Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/7592
Title: Validação de questionário sobre associação entre as características do envolvimento físico, suporte social e atividade física em adolescentes portugueses
Authors: Folgado, Bruno Gouveia de Miranda
Advisor: Loureiro, Nuno Eduardo Marques
Keywords: Atividade física
Adolescentes
Ambiente físico
Validade
Fiabilidade
Suporte social
Issue Date: 2017
Abstract: Enquadramento: São reconhecidos os efeitos benéficos da AF na saúde e, embora existam recomendações para a prática de AF, verifica-se que uma grande parte da população não as cumpre. Existem evidências da influência do ambiente físico e suporte social nos padrões de AF que, tanto podem funcionar como promotores da AF, ou, em sentido contrário, constituirem-se barreiras à prática da AF. Face às características específicas do país, o objetivo deste estudo é verificar as qualidades psicométricas dum instrumento traduzido e adaptado à população jovem portuguesa para medir a associação entre as características de perceção do envolvimento físico, suporte social e a atividade física em adolescentes portugueses. Metodologia: O instrumento, constituído pelo ALPHA environmental questionnaire, Questionário de Reimers et al. e IPAQ-A, foi traduzido para a língua portuguesa, através do método “traduçãoretradução”. Em termos de validade, aplicou-se um estudo piloto e questionou-se um painel de especialistas. De seguida, foi aplicado, em dois momentos distintos, com intervalo de quatro semanas, a alunos de uma escola do distrito de Beja. Relativamente à fiabilidade, a metodologia seguida foi a verificação da estabilidade temporal, através da comparação de médias, Coeficiente de Correlação de Spearman e Coeficiente de Correlação Intraclasse. Para os itens, analisados de forma individual, calculou-se o Kappa (k) de Cohen, para os itens de natureza dicotómica; e determinou-se a percentagem de concordância entre resultados, nos dois momentos, para as variáveis categóricas. Quanto à consistência interna do instrumento, recorreuse ao Alpha de Cronbach. Resultados: O teste piloto não levantou dúvidas aos sujeitos, evidenciando compreensibilidade; o painel de especialistas confirmou a validade de conteúdo do instrumento. A distribuição das respostas apresenta sensibilidade. Em termos de fiabilidade, a estabilidade temporal da secção relativa ao ALPHA environmental questionnaire foi considerada moderada-a-boa; a secção relativa ao questionário de Reimers et al. apresenta boa estabilidade temporal e a secção relativa ao IPAQ-A apresenta estabilidade temporal moderada. Em termos de consistência interna, a secção do ALPHA environmental questionnaire apresenta uma fraca consistência interna (α = 0,55) A secção respeitante ao questionário de Reimers et al. apresenta uma boa consistência interna (α = 0,85) Para o resultado total do IPAQ-A, o coeficiente de consistência interna estimado foi moderado (α = 0,60). Conclusões: O instrumento parece reunir, pelo menos de forma moderada, as qualidades psicométricas para ser aplicado em populações adolescentes portuguesas. No entanto sugere-se uma Análise Fatorial Confirmatória para maior segurança na aplicação do questionário.
Background: Despite the recognized benefits of regular physical activity (PA), most people do not engage in PA at levels consistent with recommendations for health benefits. There is evidence of built environment and social support influence in PA patterns. They both might influence positively or negatively PA behaviors. As a result, the aim of this study is to verify the psicometric properties of the Portuguese adolescent adjusted instrument to measure the association of built environment and social support perceptions with PA of Portuguese adolescents. Methods: Translation-Back translation (English-Portuguese-English) procedure was applied to the instrument consisting in ALPHA environmental questionnaire, Reimers et al. Questionnaire and IPAQA. Content validity was examined with an Expert panel after pre-testing and cognitive interviewing. Students of a Beja school completed the adapted questionnaire at two time points, with a four weeks interval. The test-retest reproducibility analysis was completed. In both field studies intraclass correlation coefficients (ICC) and proportion of agreement were computed to assess the stability of the two test scores. Different methods were applied to verify temporal stability: mean comparison; Spearman correlation; ICC; percentage agreement and Cohen´s kappa (k). Internal consistency was verified with Cronbach´s alpha (α). Results: Content validity was shown. The test-retest reproducibility was high for Reimers et al Questionnaire; moderate for IPAQ-A and moderate-to-good for ALPHA environmental questionnaire. Internal consistency was unacceptable for ALPHA environmental questionnaire, moderate for IPAQ-A and good for Reimers et al Questionnaire. Conclusions: Although it appears to have, at least, moderate psychometric properties, Confirmatory Factor Analysis is needed to verify the instrument´s applicability in Portuguese youth.
Description: Dissertação de Mestrado em Ensino de Educação Física, nos Ensinos Básico e Secundário
URI: http://hdl.handle.net/10348/7592
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
msc_bgmfolgado.pdf
  Restricted Access
1,86 MBAdobe PDFView/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.