Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/7453
Título: Caminhos de contrabando, ensaio documental
Autor: Santos, Hugo Carvalho dos
Orientador: Correia, Emanuel Soares Peres
Castro, Leonel Fernando Moutinho de
Palavras-chave: Fotografia documental
Contrabando
Tourém (Montalegre, Portugal)
Memória
Território
Data: 22-Mar-2017
Resumo: O Contrabando foi, durante muitas décadas, um meio de sobrevivência para as populações raianas. Num país como Portugal, com mais de um milhar de quilómetros de fronteira partilhada com Espanha, existem numerosas localidades, mais ou menos relevantes, que têm em comum um passado ligado ao contrabando e uma cultura de fronteira própria. Tourém, no Concelho de Montalegre é uma dessas localidades, uma pequena aldeia que, teve em tempos uma importância considerável no fenómeno do contrabando, o qual ajudava ao sustento de inúmeras famílias daquela localidade. A fronteira entre Portugal e Espanha, é, hoje, apenas uma memória daquilo que foi e que representou em tempos. Após os Acordos de Schengen, os países que assinaram estes acordos permitiram a abertura das suas fronteiras o que, sendo uma mais valia para a generalidade dos países, alterou de forma significativa a vida das pessoas que viviam da fronteira, de forma mais ou menos lícita. Desde então a fronteira foi deixada ao abandono, o que tem provocado um aumento de uma faixa de território cada vez mais vazia dos dois lados da fronteira. A presente dissertação pretende fazer uma reflexão, através da fotografia documental, sobre o atual estado da fronteira, dando um destaque especial, ao território em si e aos antigos contrabandistas. Pretende-se, assim, trabalhar a memória deste local, através do presente, procurando tentando ser um contributo para uma discussão ou pensamento sobre o futuro da fronteira. Por outro lado, espera-se que esta dissertação possa ser um contributo para a patrimonialização do contrabando e de toda a cultura da fronteira a nível local e nacional. Para tal, foi desenvolvido um trabalho documental autoral, no qual se faz uma interpretação da atualidade local de Tourém, incidindo principalmente nos temas do território, da fronteira e da memória, no qual se inclui o contrabando.
Smuggling was, during decades, a mean of survival for the borderer populations. In a country like Portugal with more than one thousand kilometers of shared border with Spain, there are many locations, more or less relevant, that have in common a past connected to smuggling and its own border culture. Tourém, in the municipally of Montalegre its one of those locations, a small village that, once had a considerable importance in the smuggling phenomenon, which helped in sustaining a lot of families from that location. The border between Portugal and Spain, it is, today, only a memory of what it was and had represented in the past. After the Schengen Agreements, the countries that have signed such agreements allowed the opening of its borders, which, being an asset for most of the countries, changed significantly the life of the populations living in the border, in a more or less lawfully way. Since then the border was left abandoned, which has caused an increase of a strip of territory becoming empty in both sides of the border. This thesis aims to reflect, through documentary photography, about the state of the border, with special emphasis, to the territory itself and former smugglers. It is intended, therefore, to work on the memory of this place, through the present, attempting to be a contribution for a discussion about the future of the border. On the other hand, it is expected that this thesis can be a contribution for the smuggling patrimonialization and the whole culture of the border on a local and national level. For this purpose, it was developed an authorial documentary work, in which it is done an interpretation of Tourém’s actuality., focusing mainly on the themes of the territory, border and memory, in which includes smuggling.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Comunicação e Multimédia
URI: http://hdl.handle.net/10348/7453
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:TD - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
msc_hcsantos.pdf55,5 MBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.