Não Praticantes, com idades compreendidas entre os 15 e os 21 anos de idade. O grupo de Praticantes de desporto federado foi constituído por alunos que praticassem desporto no mínimo desde o início do ano letivo, com dois a quatro treinos por semana com a duração de 90 minutos, além das aulas de Educação Física (180 minutos). O grupo de Não Praticantes foi constituído pelos alunos cuja atividade física/desportiva se reportasse exclusivamente às aulas de Educação Física (180 minutos). Os alunos em estudo realizaram a bateria de testes do Fitnessgram, para avaliar a Aptidão Física (Corrida da Milha; Abdominais; Extensão dos Braços; Extensão do Tronco) e a Composição Corporal (Estatura; Peso e IMC). Para a análise dos dados foi utilizado o software Microsoft Excel. As principais conclusões obtidas neste estudo foram as seguintes: em relação à Composição Corporal verificou-se que alunos Não Federados apresentam melhores resultados do que os Federados, existindo diferenças pouco significativas. No final da Bateria de Testes do Fitnessgram os alunos do presente estudo apresentaram diferenças significativas entre grupos de federados e de não federados nas seguintes variáveis: Capacidade Aeróbia, Força Média/Superior, Extensão do Tronco, salto horizontal e agilidade, sendo favorável aos alunos Federados, que demonstraram melhores níveis de Aptidão Física do que os alunos Não Federados.
The present study aimed to evaluate the levels of annual development of physical fitness and body composition of high school students who play federated sports and those who only have physical education classes. The sample consisted of 80 students (47 males and 33 females). Fitnessgram Test was performed at the beginning of the year to the students in analysis, comparing them with the same test in the end of the school year. For the study purpose an informative questionnaire was used where students were asked if they were practising federated sport or not and how many hours per week they did. 80 students from Fontes Pereira de Melo’s school were selected, which 40 were federated sport athletes and the others 40 were non federated sports athletes, with ages between 15 and 21 years old. The group of federated sport athletes was constituted by students who were practicing federated sports at least since the beginning of the year, with two to four trainings per week with the duration of 90 minutes beyond the P.E. classes (180 minutes). The group of non federated sport athletes was constituted by students which physical activity was exclusively the P.E. classes (180 minutes). The students in analysis underwent Fitnessgram’s tests to evaluate the physical fitness (race mile; ab; arm’s extension; trunk’s extension) and the body composition (structure; weight, BMI). For data analysis Microsoft’s Excel software was used. The main conclusions obtained in this study were the following: Considering the body composition, non-federated athletes obtained better results compared with federates, with statistically insignificance differences. In the final of the Fitnessgram’s Test there were statistically differences between the federated and non-federated athletes in the following variables: aerobic capacity, medium and higher strength, trunk’s extension, horizontal jump and agility, where federated athletes showed better levels for physical fitness than the nonfederated athletes.
Description: Dissertação de Mestrado em Ensino de Educação Física, nos Ensinos Básico e Secundário
URI: http://hdl.handle.net/10348/6820
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
msc_amsmoreira.pdf
  Restricted Access
483,4 kBAdobe PDFView/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.