Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/7120
Title: Avaliação de um programa de força e flexibilidade, realizados nas aulas de educação física, na aptidão física dos alunos
Authors: Monteiro, Pedro Nuno Teixeira
Advisor: Aranha, Ágata Cristina Marques
Silva, Angelina Clara Alves da
Keywords: Aptidão física
Força
Flexibilidade
Fitnessgram
Issue Date: 15-Dec-2016
Abstract: O objetivo do presente trabalho é avaliar se os exercícios de força e flexibilidade realizados nas aulas de Educação Física influenciam a aptidão física dos alunos. A amostra é constituída por 36 alunos (20 alunos do sexo masculino e 16 do sexo feminino) de duas turmas do 8º ano de escolaridade com idades compreendidas entre os 12 e os 14 anos de idade, da Escola Básica 2,3 de S. Torcato – Guimarães. Os alunos da turma 8ºD constituída por 6 rapazes e 9 raparigas foram sujeitos a um programa de força e flexibilidade efetuado no aquecimento das aulas de 90min, durante um período de 3 meses. Os alunos da turma 8ºC, constituída por 14 rapazes e 7 raparigas, não foi sujeita a este programa de modo a servir de comparação com o grupo experimental. De modo a avaliar a aptidão física dos alunos foi utilizado o programa Fitnessgram®, programa este que avalia a aptidão muscular, a aptidão aeróbia e a composição corporal. Os alunos foram avaliados em 2 momentos, um no início do ano letivo (pré-teste) e outro após a aplicação do programa de força e flexibilidade, no final do 2º Período letivo (pós-teste). Verificou-se que no teste de aptidão aeróbia (Vaivém) ocorreu uma melhoria da média de repetições em ambos os grupos, mas do ponto de vista do nível de aptidão física dos alunos apenas no grupo experimental ocorreu melhorias pois deixou de haver alunos Abaixo da ZSApF. No grupo de controlo aumentou o número de alunos Abaixo da ZSApF. Nos testes de Aptidão Muscular, no parâmetro de força (abdominais e extensões de braços) verificámos que em ambos os grupos ocorreu uma melhoria tanto da média do número de repetições como no número de alunos que se encontram dentro ou acima da ZSApF. Ainda nos testes de Aptidão muscular mas no parâmetro de flexibilidade verificámos que ocorreram alterações muito ligeiras tanto no grupo de controlo como no grupo experimental. Nos testes da composição corporal verificou-se que o grupo experimental obteve melhores resultados com uma maior percentagem de alunos dentro da ZSApF após o programa, enquanto no grupo de controlo diminuíram os alunos com valores dentro da ZSApF, quer no Indice de Massa Corporal quer na Percentagem de Massa Gorda.
The aim of this study is to determine whether the strength and flexibility exercises performed in physical education classes influence the physical fitness of students. The sample consists of 36 students from two classes of 8th Year of Schooling aged between 12 and 14 years of age, from Basic School 2,3 in St. Torcato Guimarães, and 20 students are male and 16 are female. The students of class 8th D, consists of 6 boys and 9 girls, were subjected to a program of strength and flexibility made in the warming up of the lessons of 90min for a period of 3 months, the students of class 8 º C, consisting of 14 boys and 7 girls, has not undergone this program to serve for comparison with the control group. In order to assess the physical fitness of the students I used the Fitnessgram ® program, a program that evaluates muscular fitness, aerobic fitness and body composition, and the students were assessed in two moments, one at the beginning of the school year (pre- test) and after the implementation of the program of strength and flexibility at the end of Term 2 school (post-test). It was found that the aerobic fitness test (shuttle) occurred an improvement in the average of repetitions in both groups, but from the standpoint of physical fitness level of students in the control group only improved occurred because there was no longer Below the pupils ZSApF, and in the experimental group increased the number of students Below ZSApF. In tests of muscular fitness in parameter strength (abs and arm extensions) found that in both groups there was an improvement in both the average number of repetitions and the number of students who are at or above the ZSApF. Although the tests of muscular fitness in parameter flexibility but found that there were very slight in both the control group and the experimental group. In tests of body composition found that the Monitoring Group has obtained better results with a higher percentage of students within the ZSApF after the program, while the experimental group students with decreased values within ZSApF either the Body Mass Index or in Percentage fat mass.
Description: Dissertação de Mestrado em Ensino de Educação Física, nos Ensinos Básico e Secundário
URI: http://hdl.handle.net/10348/7120
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
msc_pntmonteiro.pdf737,54 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.