Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10348/8097
Title: Boas práticas na programação orientada a objectos a adoptar pelos alunos de Informática do ensino superior
Authors: Sampaio, Adelaide Isabel dos Santos Vieira Braga
Advisor: Barbosa, Luís Filipe Leite
Keywords: Informática
Práticas
Legibilidade
Alunos
Ensino
Código-fonte
Issue Date: 13-Oct-2017
Abstract: O trabalho descrito nesta tese consistiu no estudo de boas práticas na programação orientada a objectos a adoptar pelos alunos de informática dos cursos de ensino superior, de modo a melhorar a legibilidade dos seus programas. A leitura é uma competência essencial, a qual pode ter impacto significativo no percurso de um indivíduo desde criança até à idade adulta bem como no desenvolvimento da sua carreira futura. O códigofonte, apesar da sua especificidade, é um texto para ser lido, o que torna relevante o desenvolvimento da competência de leitura de código nos cursos de informática. Nesse sentido, inicialmente foi realizado um inquérito através de um questionário destinado a docentes de programação orientada a objectos com um conjunto preliminar de práticas, com o intuito, de avaliar a importância do ensino de boas práticas aos alunos de informática do ensino superior em Portugal. Os resultados obtidos do questionário são aqui apresentados. Através da revisão da literatura foi possível obter uma vasta lista de práticas a seguir, e algumas a evitar de modo a aumentar a legibilidade do código-fonte. A revisão da literatura debroçou-se sobre duas perspectivas. Uma primeira na indústria para ter conhecimento da opinião dos profissionais. A segunda perspectiva foi baseada na literatura com estudos empíricos de práticas de legibilidade. Foram realizados dois estudos experimentais em sala de aula. Para isso, dada a vasta lista de práticas, seleccionaram-se duas. Os resultados dos dois estudos não foram estatisticamente significativos. Por decisão pessoal, a autora do texto não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.
The work described in this thesis consisted in the study of good practices in the objectoriented programming to be adopted by computer students of higher education courses, in order to improve the readability of their programs. Reading is an essential skill, which can have a significant impact on an individual’s journey from child to adulthood as well as on the development of his or her future career. The source code, despite its specificity, is a text to be read, which makes relevant the development of the competence to read code in computer courses. In this sense, a survey was initially carried out through a questionnaire for object - oriented programming teachers with a preliminary set of practices with the purpose of evaluating the importance of teaching good practices to students of higher education in Portugal. The results obtained from the questionnaire are presented here. Through the literature review it was possible to obtain a vast list of practices to follow, and some to avoid in order to increase the readability of the source code. The literature review was debated on two perspectives. A first in the industry to have knowledge of the opinion of professionals. The second perspective was based on the literature with empirical studies of legibility practices. Two experiments were carried out in the classroom. For this, given the vast list of practices, two were selected. The results of the two experiments were not statistically significant. By personal decision, the author of the text does not write according to the new Orthographic Agreement.
Description: Tese de Doutoramento em Informática
URI: http://hdl.handle.net/10348/8097
Document Type: Doctoral Thesis
Appears in Collections:TD - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
phd_aisvbsampaio.pdf3,67 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.