Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/7933
Title: Inspeção integrada de suínos
Authors: Figo, Virginia Maria Batista
Advisor: Pinto, Maria Madalena Vieira
Pinto, António José Romeirão Morais
Keywords: Suíno
Raça Alentejana
Matadouro
Inspeção sanitária
Sanidade animal
Saúde pública
Serviço veterinário
Issue Date: 17-Aug-2017
Abstract: A Inspeção Sanitária em matadouro é um ato médico-veterinário que, após a produção primária, constitui a primeira linha de defesa da saúde do consumidor, contribuindo para que apenas seja comercializada carne apta para consumo humano. Esta atividade baseia-se, essencialmente, no exame ante mortem do animal e no exame post mortem da carcaça e respetivas vísceras. Por este motivo, no matadouro é possível detetar muitos estados patológicos que podem comprometer negativamente os índices de produtividade e a rentabilidade das suiniculturas, e que podem ser alvo de monitorização no decurso do abate. A componente prática deste trabalho, numa primeira fase teve como objetivo acompanhar a atividade médico-veterinária na produção primária de suínos de raça Alentejana e cruzados, e numa segunda fase a nível do matadouro acompanhando os atos de inspeção sanitária. Na primeira fase procedeu-se ao registo das principais patologias e problemas destes animais nas explorações de origem (ANEXO 1), e na segunda fase efetuou-se o registo das principais lesões encontradas durante a inspeção post mortem no matadouro. As patologias observadas nas explorações variam consoante a idade e fase de produção em que os animais se encontram. Nos animais mais jovens, as patologias mais observadas, foram as do trato gastrointestinal, de entre elas destaca-se a Colibacilose produzida por E.coli, a Clostridiose provocada pelo Clostridium perfringens e diarreias produzidas por Circovírus e Rotavírus. Na fase de engorda, foi muito comum a presença de doenças como o Mal Rubro, Doença de Aujeszky, Sarnas, Artrites e Síndrome Reprodutivo e Respiratório Suíno (PRRS). Numa segunda fase, foi feito o registo, relativamente às principais causas de rejeições de carcaças e vísceras observadas em suínos de raça Alentejana criados ao ar livre, verificamos que as principais causas foram lesões compatíveis com Linfadenite Granulomatosa Múltipla (12/6102 ; 0,065%) e Osteomielite. A nível das rejeições parciais, verificou-se um elevado número de rejeições de cabeças (136/6102; 2,3%) devido a abcessos (1,6%) e linfadenites (0,6%). Relativamente às vísceras, o fígado foi a víscera mais reprovada, pela presença de lesões compatíveis com Cisticercose (Cysticercus tennuicollis) e Hidatidose (Echinococcus granulosus). A nível pulmonar foram registadas algumas rejeições devido a lesões causadas por aspiração agónica de sangue e lesões de pneumonia. A presença de lesões compatíveis com nefrite intersticial e quistos de retenção constituem as principais causas de rejeição de rins. Face aos resultados encontrados concluí-se que é essencial haver um intercâmbio de informação bidirecional, entre os intervenientes na produção suinícola e o matadouro, de modo a unir esforços e tornar possível a correção dos fatores envolvidos no desenvolvimento das diversas patologias. E assim, promover de uma forma mais eficaz o controlo e a melhoria da qualidade dos produtos de alimentares com origem no porco alentejano.
Sanitary inspection in slaughterhouse is a veterinary act, which makes it possible to commercialize meat suitable to human consumption. This activity is mainly based on the post mortem exam of the animal´s body and respective organs. Therefore it is possible to detect several pathological states in slaughterhouse, which can compromise negatively the productivity index, and pig raising profit. All of this can be monitored throughout the abattoir process. The practical component of this monograph was initially to follow the medical veterinary activities in the primary production of the Alentejana and cross breed pigs and, in a second phase, at the slaughterhouse, monitoring the sanitary inpection procedures and routine. In the first phase, the main problems and pathologies of these animals were registered in its original breeding units (ANNEX 1) and later, in the second phase, the main lesions found during the post mortem inspection were registered at the slaughterhouse. The pathologies observed on farms fluctuate according to the age and production’ stage of each animal. In younger animals gastro intestinal diseases such as Colibacillosis produced by E. coli, Clostridiosis caused by Clostridium perfringens and Diarrhea induced by Circovirus and Rotavirus prevailed. In the fattening phase, diseases such as Ruby Red, Aujeszky Disease, Mange, Arthritis and Swain Reproductive and Respiratory Syndrome (PRRS) were very common. In a second phase were registered the main causes of rejection of the carcasses and viscera observed in outdoor Alentejana pigs, which major causes were lesions compatible with Multiple Granulomatous Lymphadenitis (12/6102; 0,065%) and Osteomyelitis. Regarding to the partial rejections, there was a high number of head’ rejections (136/6102; 2,3%) due to Abcesses (1,6%) and Lymphadenitis (0,6%). Relative to the viscera rejections, the liver was the most rejected organ, caused by the presence of lesions compatible with Cysticercosis (Cysticercus tennuicollis) and Hydatidosis (Echinococcus granulosus). At the pulmonary level some rejections occurred owing to agonistic blood aspiration and pneumonia lesions. The presence of lesions compatible with Intertitial Nephritis and Retention Cysts are the main reasons of Kidney’ rejections. In view of the found results, it was concluded that it is essential to have a bidirectional exchange of information between the producers of the original breeding units and the slaughterhouse, in order to combine efforts to make possible the correct rectification of the risk factors involved in the development of the different pathologies. In this way, it is possible to promote in a more effective way the control and improvement of the alimentary products’ quality originated in the Alentejano pig.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10348/7933
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:TD - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
msc_vmbfigo.pdf3,2 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.