Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/8246
Título: Avaliação do impacto do programa de formação de empreendedores – EMPRETEC na vida profissional dos empretecos formados no Sebrae/Recife
Autor: Coelho, Fernando José Moreira
Orientador: Loureiro, Armando Paulo Ferreira
Marques, Carla Susana da Encarnação
Palavras-chave: Educação
Empreendedorismo
Heutagogia
Empretec
Data: 25-Jan-2018
Resumo: As modificações econômicas e sociais têm exigido uma nova educação voltada ao empreendedorismo. O objetivo desta pesquisa foi avaliar o impacto do Programa de Formação de Empreendedores – EMPRETEC – na vida profissional dos EMPRETECos formados no SEBRAE – Recife/PE, Brasil. Procedeu-se à pesquisa primária, observacional, transversal, prospectiva e descritiva, incluindo 66 EMPRETECos, 10 formadores e três gestores. Procedeu-se à análise de dados quantitativos, por meio de distribuição de frequências, e qualitativos, empregando a análise de conteúdo de Bardin, realizada com o programa NVIVO. O grupo de formandos caracterizou-se predominantemente por pertencer ao gênero masculino, na faixa etária de 25 a 50 anos e tinham o terceiro grau completo com pós- graduação. Como resultados vui-se que nos seminários haviam participantes que já possuíam seu próprio empreendimento e buscavam maior qualificação para expandir seus negócios ou mudar seu ramo de atividade, confirmando o conceito de empreendedorismo. Comprovou-se que o Programa exerceu impacto na vida profissional dos EMPRETECos, pois os motivou a constituir empresa, mudar de ramo de atuação ou expandir a empresa que já possuía. O programa promoveu mudanças comportamentais que, por sua vez, acarretaram alterações na vida profissional dos mesmos. O emprego da heutagogia pode ter contribuído para a redução da taxa de mortalidade das empresas integradas por EMPRETECos, por permitir melhor identificação de oportunidades e de planejamento sistemático, favorecendo maior renda e melhor qualidade. Nas dimensões de motivação, perfil psicológico, perfil cognitivo e contributos, constatou-se que o EMPRETEC contribuiu para a identificação de novas oportunidades, melhorou a condição financeira, o otimismo, a autonomia, a independência, as competências administrativas, inovadoras e de planejamento. Conclui-se que o EMPRETEC gerou impactos positivos para os formandos, percebidos também pelos gestores e formadores do curso, possibilitando o despertar das características do comportamento empreendedor. As contribuições deste estudo foram poder afirmar que a metodologia do curso viabilizou aos formandos o desenvolvimento de um comportamento empreendedor, o que aponta para sugerir que tal metodologia deva ser adaptada, para emprego no ensino médio e nos cursos de graduação, favorecendo a formação de um número maior de pessoas com conhecimento de empreendedorismo, portanto com maior probabilidade de contribuir para o crescimento da economia.
Economic and social changes have required a new education focused on entrepreneurship. The objective of this research was to evaluate the impact of the Entrepreneurs Training Program - EMPRETEC - in the professional life of EMPRETECos trained at SEBRAE – Recife/PE, Brazil. A primary, observational, cross-sectional, prospective and descriptive research was carried out, including 66 EMPRETECos, 10 trainers and three managers. Quantitative data were analyzed by means of frequency distribution and qualitative data, by using the Bardin content analysis performed with the NVIVO program. The group of trainees was predominantly male, 25 to 50 years old, and third grade with postgraduate studies. In the seminars there were participants who already had their own venture and sought higher qualification to expand their business or change their branch of activity, confirming the concept of entrepreneurship. We identified that the Program had an impact on the professional life of EMPRETECos since it motivated them to start a company, change their business or expand the company they already owned. The program promoted behavioral changes that, in turn, led to changes in their professional lives. The use of heutagogy may have contributed to the reduction of the mortality rate of the companies integrated by EMPRETECos, by allowing a better identification of opportunities and systematic planning, favoring higher income and better quality. In the dimensions of motivation, psychological profile, cognitive profile and contributions, it was verified that EMPRETEC contributed to the identification of new opportunities, improved financial condition, optimism, autonomy, independence, as well as administrative, innovative and planning skills. We concluded that EMPRETEC generated positive impacts for the trainees, also perceived by the managers and trainers of the course, enabling the awakening of the characteristics of entrepreneur behavior. As contributions of the study, power is appointed to a methodology of the course enabled the trainees the development of entrepreneurial behavior, which points to suggest that such a methodology to be adapted for high school and undergraduate courses, favoring the formation of a greater number of people with entrepreneurial knowledge, therefore, most likely to contribute to economic growth.
Descrição: Tese de Doutoramento em Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10348/8246
Tipo de Documento: Tese de Doutoramento
Aparece nas colecções:TD - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
phd_fjmcoelho.pdf5,1 MBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.