Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/7562
Title: Do diagnóstico à intervenção de enfermagem comunitária: capacitar para melhor viver
Authors: Lopes, Ana Paula Moreira e Silva
Advisor: Carvalho, Amâncio António de Sousa
Keywords: Enfermagem em saúde comunitária
Hábitos alimentares
Saúde do adolescente
Obesidade
Atividade fisica
Issue Date: 3-May-2017
Abstract: Este relatório diz respeito ao estágio desenvolvido no período de 8 de setembro a 19 de dezembro de 2014, na Unidade de Cuidados na Comunidade de Lousada e Unidade de Saúde Pública de Paços de Ferreira, pertencentes ao Agrupamento de Centros de Saúde Tamega III-Vale do Sousa Norte e pretende descrever de forma crítica e reflexiva todo o percurso desenvolvido. Neste estágio, a principal atividade foi a implementação de um projeto de intervenção designado “Capacitar para viver melhor”, no âmbito da alimentação saudável e atividade física, procurando capacitar os alunos sobre a alimentação saudável e os benefícios da prática regular de atividade física. De entre os estilos de vida saudáveis, a alimentação saudável e a prática de atividade física desempenham um papel importante no desenvolvimento do jovem, podendo contribuir para a redução de doenças crónicas e aumentar a qualidade de vida do futuro adulto. A metodologia seguida foi a do planeamento em saúde, desde o diagnóstico de situação, que já tinha sido realizado no estágio anterior, a que este estágio deu continuidade, até à avaliação das intervenções. A amostra integrou 450 alunos da Escola Secundária de Lousada, cerca de 23,6% da população, aos quais foi aplicado um questionário de autopreenchimento, construído e validado para o efeito. Os dados foram tratados com recurso ao Statistical Package for the Social Science. Do diagnóstico de situação salienta-se que a maioria dos alunos era do sexo feminino (60,2%), pertencia ao grupo etário dos 15-17 anos (46,9%) e frequentava o ensino secundário (62,9%). Em relação aos hábitos alimentares, 72,7% da amostra fazia mais de quatro refeições diárias, sendo que 30% consumia diariamente alimentos saudáveis, verificando-se baixo consumo diário de sopa, legumes e fruta. Do total da amostra, 36,2% praticava atividade física menos de 300 minutos/semana e 17,6% era sedentária. Quanto ao lazer sedentário, 62,0% dos alunos via TV ou jogava videojogos mais de duas horas/dia. Foi identificado um conjunto de problemas, entre os quais, 70,0% dos jovens não consumia diariamente alimentos saudáveis e 17,6% não praticava atividade física, que foram priorizados, tendo sido decidido intervir na alimentação e na atividade física. As estratégias desenvolvidas centraram-se na realização de educação para a saúde sobre alimentação saudável e prática de atividade física, conto ilustrado e aula prática de zumba, em parceria com outros profissionais, com grande adesão dos alunos e dos professores. A avaliação revela que as metas propostas foram largamente ultrapassadas. Para além da implementação do projeto de intervenção, foram desenvolvidas nos dois contextos de estágio outras atividades, que nos permitiram desenvolver as competências preconizadas para o enfermeiro especialista em enfermagem comunitária e de saúde pública. Este projeto poderá ter continuidade na Unidade de Cuidados na Comunidade, permitindo-lhe um melhor conhecimento da realidade da sua população e adequar melhor as intervenções futuras, consolidando os resultados das intervenções efetuadas.
This report concerns the internship carried out from september 8 to december 19 of 2014, in Community Unit Care of Lousada and Health Public Unit of Paços de Ferreira, belonging to the Tâmega III Health Centers Group – Vale do Sousa Norte and it intent´s to describe in a critical and reflective way, all the route developed. At this internship the main activity was the implementation of an intervention project designated "Empower for better living", in healthy eating and physical activity areas, seeking to empower students about healthy eating and the benefits of practice regular physical activity. Among the healthy lifestyles, healthy eating and physical activity play an important role in the young development, contributing to the reduction of chronic diseases and improve the quality life of future adult. The methodology followed was the Health Planning metodology, from the Situation Diagnostic, which was developed in the preceding internship, to watch this internship continued, until the evaluation of interventions. The sample joined 450 students from Escola Secundária de Lousada, about 23.6% of the population, to which it was applied a self report questionnaire, developed and validated for this purpose. The data were analyzed using the SPSS. The Situation Diagnostic noted that most of the students were female (60.2%), with ages between 15-17 years old(46.9%) and attending the Secondary Education (62.9 %). Compared to eating habits, 72.7% of the sample have more than 4 daily meals, 30% consumed healthy food daily, it verified low consume of soup, vegetables and fruit daily. From the total sample, 36.2% practiced physical activity less than 300 minutes per week and 17.6% were sedentary. Relative to the sedentary leisure, 62% of students watched television or played video games for more than 2 hours a day. A series of problems has been identified, among which 70% of the student’s didn´t consume healthy food daily and 17.6% didn´t practice physical activity, which were prioritized and it was decided to intervene in healthy eating and physical activity. The strategies developed focused on the conducting Health Education about healthy eating and physical activity, illustrated tale and zumba practical class, in partnership with other professionals, it had a very large membership of students and teachers. The evaluation shows that the proposed targets were greatly exceeded. Beyond the implementation of the intervention project were developed in two internship contexts other activities, which allowed us to develop the recommended Competencies for Specialist Nurse Community and Public Health. This project may have continuity in the Unit Care in the Community, allowing a better understanding of the reality of population and better tailor future interventions, consolidating the results of interventions.
Description: Dissertação de Mestrado em Enfermagem Comunitária
URI: http://hdl.handle.net/10348/7562
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
msc_apmslopes.pdf11,5 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.