Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/7561
Título: Capacitação em suporte básico de vida: relação com e-literacia em saúde
Autor: Carvalho, Rui Miguel Barros Cunha
Orientador: Monteiro, Maria João Filomena dos Santos Pinto
Pereira, Maria da Conceição Alves Rainho Soares
Palavras-chave: Enfermagem em saúde comunitária
Ressuscitação cardiopulmonar
Planeamento em saúde
Competências
Conhecimentos
Literacia em saúde
Data: 3-Mai-2017
Resumo: A excelência do exercício das competências do enfermeiro especialista em enfermagem comunitária e de saúde pública (EEECSP) pressupõe o conhecimento da metodologia do planeamento em saúde. A principal causa de morte no espaço europeu, é a paragem cardiorrespiratória súbita, e em Portugal são as doenças cardiovasculares um dos problemas mais graves sendo a maior parte das mortes evitáveis associadas à doença coronária. Estes factos tornam imperativa a promoção da capacitação dos cidadãos ditos "leigos" para que possam intervir com autonomia e segurança no auxílio a vítimas em risco de vida, devendo por isso possuir habilidades e conhecimentos adequados para prestar Suporte Básico de Vida (SBV) de forma eficaz e eficiente. Os principais objetivos deste estudo foram: avaliar os conhecimentos sobre SBV dos colaboradores de uma Câmara Municipal, antes e após a participação no projeto de intervenção "Capacitar para Salvar"; avaliar as competências em SBV após a participação no projeto; avaliar a e-literacia em saúde; analisar a relação entre a e-literacia em saúde e os conhecimentos e as competências em SBV, após a participação no projeto. Foi utilizado um questionário com uma parte de avaliação sociodemográfica e profissional e outra de avaliação de conhecimentos sobre SBV e a escala eHeals e uma grelha de avaliação de competências em SBV. Participaram no estudo 97 colaboradores. No 1º momento foram avaliados os conhecimentos sobre SBV e implementado um projeto de intervenção, sendo que no 2º momento, foram avaliados os conhecimentos e competências sobre SBV. Os resultados evidenciaram diferenças estatisticamente significativas nos conhecimentos dos colaboradores após a participação no projeto de intervenção. Os colaboradores possuem insuficientes conhecimentos e competências em SBV; a e-literacia em saúde situa-se ligeiramente acima do valor intermédio da escala eHeals e não se verificou influência da e-literacia em saúde sobre os conhecimentos e competências demonstradas. Salienta-se a necessidade de implementar estratégias que promovam a formação em SBV dos cidadãos ditos leigos, quer ao nível da transmissão de conhecimentos, quer do ponto de vista da formação prática do "saber-fazer".
In order to practice with excellence the skills of Community Health Nursing and public health, a nurse has to know the methodology of health planning. The main cause of death in Europe is Sudden Cardiac Arrest (SCA). In Portugal, the cardiovascular diseases are one of the most serious problems, and the most preventable deaths are associated with coronary artery disease. These facts make it imperative to promote the empowerment of the so-called "lay" citizens, so that they are able to autonomously and safely intervene to aid victims under life risk. And to provide Basic Life Support (BLS) in an effective and efficient way, they shall have adequate skills and knowledge. The main objectives of this study were: to evaluate the BLS knowledge among the employees of a City Council before and after they participated in the project Capacitar para Salvar*; to evaluate their BLS skills after participating in the project; to evaluate their e-Health literacy; and to analyze the relationship between e-Health literacy and BLS knowledge and skills after the project. A questionnaire containing a part with sociodemographic and professional evaluation and a part with the evaluation of knowledge of BLS and of the eHeals scale, plus an evaluation grid of BLS skills was used. 97 employees participated in the study. At first, their BLS knowledge was evaluated. Later, they participated in an intervention project. Finally, their BLS knowledge and skills were evaluated again. The results showed statistically significant differences in the employees‘ BLS knowledge before and after participating in the intervention project. The employees have insufficient BLS knowledge and skills; their e-Health literacy is slightly above the intermediate value of the eHeals scale, and the e-Health literacy did not influence their BLS knowledge and skills. There is a need to implement strategies to train the so-called "lay" citizens on BLS, regarding both knowledge transmission and practical training of "know-how".
Descrição: Dissertação de Mestrado em Enfermagem Comunitária
URI: http://hdl.handle.net/10348/7561
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:TD - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
msc_rmbccarvalho.pdf2,95 MBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.