Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/7465
Title: Fertilização de manutenção em Eucalyptus globulus Labill: fertilizantes minerais e orgânicos
Authors: Teixeira, Cláudio Edgar Borges
Advisor: Oliveira, Simone da Graça Pinto Varandas de
Pires, Ana Luísa Figueiredo
Keywords: Eucalyptus globulus
Adubação
Cinza
Produção de madeira
Correção orgânica
Lamas celulósicas
Composto de resíduos sólidos urbanos
Issue Date: 2015
Abstract: O recurso à fertilização permite, de um modo geral, obter ganhos significativos de produtividade florestal, maximizando a produção de madeira e, ao mesmo tempo, manter ou melhorar a capacidade produtiva dos solos. Assim, e uma vez que os solos florestais em Portugal na sua generalidade apresentam um baixo nível de fertilidade, pretendeu-se neste trabalho avaliar a resposta da espécie Eucalyptus globulus à fertilização de manutenção, pela aplicação de diferentes doses de fertilizantes orgânicos e minerais. Os parâmetros dendrométricos avaliados foram a altura, o diâmetro à altura do peito e o volume com casca e sem cepo. Estudou-se também o efeito destes fertilizantes nas propriedades químicas do solo e na concentração em nutrientes nas folhas das plantas. Em 2008, foram instalados três ensaios, em povoamentos de eucalipto em primeira rotação com aproximadamente 4 anos de idade, localizados na região Norte e Centro-Litoral de Portugal, onde foram aplicados nove tratamentos: um de controlo (testemunha sem fertilização); dois tratamentos de fertilização mineral (sem e com azoto); três tratamentos com diferentes doses de lamas biológicas mais cinzas (LB+C) e três tratamentos com diferentes doses de composto de resíduo sólido urbano (RSU). Verificou-se uma resposta positiva à fertilização com LB+C e RSU nas doses maiores (45 e 30 t ha-1 respetivamente), obtendo-se no final do ciclo de crescimento das árvores, em 2014, acréscimos significativos (p<0,05) em volume de madeira, que corresponderam respetivamente a 33% e 32% de ganhos relativamente à testemunha. No solo, o efeito da fertilização mineral e orgânica não conduziu praticamente a diferenças significativas entre tratamentos. Contudo, verificou-se uma relação positiva entre o aumento da quantidade aplicada de MO, N total, P total via tratamentos com LB+C e os respetivos aumentos nos teores de MO, N total e P2O5 extraível no solo em 2014, com índices de correlação muito forte (r>0,90) para MO e N e forte (r>0,80) para o P. A aplicação dos fertilizantes orgânicos, mesmo nas doses mais elevadas, não aumentou (p<0,05) os teores dos metais pesados no solo e em nenhum dos tratamentos foram ultrapassados os valores limite de metais pesados admissíveis pelo Decreto-lei n.º 276/2009. Em geral, os tratamentos não afetaram significativamente (p<0,05) a concentração de nutrientes das folhas e, também, não foram observados quaisquer efeitos de fitotoxicidade nas árvores, embora as concentrações de N, P, K, Ca, Mg, Fe e Mn tenham aumentado na generalidade dos tratamentos. Os resultados obtidos indicam uma viabilidade técnica na substituição total da fertilização mineral, tradicionalmente utilizada na manutenção de povoamentos de eucalipto, por resíduos orgânicos, tais como, lamas biológicas mais cinzas e composto de resíduos sólidos urbanos, sem que daí resultem efeitos ambientais adversos e com ganhos na produção em volume de madeira.
Fertilization practices allow, in a general way, significant profits of forest productivity, maximizing wood production, and at the same time, maintenance or enhancement of soil’s fertility. Forestry soils in Portugal have generality a low fertility level, so it was intended with this work to evaluate the response of Eucalyptus globulus to maintenance fertilization, through application of different doses of organic and mineral fertilizers. Dendrometric parameters were evaluated, such as height, diameter at 1,30 m and volume of tree. The effect of these fertilizers on soil’s chemical properties and on plant´s nutrient concentration in leaves was also studied. In 2008, three trials were installed, on eucalyptus stands with approximately 4 years old (first rotation), located in the North and Center-Coast of Portugal, where nine treatments have been applied: one control (without fertilization); two treatments with mineral fertilization (without and with nitrogen); three treatments with different doses of biological sludge and ashes (LB+C) and three treatments with different doses of urban solid residues compost (RSU). A positive answer was verified to fertilization with LB+C and RSU in the larger doses (45 and 30 t ha-1 respectively), being obtained in the end of tree’s cycle growth, in 2014, significant increments (p<0,05) in wood volume, that corresponded respectively to 33% and 32% of profits relatively to control treatment. In the soil, the effect of mineral and organic fertilization practically didn’t lead to significant differences between treatments. However, a positive relation was obtained between increases of OM, N, P applied through treatments with LB+C and increases in soil’s OM, N and P2O5 in 2014, with very strong coefficients of correlation (r>0,90) for OM and N and strong coefficients (r>0,80) for P. The application of organic fertilizers, even the highest doses, didn’t increase (p<0,05) heavy metal levels in soil. For none of the treatments heavy metals limits were exceeded according to admissible levels in Law n.º 276/2009. In general, treatments didn’t result in significantly (p<0,05) nutrient concentration changes in the leaves of plants and no phytotoxicity effect was observed on trees, even though concentrations of N, P, K, Ca, Mg, Fe and Mn increased generality throughout treatments. The results obtained indicate technique viability for total substitution of mineral fertilization, traditionally used in the maintenance of eucalyptus forestry, by organic residues, such as, biological sludge and ashes and urban solid residues compost, without adverse environmental effects and with profits in wood volume production.
Description: Dissertação de Mestrado em Engenharia Florestal
URI: http://hdl.handle.net/10348/7465
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
msc_cebteixeira.pdf
  Restricted Access
5,44 MBAdobe PDFView/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.