Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/8240
Título: (Re) design educacional escolar: transformações em curso no Brasil
Autor: Teixeira, Narle Silva
Orientador: Escola, Joaquim José Jacinto
Oliveira, Alexandre Santos de
Palavras-chave: Educação
Inovação
Tecnologias digitais
Aprendizagem
Data: 25-Jan-2018
Resumo: A presente tese partiu da inquietação que percebemos de professores e investigadores em educação, a respeito do design educacional das escolas brasileiras. Chamamos de design educacional o modus operandi da escola, sua estrutura curricular, organização das atividades de ensino, dos espaços de aprendizagem, das práticas e dos processos avaliativos, dentre outros. Posto isso, apontamos como um design educacional tradicional a escola que organiza suas atividades educacionais com os alunos segregados por idade, os conteúdos separados por disciplinas, tendo o livro didático como principal recurso de conteúdo e o professor como possuidor do conhecimento a ser “transmitido” e, posteriormente, reproduzido pelos alunos. Por este cenário, presente em grande parte das escolas, urge discutir o que deveria mudar na educação escolar de uma sociedade que deve responder às demandas do século 21, onde as tecnologias da informação e comunicação digital alteraram significativamente o comportamento, a cognição, os desejos e as habilidades de crianças e jovens. A partir desse contexto, observamos uma mobilização de agentes não governamentais, em busca e defesa de um redesign educacional escolar, bem como a iniciativa e prática de algumas escolas brasileiras que romperam com o modelo tradicional de fazer educação, apontanto, portanto, que está em curso no Brasil uma ruptura com alguns paradigmas tradicionais da práxis educativa. Deste modo, a presente tese teve como desafio investigar os fundamentos que passam a configurar um redesign educacional escolar, compreendido como novos paradigmas de uma educação formal, em busca de se tornar mais adequada ao perfil das crianças e jovens em formação e às demandas do mundo do trabalho da sociedade atual. Para responder à questão utilizamos como metodologia a Teoria Fundamentada em Dados, procedimento científico em que se tem por objetivo construir uma teoria com base na análise dos dados provenientes da investigação de campo. Para tal, a investigação considerou a navegação em hipertexto como uma tecnologia de acesso ao conhecimento e, partindo desse campo, foi organizada em três estudos distintos e complementares: o primeiro tratou de conhecer as instituições brasileiras que trabalham em prol de um redesign educacional escolar, incluindo suas ações e diretrizes que defendem para uma renovação educacional; o segundo deteve-se ao estudo das tecnologias digitais disponibilizadas por diferentes meios e utilizadas pelos educandos em busca de construir aprendizagem; e o terceiro estudo buscou conhecer o design educacional de escolas brasileiras que funcionam a partir de uma proposta educativa que rompe com paradigmas tradicionais de organização das atividades de ensino e de aprendizagem realizadas no ambiente escolar. Após a análise dos dados advindos dos três estudos, entregamos como resultado da investigação um argumento teórico dos aspectos que caracterizam o redesign da educação escolar. A teoria é apresentada em um esquema visual que demonstra as correlações entre as dimensões que configuram o redesign: inicia pela educação integral como categoria de base, justificada pelo fato de comportar todas as demais categorias que compõe o argumento. A partir da educação integral, o esquema aponta que mais 6 dimensões teóricas caracterizam o redesign escolar, cada uma delas acompanhada de 3 dimensões de caráter mais prático, como caminhos para concretização da dimensão teórica. A primeira das seis categorias principais é aprendizagem significativa, possibilitada por um trabalho de redesenho do currículo, uso de metodologias ativas e uma prática escolar basead nos princípios das comunidades de aprendizagem. A segunda dimensão teórica é a aprendizagem colaborativa, destacando-se em seu contexto os estudos em grupos colaborativos, a atuação como comunidade de aprendizagem e o uso das redes virtuais. A aprendizagem ativa é a terceira dimensão, destacando como estratégia o uso de espaços ativos de aprendizagem, o uso de metodologias ativas e novamente um trabalho educativo como uma comunidade de aprendizagem. A quarta dimensão aponta a aprendizagem autônoma, estimulada por um trabalho que faça do aluno o protagonista, com uso de espaços flexíveis e de tecnologias digitais. A quinta dimensão é a aprendizagem divertida, também possibilitada pelo uso das tecnologias digitais, do protagonismo do aluno e dos espaços escolares redesenhados. O ensino personalizado encerra a argumentação teórica, apontando a avaliação global, o redesenho curricular e a oferta de múltiplas linguagens como as estratégias para sua concretização. Por fim, a teoria apresentada como resultado da tese destaca que o redesign educacional escolar valoriza a dimensão sensível do educando; amplia os espaços da escola para o mundo real e digital; integra as tecnologias digitais sem destacá-las como o principal aspecto da mudança; e oferece múltiplas linguagens por múltiplos caminhos, caracterizando-se como uma educação hipermidiática.
This thesis came from the concern that we perceive in teachers and researchers in education about the educational design of Brazilian schools. We call educational design the modus operandi of the school, its curriculum, organization of teaching, the learning spaces, practice and evaluation processes, among others. That said, we point out as a traditional educational design schools that organize its educational activities with students segregated by age, that separate content by disciplines, and whose main resource of content is the textbook; also that schools that regard the teacher as having the knowledge to be "transmitted" and later reproduced by the students. For this scenario, present in most schools, it is urgent to discuss what should change in the education of a society that must respond to the demands of the 21st century, where information technology and digital communication have significantly altered the behavior, cognition, desires and the skills of children and youth. From this context we see a mobilization of non-state actors in pursuit and defense of a school educational redesign, and the initiative and practice of some Brazilian schools that broke away from the traditional model of making education, conducting therefore that is underway in Brazil a break with some traditional paradigms of educational praxis. From this context, the challenge of this thesis was to investigate the fundamentals start to set up a school educational redesign, understood as new paradigms of formal education seeking to become more suitable for the profile of the children and young people in training and for the today’s society world work demands. To answer the question we used as methodology the Grounded Theory, scientific procedure that aims to build a theory based on analysis of data from field research. So, the research found navigating hypertext as a technology of access to knowledge and based on this field was organized into three distinct and complementary studies: the first tried to know the Brazilian institutions that work on behalf of a school educational redesign, including their actions and policies that advocate for educational reform; the second stopped the study of digital technologies provided by different media and used by students seeking to build learning; the third study aimed to know the educational design of Brazilian schools that work from an educational proposal that breaks with traditional paradigms of organization of teaching and learning activities in the school environment. After analyzing the data from the three studies, we gave as a result of the research a theoretical argument of the aspects that characterize the redesign of school education. The theory is presented in a visual scheme that demonstrates the correlations between the dimensions that shape the redesign: it starts with integral education as a basic category, justified by the fact that it includes all the other categories that make up the argument. From the integral education, the scheme points out that a further six theoretical dimensions characterize school redesign, each accompanied by three dimensions of a more practical character, as ways to achieve the theoretical dimension. The first of the six major categories is the meaningful learning, enabled by curriculum redesign work, use of active methodologies and a school practice based on the principles of learning communities. The second theoretical dimension is the collaborative learning, highlighting in its context the studies in collaborative groups, the acting as a learning community and the use of virtual networks. Active learning is the third dimension, highlighting as strategy the use of active learning spaces, the use of active methodologies and again an educational work as a learning community. The fourth dimension points to the autonomous learning, stimulated by a work that makes the student the protagonist, using flexible spaces and digital technologies. The fifth dimension is the fun learning, also made possible by the use of digital technologies, the protagonism of the student and the redesigned school spaces. The personalized teaching closes the theoretical argument, pointing to the global evaluation, the curricular redesign and the offer of multiple languages as the strategies for its accomplishment. Finally, the theory presented as a result of the thesis emphasizes that the school educational redesign values the sensitive dimension of the learner; extends the spaces of the school to the real world and digital; integrates digital technologies without highlighting them as the main aspect of change; and offers multiple languages through multiple paths, characterizing itself as a hypermedia education.
Descrição: Tese de Doutoramento em Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10348/8240
Tipo de Documento: Tese de Doutoramento
Aparece nas colecções:TD - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
phd_nsteixeira.pdf8,68 MBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.