Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10348/8336
Título: Projeto EDUPLACES - Reflexões a partir dos critérios de constituição do portefólio de práticas socioeducativas inclusivas
Autor: Costa, Isabel
Loureiro, Armando
Barros, Rosanna
Rodrigues, Marta
Palavras-chave: Práticas socioeducativas inclusivas
desafetação escolar
abandono escolar
Data: 8-Fev-2018
Editora: INSTITUTO DE EDUCAÇÃO - UNIVERSIDADE DO MINHO
Resumo: Num contexto europeu de esforço coletivo no combate ao insucesso escolar e à exclusão social, Portugal, que até há poucos anos tinha das taxas mais elevadas de abandono escolar, tem vindo a diminuir, e de forma consistente, os números do abandono escolar precoce. Não obstante o sucesso observado, pelo menos no que concerne aos atuais 3 primeiros ciclos do ensino básico, continua a ser necessário compreender melhor os méritos e deméritos das medidas implementadas. O Projeto EDUPLACES-Locais Educadores: Práticas, vozes e percursos de educação inclusiva (PTDC/MHC-CED/3775/2014) pretende compreender melhor práticas socioeducativas inclusivas que são desenhadas para contrariar a espiral negativa do insucesso escolar e que, deste modo, contribuem para concretizar o direito à educação das populações mais vulneráveis. Uma das questões que orientam o projeto é perceber que processos, fatores, racionais e parcerias contribuem para construir práticas socioeducativas inclusivas, ou seja, que contribuem para promover o sucesso escolar, a inclusão e a justiça social. Trata-se de um estudo multi-caso que analisa aspetos de dois programas nacionais - um mais centrado na escola, outro mais centrado no terceiro setor - que foram desenhados para, de modos diferentes, promover o sucesso escolar e a inclusão social. As primeiras duas tarefas deste projeto tinham como principal finalidade identificar e caraterizar práticas socioeducativas inclusivas. Com base na análise de documentos relativos aos dois programas nacionais em estudo, bem como em entrevistas semiestruturadas a coordenadores locais dos programas, um dos produtos já alcançado do projeto foi um Portfolio de 11 práticas socioeducativas inclusivas. A lista de critérios que orientou a construção deste portefólio foi baseada na revisão de literatura e foi organizada nos seguintes blocos: expectativas positivas e valorização dos intervenientes; reforço de vínculos significativos e de processos democráticos; flexibilidade curricular e organizacional e abertura para saídas profissionais; monitorização/avaliação e práticas consolidadas. Esta apresentação fará uma reflexão sobre até que ponto as práticas que integram o portefólio vão ao encontro dos critérios previamente encontrados na literatura relevante sobre práticas socioeducativas inclusivas (focando-se em 4 das 11 práticas).
URI: http://hdl.handle.net/10348/8336
Tipo de Documento: Objecto de Conferência
Aparece nas colecções:CETRAD - Comunicação em Conferência

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Costa-Loureiro-Barros-Rodrigues-2018-Braga-apresentacao.pdf770,61 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.